@stellasimona

Queridos pais,

Bom ano a todos. Aliás, não vos desejo um bom ano. Desejo que tenham força e coragem para fazerem deste novo ano um ano maravilhoso, descansado e tranquilo, um ano bem feliz.

Partilho convosco aquilo que sinto ser a receita infalível para um bebé feliz.

É comum ouvir-se dizer “Não vêm com livros de instruções” e, às vezes, precisam de coisas que nós não temos a mínima ideia do que será? Chorou? Porque chorou? Porque chora agora? Ontem ria-se com isto, hoje já é um drama. Será fome? Será sono? Será mimo? O que é que lhe falta?

“Tantos bebés bem-dispostos e o meu está sempre a choramingar, mas que chato! Que chatice isto! Não tive sorte.

Devem ser cólicas, vou dar mais maminha, porque já não aguento este choro!

Ai isto está a ser tão difícil! Tão complicado. Nunca imaginei! Estou exausta! É suposto ser assim? Mas porque é que ninguém me avisou disto?

Queria tanto que nascesse mas realmente, neste momento, já só queria que passasse de novo para a minha barriga.”

Calma pais!!! Respirem fundo antes de recomeçar a leitura deste artigo… já respiraram? Vá lá, mais 3 vezes. Se são estes pensamentos que vos passam constantemente e de uma forma alucinada nas vossas cabeças, ou pensamentos do género: RESPIREM! Relaxem!

Quer muito que o seu bebé esteja e seja feliz não quer?

Quer conhecer a receita?

Ingredientes base:

. SEGURANÇA, q.b.

. 1 dose de LEITE/SÓLIDOS

. 1 Mão cheia de SONO

Ingredientes para o Recheio:

.  RELAXAMENTO a gosto

. Dose boa de CONFIANÇA

. Pitada de BOM SENSO

Pronto, esta receita não pode ser assim tão difícil, pois não?

Preparação:

Comece pelo RECHEIO: a CONFIANÇA é dos ingredientes mais importantes em todo o processo, não se preocupe se faltar, por vezes, é normal, mas FOQUE. FOQUE nela e naquilo em que acredita. Siga o seu instinto, está quase sempre certo. A pitada de BOM SENSO fará toda a diferença. Pense sobre os assuntos e sobre os temas, se quiser leia os prós e contras sobre o tema, MAS ATENÇÃO! Não se deixe confundir. Mais claro estiver para si, mais a CONFIANÇA ficará firme.

Depois junte um pouco de RELAXAMENTO, de calma e tranquilidade. Mais calmo, mais claro tudo ficará e mais doce também. A calma aclara tudo. Deixa-nos mais racionais e isso é muito necessário aqui. Reflita e siga com o recheio todo, na quantidade certa ;).

NOTA: sabe que atingiu a quantidade certa, quando se sente relaxada/o e com confiança, a saber o que é o melhor para o seu bebé (tudo o que é grainhas e caroços – opiniões alheias que nos confundem) vamos retirar de imediato ????

Estamos então em fase de avançar para a receita principal:

Os ingredientes base devem ser de alta qualidade. Vamos começar pela SEGURANÇA. Fazer com que o bebé se sinta seguro é, no fundo, dizer “nós estamos aqui!”. Não quero com isto dizer que “Nós estamos aqui SEMPRE contigo ao colo e a fazer-te tudo o que quiseres. NÃO!”. Queremos que ele se sinta confortável e amado GENUINAMENTE por vocês.

De seguida, prepare todos os ALIMENTOS com amor, seja as primeiras sopas, os segundos ou mesmo a maminha. Cumpra uma rotina bem acertada, oferecendo idealmente alimento de 2.30 a 3.30h de intervalo. Cumpra isto para uma rotina mais saudável.

Por último, mas não menos importante, o DORMIR bem está na base de uma receita de sucesso para um bebé/criança feliz. Imaginar um bebé sem dormir é imaginar um bebé sem comer. Para dormir bem e crescer saudável é essencial que o bebé seja independente para dormir, ou seja, adormeça por ele sem nenhum tipo de muleta. Isto sim, fará com o ingrediente do SONO seja de melhor e mais elevada qualidade.

Agora, sejam felizes!

Tenho a certeza que vai valer a pena e a vida vai ganhar outro sabor. O foco nestes ingredientes é essencial para pais felizes, logo para filhos felizes e para relações saudáveis.

Podem contar comigo SEMPRE se tiver a ser difícil de “arranjar” algum destes ingredientes. Já mudei a vida de muitas famílias e será um gosto mudar a vossa ????

Beijinho nesses coraçõezinhos apertadinhos de mãe e pai e nos bebés aí de casa,

Carolina

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Diz Quem Sabe

De que precisam as crianças para serem felizes?

Confira a opinião de uma especialista.

Diz Quem Sabe

Vai ficar tudo bem no regresso à escola

Os conselhos de parental coach Carolina Vale Quaresma para esta nova fase.

Diz Quem Sabe

5 dicas para (sobre)viver na quarentena em família

Confira os conselhos desta 'parental coach'.

Mais no portal

Moda

Mafalda Carvalho mostra os desfiles (e as emoções) do último dia de Portugal Fashion

Veja tudo o que aconteceu na Alfândega do Porto.

Lifestyle

A Pizzaria Luzzo é uma das pérolas da Graça

Da comida ao ambiente, tudo é pensado para proporcionar refeições (e momentos) super agradáveis.

Lifestyle

Esta câmara trendy foi concebida para tirar selfies

Ela permite tirar, imprimir e partilhar fotografias em movimento. Um sonho para a Geração Z.

Beleza

5 cortes de cabelo clássicos que nunca saem de moda

Em equipa que ganha não se mexe.

Moda

Bailarinas: como usar estes sapatos clássicos de formas contemporâneas

Inspire-se nestas estrelas das redes sociais para adicionar estes sapatos versáteis e elegantes aos seus próximos visuais de outono.

Saúde

Cuidados a ter com a saúde íntima feminina quando as temperaturas descem

Eis as dicas de um ginecologista e obstetra dos hábitos a adotar nesta altura do ano.

Comportamento

Advogada elege as 5 razões mais comuns para o divórcio

Curiosamente, a traição não é uma delas.

Moda

Be The Change: tecidos reciclados e produção responsável com o selo de qualidade Tezenis

Uma coleção de ‘underwear’ bonita, sustentável e mais amiga do ambiente.

Diz Quem Sabe

Pele sensível e pele sensibilizada: entenda as diferenças

E saiba quais os cuidados a ter.

Saúde

Como os cuidados para bebés podem aliar-se à sustentabilidade

Opções para os pais que procuram produtos que causem o menor impacto possível no meio ambiente.

Diz Quem Sabe

A dor crónica não é um problema individual – é um problema de saúde pública

Um artigo de opinião assinado por um grupo de especialistas da Escola de Medicina da Universidade do Minho, a propósito do Dia Nacional da Luta Contra a Dor (15 de outubro).