Aos 12 anos reparei nas minhas primeiras estrias a abrirem nas pernas. Estavam ali, os riscos avermelhados bem no meio das nádegas, impossíveis de não notar. Chorei. Não sabia o que eram, mas quando descobri que nunca mais iriam embora senti momentos de pânico, como se a minha vida nunca mais fosse ser a mesma. E não seria.

Naquele verão comprei um biquíni maior. As cuecas eram quase calções – estava determinada a nunca deixar ninguém ver aqueles riscos horríveis no meu corpo. Passada a temporada, a minha mãe levou-me a uma médica dermatologista, e iniciei um tratamento com ácidos. Produtos manipulados, que causavam comichão e deixavam a pele irritada, vermelha, inchada, às vezes até a sangrar, de tanto que eu coçava. O tratamento não resultou – e na verdade mais estrias surgiram na parte interna da coxa e na lateral da perna, no sentido vertical.

Ao mesmo tempo em que passava por uma mudança no corpo – aquela fase da primeira menstruação, do crescimento das maminhas, pêlos e outras “coisas estranhas” – tudo ao meu redor dizia-me que ter estrias não era normal. Eu não tinha engordado demais, não tinha engravidado, não tinha nada que parecia justificar aqueles rasgos na pele.

Na televisão, assistia aos domingos a um programa de humor que tinha muitas assistentes de palco em biquíni. Os “humoristas” iam às praias e abordavam mulheres comuns, pediam para que elas dessem uma volta para a câmara e colavam etiquetas de aprovação ou desaprovação nos seus corpos. Quando mulheres com estrias visíveis surgiam, um efeito de gato a arranhar as pernas delas era usado pela edição. E todos iam às gargalhadas. O que eu tinha nas minhas pernas era motivo de piada.

Chrissy Teigen é uma das celebridades que costuma mostrar-se nas redes sociais tal como é.

Provavelmente tinha uns 15 anos quando desisti dos tratamentos para as estrias. A este ponto, além das pernas, já tinha as marcas nas mamas e na lateral das ancas. Também voltei a usar os biquínis normais, mas nunca parei de preocupar-me com o que os outros pensavam do meu corpo. Cresci a sentir-me tímida sobre quem eu era, a achar que tinha um defeito irreparável.

Aqui acho importante destacar que a minha experiência é de longe muito inferior ao que outras raparigas da mesma idade podem ter vivido. Eu era uma adolescente que me encaixava nos “padrões” da época: considerada magra, tinha cabelos lisos, não tinha grandes problemas de acne, não sofri bullying por características físicas, e até atraía atenção de homens mais velhos (que não “pedia”, não é correto e nem deveria receber naquela idade).

Foi só depois de adulta que parei de olhar só para o que achava que tinha de errado em mim e passei a olhar, de forma solidária, para outros corpos – e percebi que, afinal, quase toda a gente tem estrias! Algumas maiores, outras menores, algumas mais fortes, outras mais fracas, mas tal como a celulite, como as manchas, como as cicatrizes, faz parte do ser. E um parênteses: Mulheres e (pasmem) homens! Aqueles que davam etiquetas às mulheres pelos seus corpos, afinal, estão cheios delas!

O programa de humor o qual citei já não existe mais, e 10 anos depois, quero acreditar que não seria muito bem visto. A sociedade mudou muito nos últimos anos – celebridades mostram-se cada vez mais sem filtros, as marcas de cosméticos usam modelos com corpos reais, sexualizar raparigas de 15 anos é errado e o que eram considerados “defeitos” têm sido celebrados como parte da individualidade de cada um. E verdadeiramente espero que as crianças e adolescentes de hoje possam crescer sem a pressão dos padrões de beleza que eu e tantas outras mulheres crescemos. Celebrar o que é normal e bonito e desvalorizar o que não importa.

Adoraria poder falar com a Sâmia de 12 anos, que chorou na frente do espelho ao ver aquelas marquinhas. Se tivesse essa oportunidade, diria que as estrias não definiram quem eu sou, não mudaram em nada o meu futuro, e aos 28 gosto mais de mim com elas.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba mais 6 meses grátis. Garanta uma boa leitura durante as suas férias e relaxe. Conheça todas as opções e não perca esta oportunidade. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

YouTube prepara serviço de streaming de vídeo

YouTube prepara serviço de streaming de vídeo

O Gosto dos Outros: Pedro Lemos

O Gosto dos Outros: Pedro Lemos

Quanto custa uma noite de aniversário como a do Lourenço Ortigão?

Quanto custa uma noite de aniversário como a do Lourenço Ortigão?

Seca: Suinicultores prepararam medidas para sustentabilidade ambiental e social

Seca: Suinicultores prepararam medidas para sustentabilidade ambiental e social

Porque não gostamos do lucro (dos outros)?

Porque não gostamos do lucro (dos outros)?

Vestido rosa

Vestido rosa

O visual inesperado de Letizia em Palma de Maiorca

O visual inesperado de Letizia em Palma de Maiorca

Três vinhos em boa conta

Três vinhos em boa conta

JL 1348

JL 1348

Espanha: proibido regular o ar condicionado para menos de 27 graus

Espanha: proibido regular o ar condicionado para menos de 27 graus

Comédia e misoginia na nova série

Comédia e misoginia na nova série "A League of Their Own"

Urgências pediátricas ou obstétricas encerradas em Faro, Caldas da Rainha e Almada

Urgências pediátricas ou obstétricas encerradas em Faro, Caldas da Rainha e Almada

Solar Car Charging Palm, estações de carregamento alimentadas a energia solar

Solar Car Charging Palm, estações de carregamento alimentadas a energia solar

O álbum de férias de Dânia Neto

O álbum de férias de Dânia Neto

Reformados, Pensionistas e Idosos exigem aumento extraordinário das pensões

Reformados, Pensionistas e Idosos exigem aumento extraordinário das pensões

A internacionalização como meta para os empresários

A internacionalização como meta para os empresários

Morreu o estilista japonês Issey Miyake

Morreu o estilista japonês Issey Miyake

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

Entrevista a Fernando Mendes, apresentador de 'O Preço Certo'

Entrevista a Fernando Mendes, apresentador de 'O Preço Certo'

Raquel André: Uma Língua Portuguesa afiada

Raquel André: Uma Língua Portuguesa afiada

Terapia do Humor

Terapia do Humor

Letizia deslumbra com um mini vestido de verão

Letizia deslumbra com um mini vestido de verão

Vasco Palmeirim traz à TV um concurso inédito:

Vasco Palmeirim traz à TV um concurso inédito: "Vão ficar de boca aberta"

JL 1349

JL 1349

Infantas Leonor e Sofia destacam-se com vestidos de estilos diferentes

Infantas Leonor e Sofia destacam-se com vestidos de estilos diferentes

As figuras da PRIMA 17

As figuras da PRIMA 17

Ministro homenageia bombeiros e expressa solidariedade

Ministro homenageia bombeiros e expressa solidariedade "incondicional"

Ikea e Electrify America vão instalar 200 postos de carregamento rápido nos EUA

Ikea e Electrify America vão instalar 200 postos de carregamento rápido nos EUA

Córneas feitas a partir de pele de porco devolvem a visão a 14 pessoas cegas

Córneas feitas a partir de pele de porco devolvem a visão a 14 pessoas cegas

Ainda vamos a tempo de salvar a Amazónia? Ponto de não retorno pode estar ao virar da esquina

Ainda vamos a tempo de salvar a Amazónia? Ponto de não retorno pode estar ao virar da esquina

Ganha uma consola Nintendo Switch

Ganha uma consola Nintendo Switch

Feitas de fibra

Feitas de fibra

Grupo Media Capital paga dívida graças ao

Grupo Media Capital paga dívida graças ao "bom comportamento das audiências"

Quem ganhou entradas para o Zoomarine?

Quem ganhou entradas para o Zoomarine?

Criador de Breaking Bad quis fazer um jogo ao estilo GTA inspirado na série

Criador de Breaking Bad quis fazer um jogo ao estilo GTA inspirado na série

Quando o perfecionismo não é uma qualidade, mas uma patologia que pode ter consequências sérias

Quando o perfecionismo não é uma qualidade, mas uma patologia que pode ter consequências sérias

A diversidade importa

A diversidade importa

Sara Sampaio apaixonada em Ibiza

Sara Sampaio apaixonada em Ibiza

Noruega abate morsa Freya, atração turística improvável no fiorde de Oslo nas últimas semanas

Noruega abate morsa Freya, atração turística improvável no fiorde de Oslo nas últimas semanas

Viver num contentor está na moda. Quanto demora e quanto custa o processo

Viver num contentor está na moda. Quanto demora e quanto custa o processo

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Samsung Neo QLED QN900B em análise: Há grandes… E depois há enormes

Samsung Neo QLED QN900B em análise: Há grandes… E depois há enormes