O especialista em relacionamentos Terry Real chama-lhe “o whoosh”.

Pode acontecer em qualquer altura: quando alguém critica a refeição que passou a tarde toda a preparar, ou quando um amigo prometeu chegar a horas, mas está 20 minutos atrasado. Sempre que tem uma reação emocional forte e repentina, dá-se o “whoosh”.

O conceito pode ser quantificado. Juliane Taylor Shore, uma psicóloga especializada em neurobiologia interpessoal, mencionou num workshop recente com Terry que o “whoosh” pode acontecer numa fração de segundo. Isto porque ativa o tronco cerebral, a parte mais velha e primitiva do cérebro, que tem o propósito de garantir nossa sobrevivência. Algo muito útil em situações de perigo, mas que não tem serventia no que diz respeito às relações com outros seres humanos.

A autoproteção não leva a outra pessoa em consideração, e, muitas vezes, é sinónimo de atacar ou de um “shutdown” – reações que raramente fazem algo pelos nossos laços com os outros. Se conseguir esperar até que o neocórtex (evolutivamente mais recente e mais regulador) entre em ação, poderá parar por um momento, para se acalmar, antes de tomar uma decisão ativa sobre como gostaria de responder. 

Há dois benefícios neste cenário. Um deles é que permite ter uma visão mais ampla da situação e decidir como conseguir o pretendido sem cortar a comunicação cordial. A outra é que, se conseguir chegar a um estado de calma, a sua autorregulação provavelmente acalmará a outra pessoa e fará com que o neocórtex dela (também) assuma o controlo.

Parece simples, mas manter a calma quando somos tomados por sentimentos negativos é uma tarefa extremamente difícil. Contudo, este redirecionamento interno é possível, especialmente com tempo e prática. Aqui fica um exercício de três passos, publicado no site “Psychology Today”, que pode ajudar. 

  1. Reparar no “whoosh”. Uau. Este comentário foi muito condescendente. Deixou-me com o sangue a ferver”. 
  2. Acalmar. “Vou dizer que tenho de ir buscar mais água quente para o meu chá, de modo a ter uns minutos para me acalmar. Ele parece estar de mau-humor; talvez isto não seja sobre mim”.
  3. Perceber o seu objetivo. Vou defender-me ao responder calmamente. Depois, vou fortalecer a nossa relação ao perguntar como foi o dia dele”.

Palavras-chave

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Relacionados

Comportamento

A ciência diz que esta é a melhor forma de expressar gratidão a alguém que amamos

De acordo com um estudo recente de psicologia, um simples "obrigado" ou destacar o sacrifício de alguém não geram as reações mais positivas.

Comportamento

Mais de 60% dos portugueses passou a sorrir menos depois do confinamento

Este é o resultado de um estudo recente desenvolvido pela Colgate, em conjunto com a Marktest.

Comportamento

3 formas de fazer com que os seus filhos parem de brigar

Um tema pertinente, especialmente depois de assistirmos ao vídeo viral destas duas irmãs brasileiras.

Mais no portal

Nas Bancas

Manuela Roque: um exemplo de como as adversidades nos podem tornar uma pessoa melhor

Conheça a incrível história desta Mulher Real que celebramos na ACTIVA de fevereiro.

Moda

A Bershka tem jeans a 12,99 euros

Conheça a nossa seleção de 10 pares.

Saúde

Vacinas contra a COVID-19 não prejudicam casais que querem ter filhos

Este é o resultado de um novo estudo conduzido pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Boston, nos Estados Unidos.

Comportamento

De parceiros românticos a melhores amigos: 9 passos essenciais

Eis as recomendações de um psicólogo.

Comportamento

4 formas de dar a volta à procrastinação

De acordo com um psiquiatra.

#VozActiva

A lição de vida que Helena Isabel mais valoriza

Helena Isabel, a nossa protagonista de capa da edição de fevereiro (nas bancas) fala do que a vida lhe ensinou. Uma bela lição para ouvir no #vozactiva deste mês.

Celebridades

O drama de Kourtney Kardashian enquanto planeia o casamento

E que nada tem a ver com a cerimónia em si. Saiba o que se passa.

Saúde

Este medicamento comum pode prevenir abortos

E aumentar as chances de engravidar.

Beleza

Meghan remove a maquilhagem com estas toalhitas acessíveis

E amigas do ambiente - muito ao estilo da duquesa de Sussex.

Moda

Este vestido Zara não deixa ninguém indiferente

E é da cor do momento!

Moda

7 combinações de cores a experimentar em 2022

Inspire-se nestes "looks" que encontrámos nas redes sociais

Comportamento

A explicação simples para não sentimos atração por parentes próximos

Como, por exemplo, irmãos ou primos.