A importância do ritmo certo é transversal a tudo no nosso dia-a-dia: seja no trabalho, na música, ou no coração. Ao celebrarmos o dia 13 de junho como o Dia Mundial do Ritmo Cardíaco, temos presente a importância de trazer para o conhecimento público o enorme impacto que as arritmias têm na saúde dos portugueses.

A fibrilhação auricular, a arritmia mais frequente na prática clínica, aumenta 3 a 5 vezes o risco de ter um acidente vascular cerebral (AVC) isquémico e constitui um fator de risco independente para a mortalidade de causa cardíaca. Como a frequência aumenta com a idade, o envelhecimento da população portuguesa vai inevitavelmente levar a que ela também se torne cada vez mais frequente. Mesmo assim, em Portugal, estima-se que 1 em cada 3 pessoas que tem fibrilhação auricular não sabe que a tem.

Além das suas consequências diretas e indiretas que custam milhões de euros por ano, estima-se que mais de 3% das mortes em Portugal possam ser atribuídas à fibrilhação auricular. A complexidade desta doença implica, cada vez mais, a constituição de equipas multidisciplinares de profissionais que, de forma proativa, aproveitem cada contacto com o doente (seja em contexto de urgência, internamento ou consulta) para o diagnóstico, e que possam discutir as melhores estratégias terapêuticas para cada doente.

É importante percebermos que é uma doença heterogénea, que em alguns casos pode ser possível diagnosticar com um simples electrocardiograma, mas noutros casos pode necessitar de realização de monitorizações electrocardiográficas mais prolongadas para chegar ao diagnóstico.

Para maior sucesso na prevenção de eventos vasculares é indispensável que a população esteja bem informada acerca dos potenciais riscos da doença e dos ganhos que terá ao aderir cuidadosamente à terapêutica: tomar a medicação não é um fim em si, mas o caminho para prevenir o AVC, a incapacidade e até mesmo a morte.

Diariamente, continuamos a admitir pessoas em serviços de urgência portugueses com complicações causadas por terem deixado de tomar a medicação prescrita. Percebemos assim que temos ainda um longo caminho a percorrer.

A Medicina Interna, integrada numa ampla rede de profissionais a trabalhar em articulação, de onde se destaca o papel crucial das especialidades de Medicina Geral e Familiar, Neurologia e Cardiologia, manterá a sua atividade diária a diagnosticar, esclarecer e tratar um problema de saúde que é uma preocupação comum de todos. Acreditamos, contudo, que ano após ano, melhorando a comunicação e articulação entre profissionais de saúde empenhados e uma população bem informada, poderemos melhorar a nossa realidade nacional.

Palavras-chave

Leia 6 meses GRÁTIS

Este verão assine a ACTIVA, CARAS, CARAS DECORAÇÃO, entre outras publicações do grupo Trust in News, por 1 ano e receba 6 meses de leitura grátis. Conheça todas as opções, incluindo as versões digitais. ASSINAR

Mais no portal

Moda

Esta tendência de swimwear improvável favorece peitos pequenos

Deixamos esta e outras sugestões para valorizar a área nas suas próximas idas à praia.

Saúde

4 bons motivos para começar a comer mais uvas

A sua saúde agradece.

Comportamento

Eis o que fazer quando se sente tentada a mentir

De acordo com uma psicóloga.

Imagem de Sucesso

Dicas para fazer as melhores compras em época de saldos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Lifestyle

Estes casinos estão prestes a reabrir

Saiba quando os poderá visitar.

Mulheres Inspiradoras

Condessa D’Edla: a segunda mulher de D. Fernando II, que era artista e não agradava ao povo

A produção de capa da ACTIVA de agosto, protagonizada por Júlia Palha, foi fotografada num chalet conhecido como o "Chalet da Condessa”. Conheça a história desta mulher fascinante.

Saúde

Levantamento das restrições: um teste à eficácia da vacina para a COVID-19

Um artigo de opinião assinado pela Dra. Laura Brum, virologista dos Laboratórios SYNLAB.

Moda

Estes básicos da H&M prometem 'fazer bonito' em qualquer ocasião

Estas sugestões são bonitas, intemporais e surpreendentemente acessíveis.

Celebridades

Este foi o visual de gala preferido de Kate Winslet

A atriz caracterizou o vestido como "uma escultura bordada".

Saúde

O DIU pode causar queda de cabelo?

Saiba se tem alguma relação.

Comportamento

Psicóloga explica como perceber as diferenças entre amor e luxúria

A luxúria pode levar ao amor, mas eles não são a mesma coisa.

Celebridades

Anna Faris casou-se em segredo

A atriz e Michael Barrett namoram desde 2017.