Estas férias de verão, confrontei-me com uma situação que colocou em causa a minha confiança na capacidade que tenho de levar para a frente um dos meus propósitos: reduzir o consumo de plásticos. É que apesar de cá por casa, e nas férias, termos o hábito de andarmos sempre com uma garrafa de água reutilizável atrás, há comportamentos que, já se sabe, tardam em mudar e, nos dias de descanso, em que se come mais fora de casa, isso tornou-se dolorosamente óbvio. É que chegados a um café, bar de praia ou restaurante, ainda por cima com uma criança, ao fazer-se o pedido ao empregado, lá vinha sempre aquele “e uma água sem gás por favor”. Como estava calor, até se acrescentava “se tiver de litro e meio, é melhor trazer”. No final, chegava a garrafa – de plástico na grande maioria das vezes – e, porque sobrava sempre água, lá ia connosco para a praia. Ou seja, quando dei por mim, cheguei a contar 10 garrafas de plástico grandes e cinco pequenas, enfileiradas no balcão da cozinha, soma de uma semana de férias no Algarve.

Eu bem perguntava se tinham garrafas de vidro, mas maioritariamente a resposta era ‘não’, com exceção de restaurantes mais caros. Até que descobri, já as férias tinham passado, que não tinha de consumir obrigatoriamente água engarrafada quando ia a num café ou restaurante. A lei mudou e, de acordo com o Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, os estabelecimentos do sector da hotelaria, restauração e cafetaria passam a estar obrigados, a partir de dia 1 julho, a disponibilizar um recipiente com água da torneira e copos higienizados para consumo no local, de forma gratuita ou a um custo inferior ao da água embalada. Ora bem: já vos disseram isso em algum restaurante? A mim não. Não dizendo os outros, cumpre-nos a nós estar informados e fazermos uso dos nossos direitos. Porque a lei está aí, porém pouco se fala dela. Mas não basta a lei – e eu por mim falo. É preciso vencer uma certa vergonha de pedir água da torneira num restaurante. Não faz parte dos nossos hábitos. Podem pensar que somos forretas, por exemplo. Ou então achamos que se calhar a água dali até não é boa para se beber, principalmente quando estamos fora de meios urbanos. Porém, a verdade é que a água da torneira pode ser consumida sem qualquer risco para a saúde – o indicador de água segura em Portugal continental situou-se em 98, 66% em 2019. Outra verdade – preocupante – é que Portugal é o quarto país da Europa com maior consumo per capita de água engarrafada, o que significa um consumo médio de 146,4 litros por habitantes.  São mais de mil milhões de embalagens de água engarrafada no mercado nacional, das quais 911 milhões (85%), são de plástico.

Ora quando se sabe a importância de diminuir a quantidade de plástico que consumimos e os riscos para o ambiente – nomeadamente para os ecossistemas marítimos – talvez pedir uma água da torneira quando vamos jantar fora se torne tendência. Como se diz, o que custa é só a primeira vez.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Saúde

A aparência das palmas das mãos pode indicar se tem cancro

Esteja atenta.

Beleza

15 manicures para experimentar no outono

Confira estas sugestões!

Celebridades

Médico legista afirma que Gabby Petito foi assassinada

As autoridades já confirmaram que o corpo encontrado pertence à blogger.

Lifestyle

Quer passar umas férias na casa de Winnie the Pooh?

Uma casa inspirada no Winnie the Pooh, da Disney, no Bosque dos Cem Acres, disponível no Airbnb

Moda

10 casacos para usar na próxima estação

Conheça estas sugestões de diferentes estilos.

Saúde

Os bebés devem ou não usar sapatos?

Veja a explicação de um ortopedista.

Celebridades

Morreu o ator que deu vida a Stanford Blatch, em "O Sexo e a Cidade"

Willie Garson tinha 57 anos.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

Lifestyle

“Y: O Último Homem” estreia hoje no Disney+

Um drama de 10 episódios baseado na banda desenhada da DC Comics.

Beleza

O que há de novo na beleza: pele acneica, menopausa, antimanchas e muito mais

Os produtos que os ajudam a cuidar melhor da saúde do nosso rosto.

Beleza

Conhece os diferentes tipos de eyeliner?

Saiba como os usar.