A Biblioteca da Meia-Noite é um livro de Matt Haig, publicado pela TopSeller. Uma obra que já me tinha gerado curiosidade ainda antes de chegar ao mercado português. Tudo por causa da ideia base do livro. A ideia de viajar por uma biblioteca composta por livros que revelam as inúmeras potencialidades da nossa vida. 

Nora Seed é a protagonista deste livro. Uma figura que vive uma situação limite e duvida das motivações para continuar a existir. Uma decisão extrema acaba por a transportar para um limbo onde tem a oportunidade de experimentar uma biblioteca sem igual. Livro a livro, Nora vê as várias ramificações que a sua vida podia ter tomado, cada uma feita em consequência de uma ação ou decisão diferente da própria experiência que teve.

Matt Haig inspira-se na teoria de universos paralelos para criar esta história. Ao criar uma personagem em desespero, explora uma realidade bastante atual: a de nos sentirmos presos, sem corresponder às expetativas próprias ou dos outros, a de querermos mais, a de desejarmos uma felicidade completa e total, a de ficarmos presos na dúvida de como teria sido a nossa vida se tivéssemos feito algo diferente no passado.

Através da personagem de Nora, o leitor viaja por algumas possibilidades, viajando por uma série de situações díspares. Ao longo da leitura, surge a ideia de que a nossa vida é um conjunto de possibilidades, que somos capazes de as agarrar se por isso o fizermos, mas que nenhuma hipótese é totalmente isenta de situações mais negras. Matt Haig recorda-nos que a vida é um conjunto de altos e baixos, mas também que qualquer situação é digna de valor. 

Com esta viagem de Nora, o leitor é convidado a apreciar as próprias experiências que teve, a valorizar o percurso que fez e a encontrar o que de mais belo existe em seu redor. O autor prova que os pequenos gestos podem provocar mudança, que podem ser importantes para a nossa evolução e para o bem dos outros. A Biblioteca da Meia-Noite revela-se um livro que se lê com avidez, que não só entretém como transmite uma moral intemporal. Uma história que faz a diferença e que merece ser recordada. 

Sinopse:

No limiar entre a vida e a morte, depois de uma vida cheia de desgostos e carregada de remorsos, Nora Seed dá por si numa biblioteca onde o relógio marca sempre a meia-noite e as estantes estão repletas de livros que se estendem até perder de vista. Cada um desses livros oferece-lhe a hipótese de experimentar uma outra vida, de fazer novas escolhas, de corrigir erros, de perceber o que teria acontecido se tivesse escolhido um caminho diferente. As possibilidades são infinitas e vários horizontes se abrem à sua frente. Mas será que algum desses caminhos lhe proporciona uma vida mais perfeita do que aquela que conheceu? Na altura da escolha final, Nora terá de olhar para dentro de si mesma e decidir o que de facto lhe preenche a vida e o que faz com que valha a pena vivê-la. A Biblioteca da Meia-Noite transformou-se num bestseller a nível internacional, com um milhão de livros vendidos em todo o mundo. 

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Mais no portal