Para criar objetivos, preciso primeiro de saber bem como está a minha vida financeira, para conseguir implementar estratégias concretas, para concretizar o ou os objetivos propostos.

O primeiro passo é simples: fazer um planeamento financeiro. Afinal, para poupar dinheiro, primeiro há que conhecer as nossas finanças ao pormenor – devemos saber onde e como gastamos os nossos €€€.

Aqui ficam algumas dicas:
1) Falar de dinheiro em família
E porque é um tema muito importante, porque não começar já a pensar nele e a mostrar às crianças que o dinheiro e a poupança devem andar de mãos dadas e que não são um bicho de sete cabeças. Devemos mostrar às crianças o quão importante é o dinheiro, para que serve, como devemos e podemos gerir o nosso dinheiro e que o dinheiro não cai das árvores! Envolver as crianças nesta aprendizagem por exemplo, através de jogos. E porque não começar pelo famoso Monopólio? Vai ver que vai valer a pena!

2) Comece pelo objetivo que lhe dará mais motivação para concretizar.

Se tem uma viagem de sonho, ou alguma formação que gostaria de fazer e ainda não concretizou, poderá ser um bom motivo para começar a poupar para a concretizar. Deve sempre pensar que quanto mais motivação tiver para começar, mais rapidamente lá vai chegar.

3) Um dos objetivos deve sempre ser um Fundo de Emergência

Existe de facto uma importância em falar sobre este tema do fundo de emergência… Todos nós devemos criar um fundo de emergência para o caso de as coisas não correrem como esperado. E se quiser definir um objetivo inicial, deve tentar amealhar uma quantia que lhe permita viver durante 6 meses sem outro tipo de rendimento. Mas depois de juntar esta quantia, há que continuar a poupar…

4) Tenha um mealheiro sempre à mão. É sem dúvida uma boa forma de começar! E porque não, colocar no mealheiro as moedas que estão perdidas na carteira? E se tivermos crianças em casa, podemos dar o exemplo, todas as moedas da carteira podem servir para colocar como valor de entrada para a poupança de casa.

5) Saber qual a percentagem do rendimento familiar, que poderá ser canalizada para uma poupança

É importante perceber que o ideal seria, gastarmos cerca de 80% do nosso ordenado, devendo ser uma parte para as dívidas como créditos pessoais ou à Habitação e cerca de 20% para amealhar dinheiro, que posteriormente deveria ser dividido por vários objetivos. Os 20% divididos numa parte a pensar na reforma e outra parte com um objetivo bem definido de poupança, para podermos ter motivação para o concretizar.
Gerir o nosso orçamento, definir um valor mensal para cada tipo de despesa, ou seja, quanto se gasta em alimentação para a casa, eletricidades, água, etc, é verdadeiramente importante, para saber exatamente quanto se consegue poupar.

6) Criar uma poupança automática mensal no Banco.

Hoje em dia é muito fácil começar uma poupança programada no Banco, basta criar um débito mensal na conta à ordem para ser transferido para uma poupança e a um dia específico, poderá ser uma excelente forma de começar. Uma sugestão: aproveite o dia em que recebe o ordenado para ser esse mesmo dia em que mensalmente é transferido o valor definido para a poupança criada.

7) Escreva o objetivo num ficheiro em Excel, defina o valor e programe quanto tempo vai precisar.

Este planeamento deve ser sempre feito se queremos cumprir e devemos.seguir à risca de forma a não fugir do programado, porque quanto mais se fugir, mais tempo vai demorar para se concretizar. O tempo é um fator influenciador, quando definimos objetivos porque precisamos sempre de tempo para os concretizar.

8) Estipule um objetivo que implique a família. Defina que assim que tudo passar, vão fazer uma viagem em família. Desta forma e como estão a definir em conjunto, vai sem dúvida ser mais fácil e rápido a concretização, porque todos os esforços estão unidos.

Já sabe, organize bem os objetivos que pretende concretizar por prazos, porque só sabendo quanto tempo precisa para lá chegar é que consegue saber e prever o esforço que vai ter que fazer para os concretizar.

Acompanhe todas as dicas e novidades na Revista Activa e através das redes sociais: Instagram / Facebook / Linkedin

Envie as suas questões ou temas que gostava de ver tratados para cmeireles.consultorafinanceira@gmail.com

Palavras-chave

Relacionados

Saúde

Os procedimentos estéticos que se podem realizar mesmo em dias de sol

Saiba quais os principais cuidados a ter, agora que se aproximam os dias de maior calor.

Saúde

A endometriose e a infertilidade estão associadas?

A relação entre os dois problemas e os tratamentos possíveis.

Diz Quem Sabe

Como se tornar a melhor versão de si mesmo nos novos tempos

Confira as dicas desta 'coach' e aposte no desenvolvimento e crescimento pessoal.

Mais no portal

Moda

Este é o visual favorito das influencers portuguesas para dias passados em casa

Muitas das mulheres portuguesas mais influentes nas redes sociais estão rendidas a este "uniforme trendy" do confinamento.

Lifestyle

6 dicas para reduzir encargos com o crédito habitação

O crédito habitação e as despesas que estão associadas a este contrato representam uma fatia significativa do orçamento das famílias.

Moda

Irina Shayk arrasadora em sobrecamisa com efeito envernizado

Descobrimos de onde é esta peça, que custa menos de 40 euros.

Fora da Caixa

A técnica de finalização ideal para cabelos encaracolados, ondulados e crespos

Uso-a para aplicar tudo, desde leave-ins, passando por óleos, a cremes hidratantes.

Celebridades

Karol Conká saiu do BBB - Quem vamos odiar agora?

"Cancelada" é a palavra de ordem e o reality show brasileiro parece intensificar este hábito (perigoso) da internet.

Moda

Como não amar as novas Josefinas?

A marca portuguesa apresenta um novo modelo de calçado.

Celebridades

Mia Farrow sobre alegados abusos sexuais de Woody Allen: "Eu própria não conseguia acreditar"

Novo documentário traz revelações inéditas.

Finanças de A a Z

Os hábitos financeiros que devemos evitar a todo o custo

O novo episódio da rubrica Finanças de A a Z foca-se nas práticas que são inimigas da estabilidade financeira.

Nas Bancas

Bárbara Tinoco: "As mulheres mais novas têm tudo a aprender com as mais velhas"

Uma conversa imperdível com a cantora e compositora de 22 anos.

Editorial

Beleza com saúde física e mental

"A nossa magia está muito mais naquilo que transmitimos do que naquilo que somos. E o amor próprio é o melhor tratamento". O editorial deste mês de Natalina de Almeida, a diretora da ACTIVA.

Moda

Esta cor foi a grande estrela da Semana da Moda de Nova Iorque

Saiba como usá-la.

Lifestyle

Risotto de quinoa e cogumelos by Vanessa Alfaro

Simples e deliciosa.