O especialista em relacionamentos Terry Real chama-lhe “o whoosh”.

Pode acontecer em qualquer altura: quando alguém critica a refeição que passou a tarde toda a preparar, ou quando um amigo prometeu chegar a horas, mas está 20 minutos atrasado. Sempre que tem uma reação emocional forte e repentina, dá-se o “whoosh”.

O conceito pode ser quantificado. Juliane Taylor Shore, uma psicóloga especializada em neurobiologia interpessoal, mencionou num workshop recente com Terry que o “whoosh” pode acontecer numa fração de segundo. Isto porque ativa o tronco cerebral, a parte mais velha e primitiva do cérebro, que tem o propósito de garantir nossa sobrevivência. Algo muito útil em situações de perigo, mas que não tem serventia no que diz respeito às relações com outros seres humanos.

A autoproteção não leva a outra pessoa em consideração, e, muitas vezes, é sinónimo de atacar ou de um “shutdown” – reações que raramente fazem algo pelos nossos laços com os outros. Se conseguir esperar até que o neocórtex (evolutivamente mais recente e mais regulador) entre em ação, poderá parar por um momento, para se acalmar, antes de tomar uma decisão ativa sobre como gostaria de responder. 

Há dois benefícios neste cenário. Um deles é que permite ter uma visão mais ampla da situação e decidir como conseguir o pretendido sem cortar a comunicação cordial. A outra é que, se conseguir chegar a um estado de calma, a sua autorregulação provavelmente acalmará a outra pessoa e fará com que o neocórtex dela (também) assuma o controlo.

Parece simples, mas manter a calma quando somos tomados por sentimentos negativos é uma tarefa extremamente difícil. Contudo, este redirecionamento interno é possível, especialmente com tempo e prática. Aqui fica um exercício de três passos, publicado no site “Psychology Today”, que pode ajudar. 

  1. Reparar no “whoosh”. Uau. Este comentário foi muito condescendente. Deixou-me com o sangue a ferver”. 
  2. Acalmar. “Vou dizer que tenho de ir buscar mais água quente para o meu chá, de modo a ter uns minutos para me acalmar. Ele parece estar de mau-humor; talvez isto não seja sobre mim”.
  3. Perceber o seu objetivo. Vou defender-me ao responder calmamente. Depois, vou fortalecer a nossa relação ao perguntar como foi o dia dele”.

Palavras-chave

Leia 6 meses GRÁTIS

Este verão assine a ACTIVA, CARAS, CARAS DECORAÇÃO, entre outras publicações do grupo Trust in News, por 1 ano e receba 6 meses de leitura grátis. Conheça todas as opções, incluindo as versões digitais. ASSINAR

Relacionados

Comportamento

A ciência diz que esta é a melhor forma de expressar gratidão a alguém que amamos

De acordo com um estudo recente de psicologia, um simples "obrigado" ou destacar o sacrifício de alguém não geram as reações mais positivas.

Comportamento

Mais de 60% dos portugueses passou a sorrir menos depois do confinamento

Este é o resultado de um estudo recente desenvolvido pela Colgate, em conjunto com a Marktest.

Comportamento

3 formas de fazer com que os seus filhos parem de brigar

Um tema pertinente, especialmente depois de assistirmos ao vídeo viral destas duas irmãs brasileiras.

Mais no portal

Moda

Esta tendência de swimwear improvável favorece peitos pequenos

Deixamos esta e outras sugestões para valorizar a área nas suas próximas idas à praia.

Saúde

4 bons motivos para começar a comer mais uvas

A sua saúde agradece.

Comportamento

Eis o que fazer quando se sente tentada a mentir

De acordo com uma psicóloga.

Imagem de Sucesso

Dicas para fazer as melhores compras em época de saldos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Lifestyle

Estes casinos estão prestes a reabrir

Saiba quando os poderá visitar.

Mulheres Inspiradoras

Condessa D’Edla: a segunda mulher de D. Fernando II, que era artista e não agradava ao povo

A produção de capa da ACTIVA de agosto, protagonizada por Júlia Palha, foi fotografada num chalet conhecido como o "Chalet da Condessa”. Conheça a história desta mulher fascinante.

Diz Quem Sabe

Levantamento das restrições: um teste à eficácia da vacina para a COVID-19

Um artigo de opinião assinado pela Dra. Laura Brum, virologista dos Laboratórios SYNLAB.

Moda

Estes básicos da H&M prometem 'fazer bonito' em qualquer ocasião

Estas sugestões são bonitas, intemporais e surpreendentemente acessíveis.

Celebridades

Este foi o visual de gala preferido de Kate Winslet

A atriz caracterizou o vestido como "uma escultura bordada".

Saúde

O DIU pode causar queda de cabelo?

Saiba se tem alguma relação.

Comportamento

Psicóloga explica como perceber as diferenças entre amor e luxúria

A luxúria pode levar ao amor, mas eles não são a mesma coisa.

Celebridades

Anna Faris casou-se em segredo

A atriz e Michael Barrett namoram desde 2017.