Graças à ciência, a nossa compreensão do universo alarga-se constantemente. Isto aplica-se tanto ao mundo  quanto às quatro paredes que nos rodeiam. 

O estudo científico do sexo oferece pontos de vista interessantes e até mesmo surpreendentes sobre o como e o porquê das relações íntimas entre seres humanos e, com isso em mente, decidimos reunir algumas conclusões surpreendentes neste artgo.

Conheça-as, abaixo!

1. Queimamos mais calorias a cortar a relva do que a fazer sexo

iStock-509929880.jpg

Afinal, o sexo não exige assim tanto de nós. Pelo menos não a ponto de ser uma atividade extenuante. Na verdade, um ser humano teria de fazer amor durante quase 200 minutos para queimar tanta energia quanto a dispendida numa corrida de 30 minutos. Até mesmo cortar a relva queima cerca de três vezes mais calorias do que o sexo. Para ter uma ideia: de acordo com a British Heart Foundation, o sexo queima a mesma quantidade de energia por minuto do que passar roupas a ferro.

2. A penicilina pode ter despontado a revolução sexual

iStock-1140215526.jpg

Há quem defenda que a penicilina foi a verdadeira impulsionadora da revolução sexual, e não a pílula contracetiva. Um estudo publicado na revisa científica Archives of Sexual Behavior, em 2013, diz que a substância antibiótica contribuiu para um declínio na ordem dos 75% do número de mortes causadas pela sífilis entre 1947 e 1957. Como o tratamento tornou o sexo mais seguro, as pessoas começaram a correr mais riscos, o que resultou num aumento do número de filhos nascidos fora do casamento e de gravidezes na adolescência.

3. Os gémeos podem ter pais diferentes

iStock-912447262.jpg

Apesar de ser muito raro, é possível que gémeos fraternos tenham pais diferentes. Mas, para que tal aconteça, a mãe tem de ter estado com dois homens diferentes durante o seu período fértil e, para além disso, tem de ter ovulado duas vezes. Parece estranho, mas acontece e tem um nome científico: superfecundação heteropaternal. Os gémeos heterozigóticos não partilham 100% do ADN e, por isso, é possível que uma mulher tenha filhos gémeos com sexos e até mesmo etnias diferentes.

4. O género pode influenciar a forma como lidamos com os ciúmes

iStock-510415935.jpg

A investigação de psicólogos evolucionários indica que o género influencia a forma como uma pessoa reage aos ciúmes. Os homens reagem de forma mais forte à infidelidade sexual do que à emocional. Já com as mulheres acontece o contrário.

A teoria por trás destes comportamentos remonta à evolução humana: os homens que eram intolerantes em relação à possibilidade de as suas esposas serem sexualmente ativas com outros eram, também, menos propensos a tornarem-se alvo de chacota. Para além disso, tinham uma probabilidade maior de passar os seus genes a futuras gerações. Por sua vez, as mulheres que impediam os respetivos maridos de criarem ligações emocionais fora do casamento reduziam as hipóteses de eles gastarem os seus recursos com outras.

5. Há um elo entre pêlos púbicos e infeções sexualmente transmissíveis

iStock-494815022.jpg

andresr

Ora, aqui está uma desvantagem de fazer a depilação total: pode aumentar o risco de infeções sexualmente transmissíveis. Num estudo levado a cabo por um académico da Universidade do Texas, as pessoas que removiam os pêlos púbicos regularmente contraíam infeções com cerca de 80% mais frequência do que aquelas que nunca se depilavam. Uma explicação para isto é que aqueles que fazem regularmente a depilação, provavelmente, ferem a pele, facilitando a entrada de vírus no corpo.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Comportamento

Afinal, quanto tempo deve durar o sexo?

A resposta pode surpreendê-la.

Comportamento

9 coisas que acontecem ao corpo (e à mente) quando deixamos de fazer sexo

Do estado de espírito ao risco de doenças, a falta de sexo pode afetar tanto o bem-estar físico quanto o emocional.

Comportamento

Novo estudo derruba mito sobre a libido das mulheres na meia-idade

Não, as mulheres não perdem o interesse em sexo quando entram na idade adulta madura e na velhice.

Mais no portal

Celebridades

Kate regressa ao trabalho com abordagem fresca à tendência da alfaiataria

Depois de uma pausa de verão, a duquesa de Cambridge retomou os deveres oficiais com uma visita a oficias da Força Aérea Real.

Celebridades

Sofia Vergara celebra o trigésimo aniversário do filho com festa animada

A atriz foi mãe aos 19 anos e Manolo Gonzalez Vergara é o seu único filho.

Celebridades

O motivo para Morgan Freeman usar uma luva na mão esquerda

Muitos pensam que o ator teve a mão amputada ou que se trata de uma afirmação de moda, mas não é o caso.

Celebridades

Os artistas lusófonos que já se apresentaram na plataforma internacional ColorsxStudios

Carolina Deslandes fez manchetes recentemente ao apresentar o novo single "Eco", que homenageia a fadista Amália através do refrão de "Grito", neste palco global.

Saúde

Vírus que ataca plantas de feijão-frade pode proteger os pulmões do cancro metástico

A técnica preveniu, ou pelo menos minimizou, a disseminação de tumores malignos e melanoma em ratos-domésticos.

Nas Bancas

A ACTIVA de outubro, com Vera Kolodzig na capa, chega amanhã às bancas!

Uma edição sobre mulheres cujas vozes activas são forças de mudança.

Moda

Como usar cabedal com estilo e elegância

Com o aproximar da nova temporada, é altura de tirar estas peças da gaveta.

Beleza

Cabelos: conheça as tendências fortes da nova temporada

Dos cortes aos penteados, estas são algumas das apostas fortes para os meses de outono e inverno.

Comportamento

Psicóloga recomenda estratégia de 7 passos para deixar um parceiro controlador

Neste tipo de dinâmica, uma pessoa domina ou participa na intimidação do parceiro. Pode acontecer a qualquer pessoa.

Beleza

Cabelos espetados nunca mais! Este acessório veio acabar com o problema da eletricidade estática no nosso cabelo

Há um novo acessório para secador de cabelo que elimina o encrespamento

Saúde

O motivo para o corpo humano libertar vapor após treinos em climas húmidos

Sim, é possível, e a explicação é muito simples.

Mulheres Inspiradoras

“Somos brasileiras antes de sermos mulheres imigrantes”

Prostitutas que roubam maridos e falam “brasileiro”. Os estereótipos construídos ao redor da mulher brasileira são usados para justificar violência, negativas de direitos fundamentais e esvaziar as suas identidades. E estamos em 2021.