Febre, tosse e dificuldade em respirar. É do que mais se tem ouvido falar nos diversos canais noticiosos, que insistem em bombardear-nos diariamente com os sintomas associados à COVID-19. Mas o que está por detrás desta pandemia e que poucos relatam? Os danos psicológicos: o stress associado à instabilidade laboral, familiar e o receio do incerto são das maiores preocupações das famílias portuguesas.

O stress é já considerado pela Organização Mundial de Saúde, “a epidemia de saúde do século XXI” e a realidade é que, desde março de 2020, tem afetado um número crescente de pessoas, comprovado pela elevada procura e consumo de ansiolíticos e antidepressivos, na grande maioria das vezes, uma automedicação.

A pandemia trouxe um isolamento social e físico, aumentando o sentimento de solidão (principalmente nos mais idosos). E a juntar à pandemia, existe ainda a pressão, caracterizada pela competitividade interpessoal, e o caos vivido nas grandes cidades. Muito trânsito, horários laborais para cumprir, um emprego exigente e não motivador, falta de tempo livre para desfrutar da família e de momentos de lazer, entre outros, são fatores responsáveis pelo stress. Este pode desencadear situações de ansiedade e de depressão, muitas vezes desvalorizada pelo seio familiar e pela sociedade.

Afinal, o que é o stress?

Na maior parte das vezes, o stress pode ser positivo. Trata-se de um processo natural, que funciona como uma resposta de defesa do organismo face a agressões externas ou internas. É muito útil em situações pontuais, mas passa a ser uma ameaça para a nossa saúde quando se prolonga no tempo e se torna crónico.

Por isso, é já considerado por uns como a maior causa de morbilidade, podendo conduzir a problemas de saúde como, por exemplo, doenças cardiovasculares, disfunção sexual, complicações gastrointestinais, obesidade ou distúrbios alimentares e, ainda, problemas de pele e cabelo, incluindo o aparecimento precoce de rugas ou de calvície. Nas mulheres é ainda frequente existirem alterações hormonais, como problemas menstruais.

Para evitar futuras complicações, é essencial identificar e reconhecer os principais sintomas: suores, dores de cabeça, fadiga, distúrbios do sono, desorientação e perda de memória, ansiedade, irritabilidade e confusão mental, dificuldade de concentração, infelicidade, pensamentos negativos, e esquecimento. Além das situações externas, existem também fatores biológicos que determinam se a pessoa é ou não propensa a desenvolver situações de stress com maior facilidade.

Para este efeito, existem ferramentas disponíveis no mercado, como a análise de Avaliação de Stress da SYNLAB, que permite determinar se a pessoa está a viver um padrão biológico de stress, a fase em que se encontra e ainda alertar para possíveis situações de Burnout (esgotamento profissional). O teste é realizado de forma simples e rápida, sendo apenas necessária a recolha de quatro amostras de saliva para kit especial, em horas específicas do dia, de forma a fazer o doseamento de duas hormonas – cortisol e DHEA.

Dê luta à condição

Em tempos pandémicos, temos duas missões: a de evitar a propagação do vírus e a de cuidar do nosso bem-estar e de quem nos rodeia. Lembre-se que o stress também pode ser evitável e aprenda a gerir futuras situações:

– Pratique exercício físico para libertação de endorfinas (“hormonas da felicidade”);
– Faça uma alimentação saudável;
– Dedique tempo livre para o lazer e para a família (com o distanciamento necessário);
– Utilize técnicas de introspeção, de meditação, de controlo da respiração;
– Ouça música relaxante, que ajuda a desligar da vida ativa por momentos;
– Desdramatize e relativize os seus problemas;
– Foque-se nas soluções e não nos problemas;
– Evite o diálogo/contacto de quem tem pensamentos negativos;

Associado a todas estas medidas, por vezes é necessária a associação de medicamentos, que devem sempre ser prescritos apenas por um médico da especialidade e nunca através de automedicação.

Palavras-chave

Relacionados

Saúde

Dia do Stress: dormir melhor é essencial

A propósito do Dia de Consciencialização do Stress, assinalado a 4 de novembro, a neuropsicóloga Margarida Mendes partilha hábitos saudáveis que vão ajudá-la a descansar melhor.

Diz Quem Sabe

Quatro conselhos para combater o stress ao retomar da rotina

Um artigo de opinião do Dr. Manuel Portela, diretor da Portela Clínica, para que o regresso ao “novo normal” seja um sucesso.

Imagem de Sucesso

4 dicas preciosas para fazer compras sem stress

Como fazer as escolhas certas? Como deixar de comprar por impulso? Neste episódio da rubrica Imagem de Sucesso, deixo-lhe um guia prático.

Mais no portal

Mulheres Inspiradoras

Carmo Sousa Lara: "Às vezes, estamos muito agarradas ao reforço negativo"

A nossa primeira Conversa Inspiradora chega no dia 8 de março e é sobre o corpo. O corpo da mulher real. O corpo que ainda é poucas vezes capa de revista.

Imagem de Sucesso

Saiba como escolher os modelos de óculos de sol que mais valorizam o seu rosto

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso partilho algumas dicas para que escolher eyewear nunca mais seja uma dor de cabeça.

Moda

Os 8 tipos de cuecas que todas as mulheres devem ter

De modelos estilo biquíni as tangas clássicas, estas são as peças nas quais deve investir.

Comportamento

Mais de metade dos portugueses não se veem a viver sem carro

Seis em cada 10 portugueses consideram o automóvel insubstituível, mas em 2017 eram 8 em 10. A descida deve-se à crise pandémica.

Moda

Estas peças elegantes são ótimos investimentos para a primavera

Veja as sugestões que encontrámos nas lojas online da Zara, Mango e H&M.

Mulheres Inspiradoras

Guerra aos filtros: estas influencers mostram a beleza de peles reais

Depois do positivismo corporal, o movimento do "skin positivity" começa a ganhar cada vez mais força nas redes sociais.

Beleza

É suposto deixarmos passar algum tempo entre a aplicação dos produtos de skincare?

Trinta segundos? Sessenta segundos? Zero? Saiba o que dizem os especialistas.

Moda

Irina Shayk mostra como usar a tendência das calças de pele com visual rock 'n roll

A peça de eleição da modelo é de uma marca que as portuguesas conhecem bem.

Saúde

Estudo sugere que grávidas podem transmitir anticorpos contra a COVID-19 aos bebés

Uma investigação publicada recentemente pode ajudar (e muito!) na estratégia de vacinação das grávidas em todo o mundo.

Beleza

O erro que comete sempre que aplica o seu hidratante de rosto favorito

Existe uma forma muito simples de potencializar a eficácia dos produtos de skincare.

Beleza

Qual é o melhor contorno para o seu tipo de rosto?

Esclarecemos todas as dúvidas sobre como adaptar a técnica de maquilhagem aos seus traços.

Moda

Estas malas aparentam ser bem mais dispendiosas do que realmente são

Saiba o que procurar nas lojas para investir em artigos que são facilmente confundidos com peças de alta-costura.