Quando Kia Lindroos se tornou vegana, em 2014, era difícil encontrar cosméticos de alta qualidade, acessíveis e 100% naturais. A oferta parecia estar dividida em dois tipos: produtos caros e de boa qualidade e produtos baratos, mas menos bons. À semelhança de tantos outros bons empresários, a finlandesa imigrada na Alemanha identificou uma necessidade no mercado e resolveu dar-lhe resposta. Assim nasceu a Kia-Charlotta, especialista em vernizes premium, vegan e cruelty free.

Os valores desta marca estão perfeitamente alinhados com os da ORGANII ou não fosse esta uma cadeia de lojas de referência no setor da cosmética biológica em Portugal. Fundada pelas irmãs Cátia e Rita Curica em 2009, a empresa é muito seletiva em relação às parcerias que faz e encontrou na Kia-Charlotta a solução ideal para aumentar o portfólio de cuidados com as unhas.

Pouco depois de a novidade ter chegado às lojas, tive a oportunidade de experimentar fazer um tratamento de mãos exclusivo do ORGANII Spa, localizado na Embaixada, em Lisboa. Eis o que aprendi durante essa sessão, em conversa com a funcionária Dália Moutinho.

É impossível um verniz ser 100% natural…

Comparativamente a outros produtos de maquilhagem, o verniz é a exceção. Isto porque é impossível fabricá-lo de uma forma completamente natural sem comprometer a fórmula. Assim sendo, a Kia-Charlotta assumiu o compromisso de torná-lo o mais sustentável possível. Uma iniciativa que se reflete no facto de os solventes das cores serem 10% obtidos de plantas, em vez da produção petroquímica, e de ter sido tomada a decisão consciente de usar recipientes de 5 ml para minimizar o desperdício. Além disso, as embalagens são produzidas de forma sustentável e certificadas pelo Conselho de Gestão Florestal (FSC, na sigla inglesa).

…mas pode ser 15-free

Os vernizes convencionais contêm químicos tóxicos que podem irritar os olhos, a pele, o nariz e a garganta, bem como causar uma série de outros problemas de saúde. Muitos desses ingredientes também são considerados desreguladores endócrinos, ou seja, em doses pequenas, podem afetar o sistema hormonal e, na pior das hipóteses, podem causar defeitos de nascença, distúrbios reprodutivos, distúrbios de desenvolvimento ou até mesmo tumores cancerígenos. 

Quando vemos a indicação de que um produto é 7-free, 9-free ou 10-free, por exemplo, isso significa que esse número de substâncias prejudiciais foi excluído da fórmula. A Kia-Charlotta deixou 15 aditivos nocivos de fora, como é o caso dos ftalatos (plastificantes cujo uso intencional em cosméticos foi banido na União Europeia); do tolueno (causa problemas reprodutivos e respiratórios); do xileno (alergénio e cancerígeno); da cânfora (substância altamente tóxica que causa dores de cabeça e náuseas) e dos parabenos (aumentam o risco de cancro da pele e da mama).

Não fazemos ideia do que pomos na unhas

Geralmente, os vernizes convencionais contêm ingredientes de origem animal, sendo que os mais comuns são a substância corante carmim e a guanaina. O primeiro, utilizado em tintas, cosméticos e como aditivo alimentar, é extraído dos insetos Cochonilha fêmeas (pulgão) para criar a cor vermelha. Já o segundo é obtido através de escamas de peixes e costuma ser utilizado para criar acabamentos brilhantes ou metálicos. Para a Kia-Charlotta, “vegan” significa que os produtos são cruelty free e estão registados nas organizações The Vegan Society e PETA.

Convencer pela qualidade

A missão da Kia-Charlotta é precisamente encontrar o equilíbrio perfeito entre ingredientes seguros, naturais e veganos de elevada qualidade. Por isso mesmo, a marca promete alta durabilidade (entre quatro a sete dias) e uma secagem rápida. Dito isto, a vida útil do verniz não depende apenas do produto em si, mas também de outros fatores como, por exemplo, o estado das unhas e a técnica de aplicação. A empresa frisa que é importante usar um verniz base, de modo a obter uma superfície uniforme na unha, aplicar duas camadas do seu verniz Kia Charlotta preferido e selar com um verniz finalizante.

Aqui, as acetonas não são bem-vindas. Os cuidados ficam completos com um removedor de verniz vegan e natural próprio (líquido ou em discos) certificado pela COSMOS Natural, que define os requisitos de certificação para produtos cosméticos orgânicos e naturais na Europa. Uma alternativa inovadora que se destaca por conter óleo de jojoba e óleo de abacate orgânicos, responsáveis por fortalecer as unhas e deixá-las saudáveis, e um aroma super agradável.

A escolha certa para peles sensíveis (e não só)

Os ingredientes dos vernizes convencionais não danificam necessariamente as unhas, mas, se entrarem em contacto com cutículas sensíveis, podem causar alergias. Portanto, se tem pele sensível, alergias ou é uma pessoa imunodeprimida, os vernizes vegan são sempre a melhor opção. Além disso, estes produtos também são indicados para mulheres grávidas ou que estejam a amamentar.

Pesquisar é sempre bom

Se a toxicidade é importante para si, vale a pena pesquisar mais sobre o assunto antes de comprar produtos para as unhas, porque nunca se sabe o que pode estar escondido na lista de ingredientes. Além de disponibilizar as marcas favoritas das fundadoras, a ORGANII continua a ter a missão inicial estabelecida há 12 anos: partilhar mais informação sobre produtos biológicos com os clientes. Portanto, em caso de dúvidas, não hesite em passar por uma das lojas da empresa, tenha contacto com os produtos e tome decisões informadas.

Palavras-chave

Leia 6 meses GRÁTIS

Este verão assine a ACTIVA, CARAS, CARAS DECORAÇÃO, entre outras publicações do grupo Trust in News, por 1 ano e receba 6 meses de leitura grátis. Conheça todas as opções, incluindo as versões digitais. ASSINAR

Relacionados

Beleza

Como manter uma manicure perfeita (e biológica) em casa?

Confira as dicas de uma profissional.

Beleza

Inês Lóios: "As unhas são a melhor forma de autoexpressão na atualidade"

Em declarações à ACTIVA, a Education Consultant Iberia da OPI falou-nos sobre a coleção especial que assinala o 40.º aniversário da marca e no protagonismo cada vez maior das unhas nos tempos que correm.

Beleza

Existem 9 formatos de unhas. Qual é o seu?

Quer tenha um estilo minimalista ou maximalista, é isto que precisa de saber.

Mais no portal

Moda

Esta tendência de swimwear improvável favorece peitos pequenos

Deixamos esta e outras sugestões para valorizar a área nas suas próximas idas à praia.

Saúde

4 bons motivos para começar a comer mais uvas

A sua saúde agradece.

Comportamento

Eis o que fazer quando se sente tentada a mentir

De acordo com uma psicóloga.

Imagem de Sucesso

Dicas para fazer as melhores compras em época de saldos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Lifestyle

Estes casinos estão prestes a reabrir

Saiba quando os poderá visitar.

Mulheres Inspiradoras

Condessa D’Edla: a segunda mulher de D. Fernando II, que era artista e não agradava ao povo

A produção de capa da ACTIVA de agosto, protagonizada por Júlia Palha, foi fotografada num chalet conhecido como o "Chalet da Condessa”. Conheça a história desta mulher fascinante.

Diz Quem Sabe

Levantamento das restrições: um teste à eficácia da vacina para a COVID-19

Um artigo de opinião assinado pela Dra. Laura Brum, virologista dos Laboratórios SYNLAB.

Moda

Estes básicos da H&M prometem 'fazer bonito' em qualquer ocasião

Estas sugestões são bonitas, intemporais e surpreendentemente acessíveis.

Celebridades

Este foi o visual de gala preferido de Kate Winslet

A atriz caracterizou o vestido como "uma escultura bordada".

Saúde

O DIU pode causar queda de cabelo?

Saiba se tem alguma relação.

Comportamento

Psicóloga explica como perceber as diferenças entre amor e luxúria

A luxúria pode levar ao amor, mas eles não são a mesma coisa.

Celebridades

Anna Faris casou-se em segredo

A atriz e Michael Barrett namoram desde 2017.