@tasha

“No mundo de hoje, muitas pessoas estão tão focadas na dita ‘corrida dos ratos’ [um modo de vida na sociedade moderna, em que as pessoas competem umas com as outras por poder e dinheiro] que se esquecem das coisas que são verdadeiramente importantes na vida”. Quem o diz é Robert Weiss, autor, educador e perito clínico no tratamento de transtornos de intimidade em adultos e vícios relacionados, em conversa com a revista Psychology Today.

Então, como é que podemos entrar nos eixos? Não há uma resposta standard para o que é preciso para sermos felizes, mas, de acordo com o especialista, há quem tenha tido bons resultados com as seguintes sugestões:

  1. Aceitar a imperfeição – em nós próprios e nos outros;
  2. Criar conexões emocionais com outras pessoas;
  3. Transformar o “amor” numa ação, em vez de ser só uma palavra;
  4. Parar de julgar os outros (e a nós mesmos);
  5. Escolher o otimismo em vez da negatividade sempre que possível;
  6. Encontrar e expressar gratidão.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Mais no portal