As ocasiões que causavam grandes ajuntamentos de pessoas como, por exemplo, as missas e concertos, foram reduzidas a streamings virtuais. Com os participantes forçados a assistir em casa, através de ecrãs, a quarentena e o distanciamento social são o novo normal. E isto pode afetar – e muito – a saúde mental.

Em declarações à CNN, a psicóloga Dana Garfin explica que os períodos prolongados de isolamento e o stress derivados da pandemia do coronavírus podem afetar todos de uma maneira diferente. A crise pode sobrecarregar as famílias, agravar situações de violência doméstica e fazer com que aqueles que vivem sozinhos se sintam particularmente isolados. Além disso, os desempregados podem começar a questionar o seu sentido de propósito.

Segundo Garfin, as famílias que passam a quarentena juntas em casa podem vir a tornar-se casos de trauma coletivo, que começa num ponto de impacto e é transmitido aos entes queridos dos afetados. A exposição prolongada aos traumas do coronavírus também pode ativar a reação de lutar ou fugir, também conhecida como reação de estresse agudo, o que, a longo prazo, pode levar a questões mais  sérias, como problemas cardiovasculares, ansiedade, depressão e  transtorno de stress pós-traumático.

Os especialistas também dizem que a falta de socialização em pessoa, especialmente para aqueles que estão habituados a isso, pode trazer à tona sentimentos de raiva, depressão, ansiedade e, em alguns casos, até de luto. “Existe um luto literal, como o de perder um ente querido,” afirma o Dr. Vaile Wright,  da Sociedade Americana de Psicologia. “Mas também há um luto pelas experiências que estamos a perder neste momento. Pode parecer que há muita perda agora; perda de liberdade e de muitas coisas que tínhamos como garantidas”.

Wright sublinha a importância de ter consciência que apesar das circunstâncias, nada disto é culpa nossa. “Penso que temos de reconhecer que isto é algo totalmente sem precedentes, e estamos mesmo a fazer o melhor que podemos. E está tudo bem,” assegura, acrescentando que também é primordial criar uma nova rotina em casa que inclua tomar banho, vestir roupas que não sejam pijamas e fazer refeições em família, em vez de encarar a quarentena como uma espécie de férias. A instabilidade financeira durante a pandemia também cria stress adicional, lembra o Dr. Baruch Fischhoff, psicólogo na Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos.

Os três profissionais na área da saúde mental salientam que as redes sociais são uma ferramenta para para estar em contacto com o mundo, mas avisam que não devem ser procuradas para esclarecimentos sobre a COVID-19, uma vez que há muitas informações contraditórias.

Griffin sugere pensar na quarentena como um esforço de equipa, algo que estamos a viver coletivamente em todo o mundo. “Não estamos sozinhos nas nossas casas; estamos a fazer algo uns pelos outros e pela nossa comunidade. É um esforço partilhado, algo de que todos fazemos parte e algo para que estamos a contribuir. Vai ser difícil, mas não é permanente.”

Palavras-chave

Relacionados

Comportamento

Projeto solitário ajuda pais a lidarem com os problemas das crianças nesta fase

Um projeto digital para as famílias a nível nacional

Comportamento

Diz quem sabe: A tríade de resistência em tempos de pandemia

Em tempos de stress, preste atenção às suas próprias necessidades e emoções. Conheça três aliados de peso na luta contra o stress e a ansiedade.

Comportamento

Vera Machaz: "a maior lição que vamos tirar da quarentena é valorizar o que realmente importa"

A psicóloga esteve em direto no Instagram da ACTIVA para falar sobre o momento presente e questões psicológicas colocadas pelo isolamento.

Mais no portal

Lifestyle

Livro da semana: "A Educação de Eleanor" faz sorrir ao mesmo tempo que emociona

Um livro de Gail Honeyman, publicado pela Porto Editora.

Celebridades

A internet não estava preparada para estas fotografias antigas de Kylie Jenner

A socialite celebrou o 23º aniversário, no passado dia 10 de agosto.

Beleza e Saúde

Covid-19: fumadores passivos correm maior risco de infeção?

Entenda a relação e perceba quais as melhores formas de se proteger.

Moda

Há novidades quentinhas a sair do forno da Parfois

Os novos acessórios e vestuário da marca portuguesa destacam-se pelos tons terra.

Comportamento

Diz quem sabe: não se esqueça de se amar primeiro

Uma lição de autoestima inspirada numa famosa série. “Porque Carry Bradshaw teria sido uma ótima Coach!”.

Celebridades

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger dão as boas-vindas ao primeiro filho

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger celebraram o primeiro aniversário de casamento em junho e assinalam agora a chegada do primeiro filho.

Moda

Estes são os modelos de 'beachwear' a que estas famosas não resistem

A época balnear já está mais do que aberta e as redes sociais são a prova disso.

Moda

Coleção "eco friendly" de calçado com modelos a partir dos 12,99 euros

As propostas são da Seaside.

Moda

Estes são os ténis que vão dar um novo fôlego à sua corrida

O regresso de um clássico, em novas cores.

Celebridades

Simon Cowell no hospital após acidente de bicicleta

O jurado do 'America´s Got Talent' está no hospital.

Lifestyle

Unique Sushi Lab: onde comer é sempre uma (boa) surpresa

O restaurante que os amantes de sushi têm de conhecer e que ér capaz de converter mesmo os mais desconfiados em fãs da culinária japonesa. A culpa é do chef Johnny Keep.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel