O fitness é aborrecido“, quem o diz é o Studiorise, que chega a Lisboa para ressignificar a forma como fazemos exercício físico. No número 18 da Rua Correia Teles, em Campo de Ourique, não há falsas promessas, não há julgamentos, não há pressão e não há corpos ideais. Há, sim, aulas de cycling de 45 minutos que funcionam como verdadeiras sessões de terapia.

Assim que se entra no estúdio, sente-se a boa energia. Um espaço clean, com sofás e plantas a dar-lhe um ar de “casa”. Há o merchandise da marca exposto – desde sweaters a T-shirts – e vários cubículos com os sapatos próprios para usar durante as aulas. Ao fundo, umas escadas descem para a zona dos balneários e para o local onde, verdadeiramente, a magia acontece.

A sala tem paredes escuras, vários espelhos e, claro, bicicletas. Se há algo que chama, imediatamente, à atenção, são as três velas pousadas na zona em que está a bicicleta do coach – no meu caso, o Rui. Pouco antes de começar a aula, baixam-se as luzes, deixando o espaço ainda mais escuro. Seguem-se 45 minutos à luz das velas e com uma espécie de luz ambiente avermelhada.

Não há julgamentos“, disse-vos, ao início. E esse é um dos principais motivos pelos quais o ambiente se quer assim, pouco luminoso, mas muito intimista. Ali, naquele período, deixamos os telemóveis, as preocupações e inibições de lado e vibramos ao som das batidas das músicas (escolhidas a dedo, de acordo com o estilo de cada coach).

Precisamos de abrandar? Abrandamos. E ninguém nos vai pressionar a regressar à ação – o nosso tempo e limites são sempre respeitados. Mas motivação não falta. O Rui foi, do início ao fim, um verdadeiro coach. Passou-nos uma ótima energia, dançou, incentivou-nos a sermos nós próprios e ainda nos fez pensar. Nunca imaginei que uma aula de cycling me deixasse com as emoções á flor da pele.

Pois bem, quando a sessão se aproxima do fim, deixa de haver luz avermelhada. Ficamos à luz das velas, a ouvir o que o coach tem para nos dizer. E continuamos a pedalar. Depois, até as velas são apagadas, uma por uma, até darmos por nós verdadeiramente às escuras. Ali, em cima daquela bicicleta, fechei os olhos, senti cada palavra que o Rui disse e emocionei-me. Quem diria.

Veio o alongamento e a despedida. À saída, comentei que aquela tinha sido uma verdadeira sessão de terapia. Engraçado como não ter expectativas se pode revelar uma verdadeira surpresa (das boas!). Saímos cansados, de sorriso no rosto e com a certeza que qualquer pessoa que experimente uma sessão no Studiorise não resistirá a voltar.

Porque no número 18 da Rua Correia Teles, não se paga uma aula de cycling. Paga-se uma experiência da qual saímos leves e prontos para ter o melhor dia possível. Pagam-se 45 minutos de exercício liderados por artistas – desde bailarinos a atores. Pagam-se sorrisos, suor e, eventualmente, lágrimas. Paga-se a mudança num local em que o fitness é tudo menos aborrecido.

Na galeria, encontrará imagens do espaço e dos coaches. Para mais informações, visite o site Studiorise e o Instagram.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Saúde

Os testes de ovulação valem mesmo a pena quando se tenta engravidar?

Esta é uma das formas de identificar o período fértil.

Beleza

O que há de novo na maquilhagem que vale a pena descobrir

Para os olhos, lábios e uma pele imaculada.

Celebridades

Ryan Reynolds afasta-se dos ecrãs

O ator anunciou uma pausa na carreira.

Beleza

Saiba como combater e prevenir a queda de cabelo sazonal

Um problema que é muito comum nesta altura do ano.

Beleza

7 passos para cuidar da pele antes de dormir

Uma rotina tão importante quanto a matinal.

Moda

4 peças em cabedal que são must-haves para o outono

E como usá-las.

Saúde

iMM-Laço Hub nasce como uma nova esperança na luta contra o cancro da mama

Com um laboratório focado na investigação em cancro da mama metastático e uma equipa especializada.

Moda

The Bra Stories: uma campanha pela luta contra o cancro da mama

Assinada pela C&A.

Moda

Andreia Dinis lança marca de roupa

Sugar n’Spice Concept é o novo projeto online da ariz.

Lifestyle

Neste hotel, a reserva de duas noites equivale à oferta da terceira

Aproveite uns dias relaxantes no campo.

Moda

À conversa com Diego Sebastian, criador da campanha 'Family Portraits' da Mango

Uma campanha não são apenas fotos bonitas dos produtos de uma marca. A mensagem é muito mais importante porque a forma como nos relacionamos com o mundo é essencialmente emocional. Daí ser curioso conversar com o homem que se esconde por detrás de uma das mais bem sucedidas campanhas da marca espanhola.