Kaia Gerber
via @kein

Nomeado o melhor coach de carreira da área da baía de São Francisco, Marty Nemko fez uma reflexão sobre os 1538 artigos que escreveu para o PsychologyToday, acerca de como viver melhor, e teve algumas conclusões interessantes. O especialista identificou o conceitou ou ideia mais útil, em cada uma das 7 principais áreas da vida, para os mais de 5700 clientes que já serviu. Ei-los:

CARREIRA
Além da paixão.

Nesta área, o autor percebeu que, mais que seguir uma paixão, ou mesmo aplicar as suas principais competências ou estudos, os clientes mostravam-se mais satisfeitos em empregos que cumprissem atributos básicos: pagamento decente, localização acessível, bom chefe e ambiente de trabalho, ética profissional e oportunidades de aprendizagem. E isto, muitas vezes, encontra-se fora das áreas mais “concorridas”, como o desporto, a música, moda, entre outros.

RELACIONAMENTOS
Aceita ou sai.

Como todos sabemos, mudar uma pessoa é uma tarefa extremamente difícil e, na maior parte das vezes, impossível. Claro que todos podemos melhorar certos aspetos ou hábitos, a pedido do outro, ou para tornar a relação mais amigável, mas há também certas caraterísticas fundamentais que podem causar conflito e são precisamente essas que não mudam tão facilmente. Se, para si, há algo no outro que não consegue aceitar, por mais que tente, o melhor é sair.

DINHEIRO
Poupa no alojamento e na educação superior.

Estas são, normalmente, duas das maiores despesas de cada pessoa. Portanto, é bom saber que há como poupar. A primeira é fácil: em vez de escolher o bairro ou zona mais central e (alegadamente) segura, compare-a com outros locais, mesmo que ligeiramente afastados, e, consequentemente, mais baratos. Quanto à educação, uma boa opção é “fugir” às escolas de maior “nome” e eleger outras nas quais as despesas não sejam tão grandes.

SAÚDE EMOCIONAL
Suprimir e distrair.

Há vários problemas ou distúrbios mentais que devem ser tratados por um especialista. Ainda assim, na era da ansiedade, importa saber que muitos dos pensamentos que nos causam stress ao longo do dia podem ter solução. De acordo com o autor, a supressão é uma boa forma de nos desviarmos desse tipo de pensamentos – após refletir se o problema tem ou não solução, devemos suprimir o pensamento que nos causa angústia e distrairmo-nos, quer seja ao focarmo-nos no trabalho, ao desenvolvermos alguma atividade criativa, entre outros.

SAÚDE FÍSICA
Aceita o teu corpo, dentro dos limites.

95% das pessoas que fazem dieta voltam a ganhar o peso (por vezes, até mais). E, com isto, o autor quer dizer que – exceto em casos de obesidade mórbida -, devemos aceitar o nosso peso “normal”, aquele em que nos vemos “presos” a maior parte do tempo. Ao aceitarmos isto, evitaremos estar sempre a oscilar entre certos números na balança, bem como seremos, muito provavelmente, mais felizes, sem sentimentos de privação, em casos de dieta, ou de extrema culpa, quando comemos algo que “não é suposto”.

LAZER
Foca-te na criatividade.

Desde artes como a música ou teatro, à prática de jogos, várias são as formas de nos entretermos, sem necessidade de recorrer ao álcool ou drogas. Ao desviarmos o nosso foco para a criatividade ou algum tipo de função que nos ligue a uma área deste género – imagine que não tem jeito para a música, pode dedicar-se a ser assistente de algum músico ou banda, por exemplo – estaremos a contribuir para uma vida mais saudável, feliz e realizada.

UMA VIDA BEM VIVIDA
Contribui.

O autor finaliza com a máxima de que uma vida bem vivida está diretamente ligada a uma maximização da contribuição. “Eu forço-me a trabalhar cerca de 60 ou 70 horas semanais para dar prioridade à contribuição, em vez de ao prazer. Embora seja irrealista esperar que todos façam o mesmo, não poderia escrever um artigo com as minhas principais dicas, sem mencionar esta“, finaliza Nemko.


Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Saúde

Os testes de ovulação valem mesmo a pena quando se tenta engravidar?

Esta é uma das formas de identificar o período fértil.

Beleza

O que há de novo na maquilhagem que vale a pena descobrir

Para os olhos, lábios e uma pele imaculada.

Celebridades

Ryan Reynolds afasta-se dos ecrãs

O ator anunciou uma pausa na carreira.

Beleza

Saiba como combater e prevenir a queda de cabelo sazonal

Um problema que é muito comum nesta altura do ano.

Beleza

7 passos para cuidar da pele antes de dormir

Uma rotina tão importante quanto a matinal.

Moda

4 peças em cabedal que são must-haves para o outono

E como usá-las.

Saúde

iMM-Laço Hub nasce como uma nova esperança na luta contra o cancro da mama

Com um laboratório focado na investigação em cancro da mama metastático e uma equipa especializada.

Moda

The Bra Stories: uma campanha pela luta contra o cancro da mama

Assinada pela C&A.

Moda

Andreia Dinis lança marca de roupa

Sugar n’Spice Concept é o novo projeto online da ariz.

Lifestyle

Neste hotel, a reserva de duas noites equivale à oferta da terceira

Aproveite uns dias relaxantes no campo.

Moda

À conversa com Diego Sebastian, criador da campanha 'Family Portraits' da Mango

Uma campanha não são apenas fotos bonitas dos produtos de uma marca. A mensagem é muito mais importante porque a forma como nos relacionamos com o mundo é essencialmente emocional. Daí ser curioso conversar com o homem que se esconde por detrás de uma das mais bem sucedidas campanhas da marca espanhola.