Há 15 anos, Dove lançava a campanha Evolution para abordar a manipulação de imagens na publicidade, numa crítica ao uso excessivo de ferramentas como o Photoshop. Hoje, a marca volta a pronunciar-se sobre a manipulação digital, que se transformou num fenómeno à escala mundial, pois já não são apenas as grandes indústrias ou os fotógrafos profissionais que recorrem a esta prática: somos todos nós.

Com aplicações de edição de imagem cada vez mais intuitivas e filtros que automaticamente aplicam efeitos nas fotografias, qualquer pessoa consegue facilmente melhorar a aparência sem precisar de ser uma perita em edição de imagem. Uma realidade que pode ter consequências a longo prazo no bem-estar emocional dos mais novos.

 A nova campanha Selfie Invertida vem chamar atenção para a forma como a distorção digital está a fragilizar a autoestima dos jovens e revela dados alarmantes que comprovam a gravidade do problema à escala global. O estudo Detoxify Beauty1, realizado no âmbito da campanha, foi conduzido em 10 países, incluindo em Portugal, com o objetivo de avaliar como as redes sociais e a manipulação digital estão a impactar os comportamentos e o quotidiano das gerações mais jovens.

Os principais resultados em Portugal

Na perspetiva da psicóloga Filipa Jardim da Silva, os números são preocupantes e não deixam mentir: “estamos perante uma geração que procura nas redes sociais a validação dos outros por via dos likes ou dos comentários, quando seria muito mais benéfico que as redes sociais fossem verdadeiramente um espaço onde os jovens se pudessem autoexpressar livre e criativamente, sem receio da opinião dos outros”.

A especialista alerta ainda para as consequências a longo prazo que a manipulação digital poderá ter na personalidade e autoestima dos jovens.

“A partir do momento em que uma adolescente manipula continuamente a sua imagem nas redes sociais, na tentativa de alcançar padrões de beleza que não correspondem à vida real, está a alimentar uma falsa autoestima, o que reduz a sua qualidade de vida. A insegurança e a autocrítica permanentes minam a forma como o jovem se vê, como se relaciona com os outros e como toma decisões. Assim, há um risco aumentado de estados de ansiedade e depressão, as relações sociais e amorosas são prejudicadas, há um impacto negativo no desempenho académico e verifica-se uma vulnerabilidade acrescida para o desenvolvimento de distúrbios de comportamento alimentar, bem como do consumo de substâncias”, explica.

A psicóloga realça também que os pais e os professores são peças-chave na construção da autoestima dos jovens.

“A família e a escola têm um papel fundamental na construção da autoestima dos jovens. É importante que os adultos de referência valorizem cada jovem, ajudando-os a descobrirem as suas forças e talentos e respeitando a sua individualidade, mais do que fomentar comparações injustas. Separar os comportamentos da identidade pessoal e valorizar mais o processo de aprendizagem do que o resultado concreto são dois princípios essenciais na construção de uma boa autoestima”.

O compromisso com a autoestima

A nova campanha Selfie Invertida é uma iniciativa do Projeto pela Autoestima de Dove e inclui um novo guia “Crescer com Confiança”, para que pais e educadores possam ajudar os jovens a desenvolver a autoestima necessária para atingirem o seu máximo potencial. Este guia foi criado em parceria com o Center for Appearance Research da University of West England e está validado academicamente com efeitos comprovados na melhoria da autoestima dos jovens.

Tendo como objetivo educar 250 milhões de crianças para a autoestima em todo o mundo até 2030, o Projeto pela Autoestima de Dove disponibiliza online e gratuitamente várias ferramentas pedagógicas para que os educadores possam trabalhar a autoconfiança junto dos jovens. Incluem-se artigos, workshops e atividades didáticas sobre questões pertinentes na infância e adolescência, ferramentas estas que ajudam os jovens a lidarem mais facilmente com problemáticas como as pressões sociais, o impacto dos media ou o bullying, ensinando-lhes também a navegar de forma mais saudável e positiva nas redes sociais.

Palavras-chave

Relacionados

Celebridades

Khloé Kardashian em biquíni, sem filtros - a imagem que se tornou viral

Acidentalmente, foi divulgada uma fotografia que está funcionar como alerta para a ilusão que são as redes sociais.

Lifestyle

Influencers impedidos de usar filtros enganosos em campanhas de beleza no Reino Unido

Será que vem aí uma nova era?

Mulheres Inspiradoras

Estas influencers mostram a beleza de peles 'imperfeitas'

Depois do positivismo corporal, o movimento do "skin positivity" começa a ganhar cada vez mais força nas redes sociais.

Mais no portal

Moda

Estas saias prometem fazer furor nas estações quentes

Apresentamos-lhe seis modelos que são ótimos investimentos tanto para a primavera como para o verão de 2021.

Lifestyle

Vamos falar sobre os deliciosos tacos japoneses do FishFish Sushi?

Às quartas-feiras, na compra de três tacos, o restaurante oferece um quarto. Uma oferta literalmente irresistível!

Body Shaper

O derradeiro plano para declarar guerra à celulite e à retenção de líquidos

O novo episódio da rubrica Body Shaper traz-lhe um plano de ataque, sublinhe-se, só com dicas caseiras.

Diz Quem Sabe

Questões a ponderar antes de avançar com uma mudança na vida profissional

A coach Lúcia Palma deixa alguns pontos a ter em conta antes de efetuar qualquer mudança neste campo.

Saúde

Os reajustes necessários para perder peso depois dos 40

Aconselhados por uma especialista.

Beleza

Base demasiado clara? Este truque do TikTok ajuda a resolver o problema

É bastante simples e económico.

Moda

Duvidamos que haja um vestido mais prático do que este

É só vestir e sair porta fora, sem pensar muito no styling.

Comportamento

Os 10 pilares de relacionamentos saudáveis

De acordo com um perito em relações amorosas, existem 10 alicerces de uma parceria que tendem a ser subestimados.

Celebridades

Ex-mulher de Travis Barker alega que o músico teve um caso com Kim Kardashian

Barker é o novo namorado de Kourtney Kardashian.

Diz Quem Sabe

O guia para criar uma selva urbana em casa

Um artigo de opinião assinado por José Luís Velasco, product manager da Gardenia, sobre os novos hábitos que se cultivaram e enraizaram em tempos de confinamento.

Comportamento

Como ser mais vulnerável num relacionamento (mesmo que isso a assuste)

O medo da rejeição faz-nos levantar a guarda e, por conseguinte, perdemos coisas boas como a intimidade e a conexão.

Diz Quem Sabe

O couro cabeludo também precisa de proteção solar

O Dr. Carlos Portinha, coordenador Clínico do Grupo Inspary, explica que o cancro da pele pode ser uma das consequências da exposição do couro cabeludo aos raios solares.