A Balada dos Pássaros e das Serpentes é um livro de Suzanne Collins, publicado pela Editorial Presença. Prequela da trilogia “Jogos da Fome”, que fez sucesso entre leitores de distopias e, mais tarde, através da adaptação cinematográfica que teve a atriz Jennifer Lawrence no papel principal, desvenda um pouco da criação deste mundo. E de uma das suas personagens mais terríveis.

Nesta obra, somos levados para os primeiros anos de Jogos da Fome, um evento anual deste mundo onde jovens dos vários distritos de Panem são obrigados a combater até existir apenas um sobrevivente. Uma competição macabra criada para recordar uma guerra terrível e para salientar o controlo do Capitólio nos restantes distritos. Os fãs da trilogia original vão apreciar a construção dos Jogos da Fome, desde o conceito inicial ao grande espetáculo mórbido em que se tornou.  

Ao longo destas páginas, achei curiosa a forma como este conceito evoluiu, como conseguiu ir de algo que era repudiado por todos para um evento aclamado e que prendia grandes audiências. Os detalhes da participação do público, do conhecimento pessoal dos tributos, das reviravoltas ao longo da competição fazem pensar em como o ser humano se deixa deslumbrar facilmente pelas luzes de um espetáculo, muitas vezes esquecendo as raízes e o sofrimento que tal pode causar. Em como o uso do outro em detrimento da diversão própria facilmente passa a ser aceite.

E se a evolução notória dos Jogos da Fome prende a atenção, mas cativante ainda são as personagens deste livro. Destaco Coriolanus Snow, uma figura bem conhecida da trilogia original, e que aqui surge durante a juventude. É que, o que mais apreciei neste livro, foi a forma como Suzanne Collins apresentou esta personagem e a fez evoluir até se justificar o porquê de Snow se tornar um dos grandes vilões deste mundo. Acredito que uma boa história tem de ter um vilão forte, e que um vilão forte tem de ser uma figura com uma construção que justifique as suas ações. É isso que encontramos em Snow.

Ao início, é fácil simpatizar com Coriolanus Snow. Jovem de uma família de prestígio, mas que está a cair em desgraça, cria empatia pela forma como se mostra resiliente, lutador, dedicado e determinado em reconquistar a antiga glória do seu nome. É uma personagem muito humana, cativando pela forma como se entrega às suas convicções e pela inteligência com que mede os seus atos. Contudo, conforme a história de desenrola, vemos como as cirscunstâncias ajudam a moldá-lo e a transformá-lo no homem implacável, severo e tirano que vai governar Panem. 

Saliento ainda o contraste entre Coriolanus Snow e outras duas personagens: Lucy Gray e Sejanus Plinths. Ela é a tributo de espírito livre, enigmática, hipnotizante, que se exprime pelas artes e que é dedicada às pessoas. Ele é um representante do pensamento crítico, uma personagem que questiona tudo e todos e que é atormentado pelo conflito entre a realidade e os seus valores morais. Estas duas figuras levam Coriolanus Snow a colocar-se à prova e testam outros lados da sua personalidade. Acabam por, mesmo sem intenção, trazer ao de cima o melhor e o pior que há nele, levando-o pelo caminho da ambição e busca pelo poder.

Através desta prequela, Suzanne Collins acrescenta mais uma camada ao mundo apresentado em “Jogos da Fome”. A Balada dos Pássaros e das Serpentes pode chocar pela forma cruel e até maquiavélica como apresenta algumas situações, ao mesmo tempo que impressiona pela complexidade de um mundo imaginado que leva o leitor a questionar-se sobre a natureza humana. 

Sinopse:

A ambição é o seu estímulo. A competição a sua força motriz. Mas o poder tem um preço. É a manhã da ceifa, que dará início aos décimos Jogos da Fome. No Capitólio, Coriolanus Snow, então com dezoito anos de idade, está a preparar-se para o seu momento de glória como mentor nos Jogos. A outrora poderosa casa de Snow vive tempos difíceis e o seu futuro depende da possibilidade de Coriolanus usar o seu charme, inteligência e engenho para vencer os seus colegas na luta por um tributo vencedor. As probabilidades estão contra ele, pois recebeu a humilhante tarefa de orientar a rapariga do Distrito 12, a tributo menos desejada. Os seus destinos encontram-se definitivamente interligados – cada decisão que Coriolanus tomar poderá levar ao sucesso ou insucesso, ao triunfo ou à ruína. Dentro da arena, a luta será até à morte. Fora da arena, Coriolanus começa a afeiçoar-se à sua tributo condenada e tem de confrontar a necessidade de obedecer às regras com o seu desejo de sobreviver a todo o custo.

Palavras-chave

Mais no portal

Mulheres Inspiradoras

Carmo Sousa Lara: "Às vezes, estamos muito agarradas ao reforço negativo"

A nossa primeira Conversa Inspiradora chega no dia 8 de março e é sobre o corpo. O corpo da mulher real. O corpo que ainda é poucas vezes capa de revista.

Imagem de Sucesso

Saiba como escolher os modelos de óculos de sol que mais valorizam o seu rosto

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso partilho algumas dicas para que escolher eyewear nunca mais seja uma dor de cabeça.

Moda

Os 8 tipos de cuecas que todas as mulheres devem ter

De modelos estilo biquíni as tangas clássicas, estas são as peças nas quais deve investir.

Comportamento

Mais de metade dos portugueses não se veem a viver sem carro

Seis em cada 10 portugueses consideram o automóvel insubstituível, mas em 2017 eram 8 em 10. A descida deve-se à crise pandémica.

Moda

Estas peças elegantes são ótimos investimentos para a primavera

Veja as sugestões que encontrámos nas lojas online da Zara, Mango e H&M.

Mulheres Inspiradoras

Guerra aos filtros: estas influencers mostram a beleza de peles reais

Depois do positivismo corporal, o movimento do "skin positivity" começa a ganhar cada vez mais força nas redes sociais.

Beleza

É suposto deixarmos passar algum tempo entre a aplicação dos produtos de skincare?

Trinta segundos? Sessenta segundos? Zero? Saiba o que dizem os especialistas.

Moda

Irina Shayk mostra como usar a tendência das calças de pele com visual rock 'n roll

A peça de eleição da modelo é de uma marca que as portuguesas conhecem bem.

Saúde

Estudo sugere que grávidas podem transmitir anticorpos contra a COVID-19 aos bebés

Uma investigação publicada recentemente pode ajudar (e muito!) na estratégia de vacinação das grávidas em todo o mundo.

Beleza

O erro que comete sempre que aplica o seu hidratante de rosto favorito

Existe uma forma muito simples de potencializar a eficácia dos produtos de skincare.

Beleza

Qual é o melhor contorno para o seu tipo de rosto?

Esclarecemos todas as dúvidas sobre como adaptar a técnica de maquilhagem aos seus traços.

Moda

Estas malas aparentam ser bem mais dispendiosas do que realmente são

Saiba o que procurar nas lojas para investir em artigos que são facilmente confundidos com peças de alta-costura.