Se caíssem 20 cêntimos na minha conta sempre que alguém me pergunta se o meu cabelo dá muito trabalho, eu já teria uma fonte de rendimento para a vida. Caso tenham curiosidade em saber, a minha resposta é sempre “não” por um motivo muito simples: por mais passos que a minha rotina de cuidados possa ter, não conheço outra realidade. Nunca tive outro tipo de cabelo.

Continuando… esta é a pergunta mais recorrente, mas não é a única. Por isso mesmo, acredito que uma publicação que encontrei no Twitter pode ser útil para fazer alguns esclarecimentos. As palavras são da utilizadora @laurasherif_, mas podia  ser minhas ou de qualquer pessoa no espetro dos cabelos étnicos, dos encaracolados aos crespos. Aqui ficam algumas coisas que sempre quis saber sobre cabelo afro e nunca teve coragem de perguntar:

  1. Nós lavamos o cabelo com menos frequência (por norma, uma vez por semana) porque ele não tende a ficar tão oleoso quanto os cabelos lisos. Se o fizéssemos, removeríamos os óleos naturais produzidos pelas glândulas sebáceas e, por conseguinte, causaríamos ressecamento;

  2. Sim, o dia da semana em que lavamos o cabelo tende a consumir algum tempo. Isto porque não podemos aplicar champô e amaciador em cinco minutos e seguir com as nossas vidas. Dependendo da rotina e das preferências, só o processo de desembaraçar e a hidratação em profundidade pode levar algumas horas;

  3. Há quem prefira não ter de manipular o cabelo todos os dias e, por isso, opte por “protective styles” (por exemplo, perucas, tranças, torcidos e tissangens). Isto não significa que sejamos carecas; 

  4. As tranças podem ser feitas com extensões específicas para esse propósito, ou seja, com um cabelo de fibra sintética. Isto também não significa que sejamos carecas. É uma opção que faz com que o penteado dure mais tempo e tenha melhor aspeto, para além de acrescentar comprimento (se assim quisermos);

  5. Tissagem é o nome de uma técnica de aplicação de extensões de cabelo (pode ser humano ou sintético) em banda sobre o nosso cabelo natural, que fica ‘escondido’ em tranças corridas;

  6. Sim, é ofensivo sugerir que o nosso cabelo fica melhor esticado; 

  7. Não, não temos todas o cabelo curto. Os cabelos encaracolados e crespos são caracterizados por um fenómeno chamado fator encolhimento;

  8. Gostamos de aplicar óleos naturais no couro cabeludo para compensar a dificuldade que os óleos que são produzidos naturalmente têm em chegar às pontas do cabelo. Algo que acontece por conta das texturas em questão, cujos fios têm formas em S, Z, molas, espirais, etc.

  9. A maioria das mulheres com cabelos encaracolados ou crespos dorme com lenços de seda/cetim ou usa fronhas confecionadas nestes materiais, porque o algodão causa frizz e parte os fios;

  10. A maioria das pessoas que têm cabelos afro não gosta que lhes toquem no cabelo sem permissão;

  11. Não pergunte a alguém se está a usar cabelo postiço, a não ser que queiram criar uma situação constrangedora. Se a resposta for “sim”, será constrangedor para a pessoa e se for “não”, certamente será embaraçoso para si.

Palavras-chave

Relacionados

Fora da Caixa

Sabia que existem vários tipos de cabelo encaracolado? Usei este sistema para identificar o meu

Da escolha de produtos ao número de vezes que os uso por semana, esta informação ajudou-me a fazer escolhas melhores.

Fora da Caixa

Este é o segredo para manter o cabelo natural hidratado entre lavagens

Esta rotina é incrível para matar a sede dos cabelos crespos e encaracolados.

Fora da Caixa

Estes testes caseiros ajudam a descobrir qual é o nível de porosidade dos fios de cabelo

Mais importante do que escolher bons produtos de hidratação é perceber como é que o cabelo a absorve.

Mais no portal

Moda

Hoje, temos todos lugares marcados na primeira fila do desfile de Elisabetta Franchi

Uma apresentação digital imperdível da coleção FW21/22.

Imagem de Sucesso

Renove o closet com estas propostas de peças clássicas - e cheias de estilo

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, mostro alguns exemplos de artigos de movas que nunca irão falhar-vos.

Saúde

Afinal, o que significam as áreas desbotadas no tecido das cuecas?

É uma coisa perfeitamente normal e tem uma explicação muito simples.

Fora da Caixa

Estas lojas online são verdadeiros paraísos para quem tem caracóis

Encontro tudo o que preciso (e muito mais) para cuidar do meu afro nestas plataformas.

Moda

Tons pastel: não há dúvidas de que o lilás é a sensação do momento

Aqui ficam três sugestões de visuais que incorporam a cor romântica.

Saúde

Não escovar os dentes pode causar estes problemas de saúde inesperados

Pelo bem da saúde em geral, este é um hábito que não deve ser descurado.

Comportamento

Isto é melhor do que qualquer pedido de desculpas

Num relacionamento, durante uma discussão de conflito, existem seis passos que ajudam os casais a evitar que a negatividade fique fora de controlo

Moda

A elegância de uma camisa branca em 20 combinações infalíveis

Esta é bem capaz de ser a peça mais versátil do seu guarda-roupa.

Pera Doce

'Querido diário': fui vegan durante duas semanas e agora não quero outra coisa

Durante duas semanas, fiz-me à cozinha, usei ingredientes que me eram completamente estranhos e não meti nem uma fatia de queijo na boca. Isto foi o registo da experiência.

Saúde

4 hábitos saudáveis que podem prejudicar a saúde oral

Não escolhemos uma fotografia de alguém a beber um sumo verde por acaso.

Beleza

Revelado o produto de beleza que Angelina Jolie tem sempre na mala

A atriz é fã de um óleo facial aquoso conhecido pelas propriedades hidratantes e antienvelhecimento.

Comportamento

Comportamentos gordofóbicos variam consoante o biótipo das mulheres

Se duas mulheres tiverem o mesmo peso e altura, a localização da gordura corporal altera o nível de preconceito de que são alvo.