kimberlibri

Esta Páscoa ainda será prudente e estaremos em confinamento. Estamos a desconfiar lentamente e em segurança. Os resultados e as expectativas são positivos, mas ainda requerem alguma precaução.

Já todos temos experiências e fomos adquirindo novas fórmulas de viver em pandemia. Contudo, esta obrigação de perdermos a nossa liberdade obriga a que tenhamos de encontrar novas estratégias internas para reaprender a viver. Esperamos que este seja o último esforço, mas é nesta fase que colocamos tudo em pontos de interrogação e o que nos apetece é quebrar tudo, pois o cansaço é muito e esperávamos uma Páscoa com família e amigos.

Os isolamentos físicos e psicológicos estão relacionados. Conseguimos controlar melhor o isolamento físico com os passeios higiénicos e com o desporto, que é a fórmula essencial para estarmos ativos com energia e equilibrar o corpo e a mente.

Quando abordamos o isolamento psicológico, estão implícitas as emoções que são fundamentais para a nossa sobrevivência. Com o isolamento, tudo o que é necessário para o ser humano viver é coloca em causa: somos seres de relações, de contato e precisamos desse afeto dos relacionamentos.

Naturalmente, como seres humanos, não desenvolvemos estratégias mentais para lidar com situações como a que estamos a vivenciar. Imobilizamos sem saber qual o impacto desta privação nas nossas vidas.

Dito isto, aproveito para partilhar seis ferramentas e rotinas que ajudam a ultrapassar este isolamento de uma fórmula mais saudável:

1.    O sono

Perante qualquer alteração da realidade é colocado logo em causa. As insónias, a dificuldade em adormecer e o dormir pouco normalmente acontecem, mas é extremamente importante mantermos uma rotina de horários. Deitar cedo, acordar cedo, tentar dormir 8h por noite. Pode beber um chá calmante, meditar para relaxar e dormir. Evitar as luzes do telemóvel para o cérebro não despertar e respirar com controlo, para relaxar a mente e dormir bem.

2.    Exercício físico e alimentar saudável

A alimentação saudável em conjunto com o exercício físico são as ferramentas ideais para combater a falta de energia. Ajudam a reforçar o nosso sistema imunológico e conseguem mantermos bem-dispostos e mais positivos, pois atuam sobre o corpo e a mente. Se não tem rotina de exercícios físicos, a dança ou o yoga são exemplos de exercícios simples que ajudam imenso e o seu impacto é fundamental.

3.    Contato com amigos e familiares

A comunicação é das melhores ferramentas que o ser humano tem. Ajuda a reduzir ansiedade, a ultrapassar a solidão e o aborrecimento. Faça as videochamadas com os seus familiares e amigos e, como na Páscoa não podemos estar juntos, almoce em família a partir de um ecrã e terá uma refeição especial e agradável para que consiga diminuir a distância física.

4.    Planeamento

Com previsões positivas para esta batalha diária que todos estamos a vivenciar, volte a sonhar, a planear as férias e as próximas viagens, o fim de semana em família, os seus projetos, retire sonhos da gaveta e começa a cocriar. Estar a planear ajuda a sossegar a mente, dá motivação, esperança e ajuda a fugir daquelas perguntas, anseios e preocupações que não terão respostas e ocupam a mente tempo demais.

5.    Meditação

Esta é, sem dúvida, uma das ferramentas mais poderosas. Meditar não é, de todo, limpar a mente. É acalmar e perceber a sua mente, ter atenção ao seu corpo e ajuda a viver o presente, a tranquilizar e a relaxar. São tantos os benefícios que, se ainda não pratica, está na hora de dar uma oportunidade (nem que sejam 3 minutos!). É um tempo para si: para se ouvir, para se observar sem julgar, ajudando assim a entender melhor o que tanto o preocupa e a dar importância à principal pessoa da sua vida, você mesmo!

6.    Gratidão

É uma transformação na vida. Seja na nossa vida pessoal ou profissional, ser uma pessoa grata é uma virtude que também nos ajuda a exercitar atitudes mais positivas, pois cultivamos o bom humor e a paciência necessários para manter relacionamentos saudáveis e felizes. Ser grato pelo que já temos: saúde, corpo saudável, família, amigos, emprego, termos a oportunidade de viver, entre outros. Experimente durante dez dias escrever, no final do dia, cinco coisas do qual está muito grato e verá os resultados em si mesmo. Seja grato e será feliz.

Tenho a certeza de que com esta rotina, este isolamento físico e psicológico será ultrapassado de uma forma mais saudável, positiva e com menos consequências. Mesmo assim, se considerar necessário, procure ajuda profissional.

Palavras-chave

Mais no portal

Beauty Spot

As melhores técnicas e produtos para fazer sardas falsas

A rubrica Beauty Spot desta semana é dedicada a esta tendência divertida, que combina na perfeição com visuais mais naturais de maquilhagem.

É só uma sugestão

Falar de Livros: "D.A.D. - Desempregado, Artista, Dona de Casa" é um retrato humorista da vida de um pai

Um livro de Alexandre Esgaio publicado pela Suma de Letras.

Moda

Olivia Wilde elege sobretudo acessível para se proteger do frio em Londres

Não sabíamos que precisávamos de um sobretudo azul... até vermos um dos visuais mais recentes da atriz.

Comportamento

3 formas de manter a conta bancária emocional do seu relacionamento com saldo positivo

Este conceito está diretamente relacionado com a forma como os casais gerem discussões de conflito.

#ActivaEmCasa

Braços e pernas: cinco exercícios para maior definição muscular

Aqui fica mais um circuito de treino completamente gratuito, preparado e exemplificado por Susana Carromeu, coach do CrossFit Cais.

Beleza

Cabelo: Os produtos que temos de experimentar

Conhece as novidades mais recentes? Para fortalecer, dar brilhou ou obter o styling perfeito.

Moda

Inspire-se no que há de novo nestas marcas de moda populares

A nova estação traz muitas novidades e estas marcas dão o mote para o que vamos querer usar nos dias quentes.

Exclusivo
Beleza

Bárbara Corby: "Considero que a beleza vem de dentro"

A influencer é o novo rosto da Vichy em Portugal, depois de ter sido embaixadora digita da marca durante algum tempo. Em conversa com a ACTIVA falou sobre o novo papel e a a relação que tem com o mundo da beleza.

Imagem de Sucesso

Como usar o cinto para modernizar looks e valorizar a silhueta

Quer seja fino, grosso, de metal ou de couro, o cinto pode ser um grande aliado para no que toca ao styling.

Mulheres Inspiradoras

Joana Pessoa: um novo fado

É fadista desde os 15 anos, mas isso está longe de resumir a sua vida. Estivemos à conversa sobre escolhas, caminhos, filhos, divórcio, destino, amor, velhice, para voltarmos ao fado e fecharmos o círculo. Levei-lhe quase quatro horas de vida. É o que dá conversar com uma das mulheres mais interessantes que já entrevistei.

Comportamento

Existem quatro tipos de vinculação num relacionamento - saiba qual é o seu

Este tipo de apego é construído na infância e pode acabar por ter repercussões na vida adulta.