Mulheres que Não Perdoam é um livro de Camilla Läckberg publicado pela Suma de Letras. Trata-se de uma narrativa que tem figuras centrais e aborda vários tipos de violência que podem existir em relacionamentos e tendo como vítimas as mulheres.

A autora explora três situações diferens, mostrando que as agressões podem acontecer em diversos níveis e contra mulheres de diferentes origens ou estatutos sociais. Ingrid é a primeira figura a ser apresentada, uma mulher que já teve uma carreira de sucesso, largou tudo pela família e agora depara-se com a traição do marido. Victoria é a segunda, uma jovem que trocou a Rússia pela Suécia e acabou numa situação de escravatura a diversos níveis. Birgitta é a terceira, professora de mais idade, respeitada pela comunidade mas que é tratada com desprezo pela família e esconde as marcas das agressões que sofre ás mãos dos maridos.

Numa primeira fase, os leitores são levados a conhecerem cada uma destas personagens e as suas realidades. São histórias que chocam, principalmente por não serem totalmente ficcionadas, mas inspiradas em situações bem reais. A autora recorda que as mulheres continuam a ser as principais vítimas de relações abusivas, sendo elas quem mais facilmente largam tudo em detrimento de uma relação e, mais tarde, acabam por se considerarem traídas, pelas mais diferentes razões. 

Numa segunda parte, a autora fala de vingança. Já admite, em opiniões anteriores publicadas em Activa.pt, que não sou apologista de se fazer justiça pelas próprias mãos. Mas é esse o mote que as personagens seguem, elaborando planos para recuperarem a liberdade perdida. A forma como tal se desenrola poderia não ser tão apressada e ter tido uma maior elaboração. Isso não permitu o aprofundamento da narrativa nem da complexidade de cada situação, a nível de histórias e de desenvolvimento de personagens. 

No final, percebe-se que Camilla Läckberg se inspirou no movimento #MeToo e na necessidade de dizer às mulheres que não se devem resignar a um relacionamento abusivo. Que há formas de sair dessas situações de dor e agressão de modo a alcançar uma vida renovada. Só gostava que tivesse encontrado meios legais para o fazer, de forma a dar um a exemplo mais justo e digno e que tivesse feito uma análise mais profunda de cada personagem. 

Sinopse:

Prisioneiras dos seus casamentos, cansadas de sofrer e com sede de vingança, três mulheres que não se conhecem trocam confidências num fórum da Internet.

Ingrid, esposa de um famoso editor de jornal e que sacrificou a sua carreira de jornalista em benefício do marido, descobre que este a trai sem escrúpulos.

Birgitta, a doce professora apreciada por toda a comunidade, sabe que está doente há vários meses, mas continua a adiar a ida ao médico. As contusões que cobrem o seu corpo podem revelar a violência que sofre em silêncio.

Victoria deixou a sua Rússia natal para se estabelecer na Suécia com um homem que conheceu num site de encontros. Mas ele não é, de forma alguma, o marido que ela imaginou, e a sua nova vida é um pesadelo. Prisioneira de um bêbado obeso, é tratada “como uma boneca insuflável capaz de cozinhar e manter a casa limpa”.

Um dia, levadas ao limite, planeiam, mesmo sem se conhecerem, o crime perfeito.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Moda

As 12 peças de vestuário Parfois que vai querer usar este outono

Desde coletes a casacos.

Saúde

7 sinais físicos que indicam que está mais stressado do que pensa

Esteja atento ao que o seu corpo lhe diz.

Saúde

A aparência das palmas das mãos pode indicar se tem cancro

Esteja atenta.

Celebridades

Médico legista afirma que Gabby Petito foi assassinada

As autoridades já confirmaram que o corpo encontrado pertence à blogger.

Lifestyle

Quer passar umas férias na casa de Winnie the Pooh?

Uma casa inspirada no Winnie the Pooh, da Disney, no Bosque dos Cem Acres, disponível no Airbnb

Moda

10 casacos para usar na próxima estação

Conheça estas sugestões de diferentes estilos.

Saúde

Os bebés devem ou não usar sapatos?

Veja a explicação de um ortopedista.

Celebridades

Morreu o ator que deu vida a Stanford Blatch, em "O Sexo e a Cidade"

Willie Garson tinha 57 anos.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

Lifestyle

“Y: O Último Homem” estreia hoje no Disney+

Um drama de 10 episódios baseado na banda desenhada da DC Comics.