Pinterest

Vinha Velha, Ribeira, Choupal… Estes nomes fazem parte da minha infância e de recordações que deixam saudade. São tudo nomes de terras dos meus avós maternos, onde eu tive a alegria de ir crescendo. Existiam pés na terra, mergulhos em tanques de pedra, fruta acabada de colher e caminhos que levavam a paisagens que me ficaram gravadas. Estranhamente foram estas recordações de uma vida mais ligada à natureza que fui tantas vezes buscar durante os meses mais duros de confinamento e era a elas que regressava sempre que os meus olhos paravam na frase que aqui destaco. Pertence aos Jardins Gulbenkian e está escrita por cima de um banco onde nos apetece sentar e ficar.

Mentiria se dissesse que a pandemia me ligou mais à natureza. Não aconteceu. Talvez porque já acontecera antes, quando algo – muito difícil – na minha vida dividiu o tempo em dois, foi na natureza que encontrei a paz e a força que precisava.

Neste tempo de pandemia, por força das circunstâncias, tenho passado muito tempo sozinha e, se é verdade que o abraço dos que amo me faz falta, também a saudade de mar e floresta me pesam muito.

No final do verão troquei com dificuldade os passeios ao nascer do dia com o mar de um lado e a serra do outro, os finais de tarde na horta e as noites a aprender o nome das estrelas, pelo regresso a Lisboa e a uma casa na cidade. E neste tempo de incerteza e ansiedade, muitas vezes durante as minhas caminhadas nos Jardins da Gulbenkian, disse para mim que se há algo que a pandemia me ensinou é que os sonhos não se adiam e que devemos viver mais de acordo com a nossa essência. A resposta não vem de fora, mas de dentro, e a natureza é o lugar onde eu realmente escuto os meus pensamentos, a minha intuição. Este é o ano em que quero estar mais conectada com a minha essência. A natureza é um condutor para eu o fazer.
Neste início de ano difícil, desejo que todas vós encontrem o caminho para se ligarem ao que vos faz bem.

Aproveite os seus passeios pelo campo para se interessar por tudo o que vê, não superficialmente, mas procurando, através da reflexão e da meditação, chegar à própria essência da natureza”

C.S. Gulbenkian

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Diz Quem Sabe

Menopausa: vamos falar sobre como viver melhor esta fase

Um artigo de opinião assinado pela Dra. Marina Gonçalves, diretora do centro de medicina digital P5, a propósito do Dia Mundial da Menopausa (18 de outubro).

Diz Quem Sabe

Dicas que ajudam a melhorar a qualidade de vida das mulheres após a menopausa

A propósito do Dia Mundial da Menopausa (18 de outubro), uma ginecologista e uma fisioterapeuta de pavimento pélvico partilham algumas informações úteis.

Saúde

Os motivos para o IMC ser um método ultrapassado para avaliar o peso e a saúde

Trata-se de um sistema falho e, como tal, não deve ser a única referência para determinar se uma pessoa é (ou está) "saudável".

Moda

Este truque de styling deixa os cadigãs mais elegantes

É simples, mas faz uma grande diferença.

Pera Doce

Já conhece o Otro lado do luxo?

O que têm em comum a perfumaria de nicho, o design e a arquitetura, a alfaiataria de luxo e o chef Vitor Sobral? Foi isso mesmo que fomos descobrir no primeiro restaurante do grupo OTRO.

Celebridades

Adele dita as próximas tendências da estação com look outonal perfeito

Das cores, passando pelos tecidos, às silhuetas, a cantora acertou em cheio.

Celebridades

Kourtney Kardashian e Travis Barker estão noivos

Veja as fotografias do momento em que o músico pediu a empresária em casamento.

Beleza

Seda ou cetim? A melhor opção de fronha para cabelos afro

Deixar tecidos como o algodão de lado faz maravilhas pelos cabelos com textura durante a noite.

Moda

Mafalda Carvalho mostra os desfiles (e as emoções) do último dia de Portugal Fashion

Veja tudo o que aconteceu na Alfândega do Porto.

Lifestyle

A Pizzaria Luzzo é uma das pérolas da Graça

Da comida ao ambiente, tudo é pensado para proporcionar refeições (e momentos) super agradáveis.

Lifestyle

Esta câmara trendy foi concebida para tirar selfies

Ela permite tirar, imprimir e partilhar fotografias em movimento. Um sonho para a Geração Z.