@ma.hold

Muitas pessoas veem a raiva como algo mau que devem suprimir, esconder ou desfazer rapidamente. No entanto, trata-se de uma emoção natural — nem boa nem má; simplesmente existe e tem um propósito.

“Infelizmente, devido a uma infinidade de razões, desde a experiência familiar da infância até ao condicionamento social, muitas pessoas confundem a raiva como algo ‘mau’ ou até mesmo imoral, e, inconscientemente, suprimiram profundamente essa emoção natural. No entanto, o que é suprimido não desaparece automaticamente”, explica a psicoterapeuta e autora Imi Lo à revista Psychology Today.

A especialista acrescenta que quem interioriza a raiva mantém-na dentro do próprio corpo e psique. “Essas pessoas podem direcionar a raiva para si mesmas e culpa-se na maioria das situações”, remata. Como tal, Lo sublinha a importância de reconhecer os seguintes sinais de que algo não está bem:

Depressão

Os psicanalistas sabem há muito tempo que, quando a raiva é reprimida e voltada para dentro, ela transforma-se em depressão. As pessoas que têm essa tendência sente-se tristes e deprimidas com tudo quando, na verdade, estão com raiva de algo específico.

Subjugação

Alguns indivíduos aprenderam com a família, na escola ou igreja que a raiva é uma coisa má ou até mesmo imoral. Eles ficam com medo do poder da própria raiva e, quando esta surge, sentem um enorme conflito interno. Muitas vezes, canalizam esse impulso para atender às necessidades dos outros, optando por ser os ouvintes ou pacificadores e fazendo de tudo para manter a paz e a harmonia.

Paranoia 

Quando uma pessoa tem raiva reprimida, às vezes, pode projetá-la para fora. Ou seja, em vez de reconhecer que algo a faz sentir-se hostil, projeta esses sentimentos em terceiros e veem-nos como hostis. Estes indivíduos experienciam o mundo como um lugar estranho e perigoso, e sentem dificuldade em confiar nos outros. 

Moralismo

Quando a raiva reprimida é combinada com tendências perfecionistas ou obsessivo-compulsivas, ela pode manifestar-se de uma maneira hipócrita, na qual a pessoa se torna altamente crítica consigo mesma e com os outros, estabelecendo padrões implacáveis. 

Passivo-agressividade

A raiva passivo-agressiva geralmente envolve comportamentos de retenção. Estas pessoas podem esquecer-se de algo, negligenciar as suas responsabilidades, procrastinar ou ter um mau desempenho numa tarefa. Elas podem ignorar os parceiros, fazer comentários sarcásticos, esquecer as promessas que fizeram ou recusar-se teimosamente a atender a qualquer pedido. Um indivíduo com raiva passivo-agressiva também pode enganar subtilmente os outros e fazer com eles se sintam responsáveis ​​por perturbá-lo.

Palavras-chave

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Mais no portal

Comportamento

O tamanho não importa, mas há uma coisa que as mulheres valorizam bastante

De acordo com diferentes estudos sobre o assunto.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Negócios

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Desporto

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Moda

Sim, os mocassins ficam bem com qualquer visual — e aqui está a prova

Saias, leggings, vestidos.. não há como falhar ao combinar diferentes peças com estes sapatos.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Ciência

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Artes

Em 2021 foram muitas as mulheres que se distinguiram em Artes, Ciência. Desporto, Negócios, Solidariedade e Sustentabilidade. Não foi fácil escolher, mas aqui ficam as nomeadas a mais um Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras. Em breve poderá conhecer as vencedoras em cada uma das categorias.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria Solidariedade

A vencedora será revelada em breve.

Beleza

8 verdades sobre cabelos brancos que não podemos ignorar

Mais cedo ou mais tarde, todas as mulheres passam pela experiência de ter cabelos brancos.

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras: estas são as nomeadas na categoria de Sustentabilidade

São quatro as nomeadas nesta categoria, que conta com ao apoio da Endesa.

Lifestyle

Afinal, a loiça deve ser passada por água antes de ir para a máquina ou não?

A resposta pode surpreendê-la.

Saúde

A regra que ajuda a aumentar o consumo diário de fruta e vegetais

Consumir mais frutas, verduras e legumes está associado a vários benefícios para a saúde.

Moda

Eis como fazer com que as leggings passem de casuais a elegantes

Inspire-se nestes visuais que provam que as leggings não têm de ser básicas.