O Lugar das Árvores Tristes é um livro da Lénia Rufino, Publicado pela editora Manuscrito. Uma história que nos leva para um Portugal profundo da década de 1970, onde as opiniões alheias têm um peso imenso e a igreja exerce uma forte influência em todos os aspetos da vida da população. 

Lénia Rufino consegue transportar-nos com mestria para esse ambiente misterioso e reprimido. Logo nas primeiras páginas, senti-me presa à história e com vontade de desvendar os segredos familiares das figuras centrais desta obra. Isabel é a primeira personagem a ganhar destaque, mas é a vida da sua mãe, Lurdes, que nos intriga.

Através de uma escrita bonita, Lénia Rufino apresenta personagens empáticas, cenários reais e uma narrativa credível que tem como base um mistério familiar. É fácil acreditar uma aldeia portuguesa onde uma jovem rapariga vê os seus sonhos desfeitos por algo de que é vítima e não consegue controlar. É fácil acreditar que esta rapariga teve todos os dedos apontados na sua direção quando nada fez para o provocar. É fácil vê-la a lidar com as escolhas de outros quanto à sua vida. É fácil vê-la a tomar consciência do mal que lhe foi feito e a ganhar forças para recuperar o que lhe foi tirado. É fácil vê-la a ceder. Infelizmente, tudo isso é fácil. 

Digo infelizmente pois este é um retrato bastante fiel da realidade feminina. Verdade que muito mudou desde a década de 1970, mas a autora faz recordar a luta que as mulheres tiveram (e ainda têm) contra o preconceito, por um julgamento justo e por independência.  Admirei a evolução de Lurdes e percebi as dificuldades que enfrentou. Tanto as que conseguiu controlar como as que fugiram do seu domínio.

A história é apelativa e proporciona uma leitura interessada e rápida. O mistério central deixa-nos sempre num impasse e com vontade de ver todas as questões respondidas. Lamento apenas que a conclusão não tenha sido mais desenvolvida, mas entendo que tal pode ter sido uma escolha para não tirar o foco da intriga principal. Lénia Rufino fez uma ótima estreia com este livro.

Sinopse

Isabel não tinha medo dos mortos. Gostava de passear por entre as campas do cemitério, a recuperar as histórias da morte daquelas pessoas. Quando a falta de alguma informação lhe acicatava a curiosidade, perguntava à mãe…
Quando esta se recusa a dar-lhe uma resposta sobre uma mulher chamada Eulália, Isabel inicia uma busca por esclarecimentos. Só que ninguém quer falar sobre o assunto e, Inesperadamente, Isabel vê-se confrontada com uma teia de mentiras, maldade, enganos e crimes que a levam a compreender o passado misterioso da mãe e a forma quase anestesiada da sua existência.
Um romance de estreia profundamente sagaz e envolvente que faz um retrato do interior português preso na tradição religiosa da década de 1970.

Palavras-chave

Leia 6 meses GRÁTIS

Este verão assine a ACTIVA, CARAS, CARAS DECORAÇÃO, entre outras publicações do grupo Trust in News, por 1 ano e receba 6 meses de leitura grátis. Conheça todas as opções, incluindo as versões digitais. ASSINAR

Mais no portal

Moda

Esta tendência de swimwear improvável favorece peitos pequenos

Deixamos esta e outras sugestões para valorizar a área nas suas próximas idas à praia.

Saúde

4 bons motivos para começar a comer mais uvas

A sua saúde agradece.

Comportamento

Eis o que fazer quando se sente tentada a mentir

De acordo com uma psicóloga.

Imagem de Sucesso

Dicas para fazer as melhores compras em época de saldos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Lifestyle

Estes casinos estão prestes a reabrir

Saiba quando os poderá visitar.

Mulheres Inspiradoras

Condessa D’Edla: a segunda mulher de D. Fernando II, que era artista e não agradava ao povo

A produção de capa da ACTIVA de agosto, protagonizada por Júlia Palha, foi fotografada num chalet conhecido como o "Chalet da Condessa”. Conheça a história desta mulher fascinante.

Diz Quem Sabe

Levantamento das restrições: um teste à eficácia da vacina para a COVID-19

Um artigo de opinião assinado pela Dra. Laura Brum, virologista dos Laboratórios SYNLAB.

Moda

Estes básicos da H&M prometem 'fazer bonito' em qualquer ocasião

Estas sugestões são bonitas, intemporais e surpreendentemente acessíveis.

Celebridades

Este foi o visual de gala preferido de Kate Winslet

A atriz caracterizou o vestido como "uma escultura bordada".

Saúde

O DIU pode causar queda de cabelo?

Saiba se tem alguma relação.

Comportamento

Psicóloga explica como perceber as diferenças entre amor e luxúria

A luxúria pode levar ao amor, mas eles não são a mesma coisa.

Celebridades

Anna Faris casou-se em segredo

A atriz e Michael Barrett namoram desde 2017.