Quando duas pessoas vão viver juntas existem decisões que têm que ser tomadas. Se vão casar ou não, se vão ou quando é que vão ter filhos, se querem um cão, um gato, como vai ser a decoração da casa, entre muitas outras. Em relação ao dinheiro, também existem decisões a tomar e, acima de tudo, a respeitar.

Vamos ter conta conjunta ou separada? Vamos optar pelo modelo misto? Queremos adquirir bens comuns? Vamos fazer uma poupança conjunta? O dinheiro é um dos temas mais sensíveis entre casal, pelo que seja qual for a decisão, o mais importante é respeitá-la e cumpri-la.

Na gestão financeira entre o casal não há espaço para romantismo, mas existem outras características que não podem faltar, como a transparência, o respeito, o diálogo e a organização.

No caso das contas conjuntas, é importante perceber que não existe o meu e o teu, apenas o nosso. Ter uma conta conjunta permite uma melhor gestão da vida financeira, uma vez que não existem segredos. Esta gestão baseia-se na confiança, na transparência e na responsabilidade partilhada. Além disso, permite poupar em comissões e outras burocracias. Mas, atenção, existem diferentes modalidades, pelo que o melhor é tomar uma decisão consciente, recorrendo a especialistas em finanças pessoais que poderão apresentar todos os prós e contras de todas as opções.

Uma outra opção muito recorrente é a mistura de tipo de contas. Ou seja, cada membro do casal mantém a sua independência financeira, ou seja, uma conta individual, mas têm uma conta conjunta para as despesas comuns. Neste caso, e para evitar conflitos, as regras devem estar bem definidas. Deve estar bem explicito para ambos, quais as despesas alocadas à conta conjunta e quais as despesas que não estão incluídas.

Para quem prefere manter tudo separado a regra base é a mesma. Tomar decisões, dividir despesas e respeitar o acordo para evitar problemas futuros. Mas, contas separadas não significa que o património de ambos esteja separado. Existem responsabilidades, objetivos e regras comuns, tal como em qualquer das restantes modalidades.

Sejam conjuntas, mistas ou separadas o importante é que as decisões sejam tomadas a dois, que exista diálogo, honestidade e confiança e que seja o modelo mais confortável, justo e adequado a ambas as partes.

Palavras-chave

Relacionados

Saúde

Epilepsia no feminino: há diferenças para a mulher?

Saúde

A verdade sobre as dietas detox

Estes programas visam uma suposta desintoxicação no entanto é dúbio qual ou quais são os “tóxicos” visados na mesma.

Mais no portal

Mulheres Inspiradoras

Carmo Sousa Lara: "Às vezes, estamos muito agarradas ao reforço negativo"

A nossa primeira Conversa Inspiradora chega no dia 8 de março e é sobre o corpo. O corpo da mulher real. O corpo que ainda é poucas vezes capa de revista.

Imagem de Sucesso

Saiba como escolher os modelos de óculos de sol que mais valorizam o seu rosto

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso partilho algumas dicas para que escolher eyewear nunca mais seja uma dor de cabeça.

Moda

Os 8 tipos de cuecas que todas as mulheres devem ter

De modelos estilo biquíni as tangas clássicas, estas são as peças nas quais deve investir.

Comportamento

Mais de metade dos portugueses não se veem a viver sem carro

Seis em cada 10 portugueses consideram o automóvel insubstituível, mas em 2017 eram 8 em 10. A descida deve-se à crise pandémica.

Moda

Estas peças elegantes são ótimos investimentos para a primavera

Veja as sugestões que encontrámos nas lojas online da Zara, Mango e H&M.

Mulheres Inspiradoras

Guerra aos filtros: estas influencers mostram a beleza de peles reais

Depois do positivismo corporal, o movimento do "skin positivity" começa a ganhar cada vez mais força nas redes sociais.

Beleza

É suposto deixarmos passar algum tempo entre a aplicação dos produtos de skincare?

Trinta segundos? Sessenta segundos? Zero? Saiba o que dizem os especialistas.

Moda

Irina Shayk mostra como usar a tendência das calças de pele com visual rock 'n roll

A peça de eleição da modelo é de uma marca que as portuguesas conhecem bem.

Saúde

Estudo sugere que grávidas podem transmitir anticorpos contra a COVID-19 aos bebés

Uma investigação publicada recentemente pode ajudar (e muito!) na estratégia de vacinação das grávidas em todo o mundo.

Beleza

O erro que comete sempre que aplica o seu hidratante de rosto favorito

Existe uma forma muito simples de potencializar a eficácia dos produtos de skincare.

Beleza

Qual é o melhor contorno para o seu tipo de rosto?

Esclarecemos todas as dúvidas sobre como adaptar a técnica de maquilhagem aos seus traços.

Moda

Estas malas aparentam ser bem mais dispendiosas do que realmente são

Saiba o que procurar nas lojas para investir em artigos que são facilmente confundidos com peças de alta-costura.