Todos temos defeitos, pontos fracos. Por vezes, em situações específicas, podemos até dar por nós a agir de forma contrária a algo que defendemos. É o clássico “faz o que te digo, não faças o que faço“. Porém, pior que isto, é termos hábitos tão enraizados que nem nos apercebemos que nos podem estar a fazer mal.

Neste sentido, Shahram Heshmat, especialista em comportamentos aditivos, explorou, num artigo para a Psychology Today, 4 formas pouco saudáveis de lidar com problemas. Isto é, mecanismos de defesa que podem acabar por nos deixar ainda mais em baixo. Confira, em seguida, se se identifica com algum:

1 – Projeção

Este mecanismo “protege-nos”, ao associar sentimentos ou motivos inaceitáveis a outra pessoa. Quando projetamos os nossos próprios sentimentos noutras pessoas, é como se nos livrássemos delas, como se nos deixassem de pertencer. Este hábito permite-nos ignorar o real culpado, que é o problema interior.

2 – Dissociação

Caracteriza a incapacidade de articular certos aspetos da própria experiência em palavras. Mantém sentimentos ou emoções “inaceitáveis” fora da consciência. O motivo inconsciente para tal é a vontade de escapar das emoções desgastantes que associamos a determinada memória traumática.

3 – Auto-medicação

Sentimentos de desespero ou impotência podem levar a um comportamento aditivo. O uso de drogas promove um sentimento temporário de aceitação e maior confiança. Porém, isto impede que a pessoa compreenda o problema e desenvolva capacidades emocionais para lidar com o mesmo.

4 – Negação

Isto implica ignorar informação. A negação pode ser uma defesa protetora perante notícias insuportáveis, como o diagnóstico de alguma doença, para gerar uma falsa sensação de segurança. Isto afasta o sujeito da realidade.

Como mudar?

Para o autor, o crescimento emocional requer auto-aceitação, um estado que marca o fim da luta interior que é tentar transformar aquilo que somos, bem como os outros, no que gostaríamos de ser ou que fossem. Este é um caminho difícil, mas essencial, para se livrar destes mecanismos de defesa. Experimente meditar ou pedir ajuda psicológica para acalmar a mente e contribuir para uma evolução positiva.

Palavras-chave

Mais no portal

Beleza e Saúde

4 franjas que estão entre as tendências de cabelos para o novo ano

Qualquer uma destas sugestões é boa para quem dispensa a ideia de passar por uma transformação radical.

Celebridades

Kamala Harris revela a forma engraçada como conheceu o marido

E disse ainda tê-lo pesquisado na internet antes do primeiro encontro.

Beleza e Saúde

Tremer de frio pode emagrecer mais que alguns exercícios

Entenda como.

Celebridades

Gigi Hadid descobriu que estava grávida um dia antes de desfilar

Saiba como é que a modelo conseguiu controlar as náuseas.

Comportamento

Existem cinco tipos de casais - e parece que apenas três deles são felizes

Veja que características têm os casais que conseguem gerir conflitos de uma forma saudável.

Beleza e Saúde

As velas são tóxicas?

Entenda os potenciais efeitos na saúde.

Lifestyle

6 lugares em Lisboa que irradiam o otimismo do Illuminating Yellow

O Pantone Color Institute elegeu este amarelo vibrante como uma das cores de 2021.

Beleza e Saúde

Emily Ratajkowski usou este creme para acalmar a pele na quarentena

Conheça o produto que se encontra em saldos.

Beleza e Saúde

Adora "Bridgerton"? Revelamos os segredos de beleza da série da Netflix

O responsável pelos cabelos e maquilhagens de toda a produção revelou como criou os "looks" das personagens.

Beleza e Saúde

COVID-19: 1 em cada 8 dos pacientes britânicos que regressam ao hospital morrem

Foram analisados dados de mais de 47 mil pessoas.

Celebridades

Sobrinho de Beyoncé terá divulgado vídeos íntimos da ex-namorada na internet

Julez Smith poderá estar em apuros com a lei. Solange e Beyoncé, a mãe e a tia do jovem, respetivamente, estarão furiosas.