@who

O Dia Internacional da Mulher é comemorado a 8 de março. Reconhecido desde 1977 pela Organização das Nações Unidas, celebra as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres ao longo dos anos e a luta contra a descriminação racial, sexual, política, cultural ou económica, entre outras.

Este ano, o tema do Dia Internacional da Mulher é “Mulheres na liderança: Alcançando um futuro igual num mundo de COVID-19 ”. É um facto que as mulheres têm estado na linha de frente nos diversos níveis da luta contra esta pandemia, como profissionais de saúde, cuidadoras, empreendedoras e coordenadoras. Neste combate à pandemia muitas mulheres têm sido as líderes mais eficazes. Aliás, ao longo dos séculos, em situações de crise, as mulheres sempre estiveram na primeira linha dos combates, dando o seu contributo de forma marcante e corajosa.

Em várias áreas, as mulheres conquistaram o seu lugar em paridade de género. No entanto, noutras, mesmo na atualidade, continuam a lutar todos os dias para melhorar a vida e alcançar os seus direitos. Existem, a vários níveis e em algumas regiões do Mundo, preconceitos que condicionam desequilíbrios inadmissíveis e temos de ter consciência de que  ainda há muito a fazer. Estes desequilíbrios agravaram-se com a pandemia em todo o mundo e mais para as mulheres, registando-se o aumento do desemprego e da pobreza, da violência doméstica e das tarefas de apoio não remuneradas.

Na medicina, as mulheres trabalham em perfeita paridade com os homens e isso deve-se ao reconhecimento da sua igual capacidade técnica e científica e da enorme capacidade de trabalho e motivação. Acresce, convenhamos, as qualidades humanísticas. Em medicina, como em qualquer outra profissão,  um dos ingredientes-chave para o sucesso é a pluralidade e o trabalho em equipa e isso existe atualmente sem entraves objetivos.

É curioso analisar a evolução dos números relativos à representatividade das mulheres na medicina portuguesa – já há mais médicas! De acordo com dados do INE, em 1999, havia 31.735 médicos, dos quais 44,2% eram mulheres, passados 20 anos, em 2019, de um total de 51.937 médicos, 54,7% eram mulheres. Na minha especialidade, a Medicina Interna, em 2020 as médicas eram cerca de 55%. Muitas destas médicas lideram grandes instituições de saúde, serviços reconhecidos ou áreas de investigação e são respeitadas pelos seus pares pela sua competência, capacidades organizativas e agregadoras e pelo pragmatismo. Também não se apercebe qualquer diferença no reconhecimento pelos utentes e doentes relativamente às suas médicas, reconhecem-lhes as capacidades científica, clínica e a dedicação.

Salvo raríssimas exceções não se notam barreiras no ambiente de trabalho ou à progressão na carreira médica, para as mulheres. Claro que, como para todos, homem ou mulher, a prioridade está em terem mais além de um trabalho gratificante e, por isso, as organizações têm de garantir o reconhecimento desse trabalho. Devem ser valorizados aspetos relacionados com a flexibilidade laboral, medidas mais atraentes de conciliação da vida pessoal com a profissional, horários flexíveis, ambiente colaborativo e de trabalho em equipa e tempo para expressar opiniões livremente, além de remunerações à altura das exigências de responsabilidade e dedicação que é ser médico.

A profissão médica é exigente e a conciliação com a responsabilidade familiar, por vezes é difícil e mais pesada para as médicas. No entanto, gradualmente, o princípio da paridade impôs-se e as mulheres conseguiram demonstrar, sem constrangimentos de consciência, que há grande vantagem para ambos os géneros na partilha das tarefas familiares e profissionais, respeitando as especificidades de cada elemento. Hoje em dia, as atividades em equipa num ambiente de respeito pela liberdade individual são o paradigma, no trabalho e na família.

Palavras-chave

Relacionados

Mulheres Inspiradoras

25 coisas que não sabia que foram inventadas por mulheres

Muitos dos produtos que usamos hoje em dia foram inventados por mulheres. Surpreenda-se com alguns deles.

Diz Quem Sabe

Como a cirurgia plástica veio alterar o empoderamento da mulher

Esta é uma especialidade médica com um grande foco na saúde mental e na reconstrução da autoestima das mulheres (e não só).

Mulheres Inspiradoras

10 inventoras negras que tornaram as nossas vidas bem mais fáceis

Sem o espírito de inovação e de empreendedorismo de cada uma destas mulheres, estas 10 invenções poderiam nunca ter existido.

Mais no portal

Moda

Fomos espreitar as propostas da Primark e estes são os nossos 10 acessórios preferidos

Os acessórios must-have para os dias de calor

Moda

Quem disse que não há lugar para fatos num armário de primavera?

Dos tons neutros aos mais vibrantes; das silhuetas justas às oversized, é impossível resistir a estes 10 conjuntos coordenados.

Beleza

Cabelos: três tendências inspiradas nas Deusas do Olimpo

Confira as sugestões Jean Louis David.

Lifestyle

Aos fins de semana, há 'brunch' na Doca de Santo

Com vista para o Tejo.

Moda

Uns ténis para quem não tem medo de brilhar debaixo dos holofotes

Os novos ténis da marca Puma em colaboração com Dua Lipa

Celebridades

Harry aterra no Reino Unido sem Meghan e reencontra-se com o irmão

A propósito do funeral do avô, Philip.

Moda

Estas cinco combinações de cores são a definição de luxo

Quer dar mais cor ao seu guarda-roupa? Então, inspire-se nestes visuais que encontram equilíbrio em apostas inesperadas.

Moda

Parfois: 10 artigos imperdíveis em promoção

Confira as sugestões que selecionámos.

Saúde

Um beijo, três consequências para a saúde oral

O Dia do Beijo celebra-se anualmente a 13 de abril, e Portugal não foge aos festejos. Aqui ficam três consequências (boas e más) deste gesto de carinho na saúde oral.

Body Shaper

A receita caseira que combate três grandes preocupações estéticas das mulheres

No novo episódio da rubrica Body Shaper, partilho uma massagem que ajuda a eliminar a celulite, a má circulação e a retenção de líquidos.

Saúde

CDC declara racismo ameaça à saúde pública

A agência americana focou-se no impacto deste a nível físico e emocional.