@barbara_ines

Alguma vez ouviu falar no conceito de conta bancária emocional? A premissa é muito simples: cada ação em nome do amor como, por exemplo, os parceiros serem recetivos a tentativas de reconciliação, funciona como um “depósito” numa relação amorosa. Por outro lado, sempre que se afasta da sua cara-metade, faz um “levantamento”.

Tal como acontece numa conta bancária real, um saldo de zero é sinal de apuros, e um saldo negativo é a derradeira zona de perigo. Quem o diz é o Instituto Gottman, , que estuda relações interpessoais há mais de quatro décadas, sublinhando que a conta bancária emocional cresce quando os parceiros fazem mais depósitos do que levantamentos.

Isto influencia a forma como as discussões são geridas. Por exemplo, se a conta estiver “no vermelho”, os parceiros tendem a questionar as intenções um do outro, sentem-se desconectados e até mesmo solitários. Mas se estiver no verde, os parceiros tendem a dar o benefício da dúvida um ao outro durante conflitos, porque mantêm a relação numa perspetiva positiva.

Então, como manter o saldo positivo? Eis as sugestões dos especialistas daquilo que ambos podem (e devem) fazer:

  • Reparar no bom. Foque-se nas coisas boas que o seu parceiro faz, em vez de identificar (e lamuriar-se sobre) as maneiras como ele a desilude;
  • Expressar valorização. Elogie a pessoa que ama, agradeça e manifeste-se quando ela tiver gestos que a façam sentir-se acarinhada;
  • Conversar. Fale com o seu parceiro sobre os seus problemas e oiça os dele, sem ficarem na defensiva ou culparem-se um ao outro.

 

Palavras-chave

Relacionados

Comportamento

Existem quatro tipos de vinculação num relacionamento - saiba qual é o seu

Este tipo de apego é construído na infância e pode acabar por ter repercussões na vida adulta.

Comportamento

Discussões: 6 dicas para ouvir o seu parceiro sem ficar na defensiva

A escuta ativa parece mais simples na teoria do que na prática, mas estes conselhos prometem ajudar.

Comportamento

Este exercício pode ajudar a desbloquear a intimidade emocional

Um fator crucial e que é a base de qualquer relacionamento saudável.

Mais no portal

Moda

Estas saias prometem fazer furor nas estações quentes

Apresentamos-lhe seis modelos que são ótimos investimentos tanto para a primavera como para o verão de 2021.

Lifestyle

Vamos falar sobre os deliciosos tacos japoneses do FishFish Sushi?

Às quartas-feiras, na compra de três tacos, o restaurante oferece um quarto. Uma oferta literalmente irresistível!

Body Shaper

O derradeiro plano para declarar guerra à celulite e à retenção de líquidos

O novo episódio da rubrica Body Shaper traz-lhe um plano de ataque, sublinhe-se, só com dicas caseiras.

Diz Quem Sabe

Questões a ponderar antes de avançar com uma mudança na vida profissional

A coach Lúcia Palma deixa alguns pontos a ter em conta antes de efetuar qualquer mudança neste campo.

Saúde

Os reajustes necessários para perder peso depois dos 40

Aconselhados por uma especialista.

Beleza

Base demasiado clara? Este truque do TikTok ajuda a resolver o problema

É bastante simples e económico.

Moda

Duvidamos que haja um vestido mais prático do que este

É só vestir e sair porta fora, sem pensar muito no styling.

Comportamento

Os 10 pilares de relacionamentos saudáveis

De acordo com um perito em relações amorosas, existem 10 alicerces de uma parceria que tendem a ser subestimados.

Celebridades

Ex-mulher de Travis Barker alega que o músico teve um caso com Kim Kardashian

Barker é o novo namorado de Kourtney Kardashian.

Diz Quem Sabe

O guia para criar uma selva urbana em casa

Um artigo de opinião assinado por José Luís Velasco, product manager da Gardenia, sobre os novos hábitos que se cultivaram e enraizaram em tempos de confinamento.

Comportamento

Como ser mais vulnerável num relacionamento (mesmo que isso a assuste)

O medo da rejeição faz-nos levantar a guarda e, por conseguinte, perdemos coisas boas como a intimidade e a conexão.

Diz Quem Sabe

O couro cabeludo também precisa de proteção solar

O Dr. Carlos Portinha, coordenador Clínico do Grupo Inspary, explica que o cancro da pele pode ser uma das consequências da exposição do couro cabeludo aos raios solares.