@sabiinadesign

O design de interiores cresce, desenvolve-se, incorpora novos elementos, ideias e conceitos e, à sua maneira, vai acomodando os gostos e desagrados das pessoas.  Com a mudança de rotina causada pela pandemia do novo coronavírus, algumas tendências de design e decoração de interiores começam a tornar-se cada vez mais evidentes para a primavera/verão de 2021.

Se dúvidas haviam sobre como o conforto do lar pode ser tão importante para o nosso bem-estar, o ano passado veio eliminá-las por completo. Com o confinamento obrigatório em todo o País, a busca por conforto, pelo aconchego em casa, e a valorização da Natureza – e do que é natural – tornou-se algo essencial para todos.

Na nova temporada, são cinco as tendências que vão evidenciar-se:

Tintas de pigmentação natural

As tintas naturais são aquelas compostas, em termos gerais, a partir da mistura de pigmentos vegetais – aqueles extraídos de folhas, sementes e terra – que conferem cor à substância e aglutinantes responsáveis pela união das partículas,  garantindo aderência à superfície. Esteticamente, aludem à ideia das habitações primitivas ou indígenas e de tribos africanas, que utilizam os elementos vegetais como fonte da extração de tinta para pintura do artesanato e moradias.

Macramé

Essa técnica totalmente artesanal permite construir objetos decorativos que promovem um ar de aconchego ao ambiente. O traçar manual de fios, que se vão entrelaçando através dos nós, permite construir elementos sofisticados, complexos e originais, proporcionando textura aos espaços. Existem várias formas de usar o macramé na decoração. Quem deseja criar um ambiente aconchegante e com personalidade marcante pode substituir os tradicionais quadros por painéis construídos com esta arte.

Existem modelos com diversos tamanhos e formatos, feitos com nós variados, formando diferentes figuras. Além do tradicional cru, há peças com cores diversas. Algumas até mesmo promovendo misturas interessantes e, consequentemente, criam um ar mais descontraído.

WC monocromático

Considerado muitas vezes como o espaço com menor investimento, nos últimos anos ganhou mais destaque, muito graças à grande oferta de variedade de produtos e acabamentos na indústria, tornando-se um dos espaços com maior personalidade. Como tendência, o Monocromatismo, ou seja, a aplicação de uma única cor em todo o espaço é muito atual. Uma dica é utilizar azulejos com cores sólidas sobre as paredes e pintar ou revestir o forro e piso com um material na mesma tonalidade.

Cadeiras suspensas

Outra tendência bastante versátil são as cadeiras suspensas, que podem ser adaptadas a diversos estilos de decoração e criar uma opção de estar e receber diferente. Existem modelos para todos os gostos e estéticas, e podem ser criados vários ambientes, desde o contemporâneo e elegante ao mais artesanal e aconchegante, que remetem à área externa.

A arte dos chapéus na parede

Esta tendência DIY (“do it yourself”) é uma solução fácil para decorar uma parede vazia num hall de entrada, num quarto de hóspedes ou em qualquer espaço que requeira alguma inspiração criativa.

Reviver os chapéus de sol antigos que estão guardados e combinar estes elementos naturais, grandes, flexíveis e de palha permite transformar qualquer coleção de chapéus numa parede de arte!

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal