@delfinacarmona

A população mundial tem vivido no último ano e meio uma pandemia que fez abater sobre todos nós algo inimaginável, com ondas de choque complexas, que só nos anos vindouros poderemos compreender a real dimensão e impacto na saúde. Temos disponíveis estudos robustos, com populações de variados países, incluindo do nosso, de culturas e contextos diversos, que apontam para sofrimento físico e mental importantes, quer pela infeção em si mesma e pelos efeitos duradouros em múltiplos órgãos (o long-covid), quer pelo precipitar de stress elevado, de perturbações de ansiedade e depressivas, de stress pós-traumático e do risco potencial de comportamentos de tipo aditivo, nomeadamente abuso de álcool, medicação não prescrita de tipo benzodiazepínico (os ditos “calmantes ou sedativos”) e substâncias ilícitas.

Todos nós ficamos mais ansiosos e stressados perante circunstâncias novas e extremas. Em excesso, a ansiedade passa de normal a patológica e pode trazer um sofrimento antecipatório desproporcional ou até sintomas físicos configurando uma perturbação de ansiedade (exemplos como dificuldade em adormecer pela preocupação, náuseas, tremores, suores, sensação de palpitações ou de nó na garganta) que, se mantidos no tempo e com impacto na nossa capacidade de funcionar no dia a dia, devem motivar a procura de ajuda profissional.

As populações mais vulneráveis têm sido identificadas como aquelas com menos recursos próprios, com menor margem de adaptação aos confinamentos e ao que estes espoletaram. Pessoas que sofreram mais perdas, tais como de emprego, económicas, sociais, que viveram lutos, por exemplo. Também todos aqueles com patologia psiquiátrica prévia de tipo depressivo. Os mais jovens na fase inicial da pandemia, pelo maior receio do futuro e pelas mudanças drásticas nos processos de socialização. As pessoas com quadros prévios de ansiedade e stress têm uma maior probabilidade destes se agravarem.

São, porém, os mais velhos os mais isolados, com menos suporte social, que foram privados de estímulos sociais e afetivos, de forma dramática e prolongada, confrontados com o risco pela sua vida e dos seus maridos e mulheres, dos seus amigos de idade semelhante, que ouviram relatos, de forma incessante por exposição maciça aos media, que eram, sobretudo, os da sua idade que iam morrendo nos hospitais.

São também os mais velhos que têm mais problemas de saúde, e que viram, em algumas ocasiões e na fase inicial da pandemia, as suas consultas e exames adiados; as suas fisioterapias canceladas; os tratamentos hospitalares suspensos. Os mais velhos que já tinham doença mental, que se viram com menor acesso aos cuidados de saúde, e que agora chegam piorados ou com diagnósticos novos, com sintomas de depressão e ansiedade graves, por vezes expressos de forma física, outras vezes com deterioração cognitiva que urge investigar e orientar. Mais do que nunca, com tempo para rastrear, para ouvir e perceber estes doentes, para diagnosticar e tratá-los com os melhores cuidados disponíveis, com respeito pela sua dignidade, na tentativa de lhes devolver saúde e autonomia, recuperar funcionalidade, sem esquecer algo tão profundamente humano como amparar o sofrimento dos lutos que foram somando.

A intervenção precoce médica especializada torna-se fundamental no sentido de se evitar complicações associadas a estas situações. É importante continuar a cuidar da saúde mental dos mais velhos.

Palavras-chave

Na ACTIVA apresentamos-lhe mulheres e ideias inspiradoras nas mais diversas áreas. Acompanhe-nos, deixe-se inspirar e leia já esta revista. ASSINE AQUI

Mais no portal

Mais Notícias

Software italiano usado para espiar iPhone e Android

Software italiano usado para espiar iPhone e Android

Boxes para correr apps em televisores mais antigos

Boxes para correr apps em televisores mais antigos

Espreitar o futuro

Espreitar o futuro

Trocar impressoras a laser para jato de tinta reduz 1,3 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano

Trocar impressoras a laser para jato de tinta reduz 1,3 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano

Daniela Melchior partilha fotografia ao lado de dupla em

Daniela Melchior partilha fotografia ao lado de dupla em "Velocidade Furiosa 10"

Doença Venosa Crónica: os 7 sintomas que não pode ignorar

Doença Venosa Crónica: os 7 sintomas que não pode ignorar

CARAS Decoração de junho: retiros naturais

CARAS Decoração de junho: retiros naturais

Maria Cerqueira Gomes faz sucesso com visual verde a que chama

Maria Cerqueira Gomes faz sucesso com visual verde a que chama "manjerico"

Raquel André: Uma Língua Portuguesa afiada

Raquel André: Uma Língua Portuguesa afiada

Guia prático para preparar o seu jardim (ou varanda!) para o verão

Guia prático para preparar o seu jardim (ou varanda!) para o verão

BMW i7: fomos conhecer o novo topo de gama a Munique

BMW i7: fomos conhecer o novo topo de gama a Munique

As noites algarvias mudaram! Conheça o Vilamoura Night Village

As noites algarvias mudaram! Conheça o Vilamoura Night Village

Oeiras EcoRally arranca sexta-feira com a participação da Exame Informática

Oeiras EcoRally arranca sexta-feira com a participação da Exame Informática

António Costa defende carros híbridos até 2040 para UE não perder apoio dos cidadãos

António Costa defende carros híbridos até 2040 para UE não perder apoio dos cidadãos

Não pode ser só o setor público a pagar proteção da costa - Mourinho Félix

Não pode ser só o setor público a pagar proteção da costa - Mourinho Félix

Dez vestidos em malha que vai querer comprar nos saldos

Dez vestidos em malha que vai querer comprar nos saldos

Fazer a nossa parte

Fazer a nossa parte

Lisboa depois dos turistas

Lisboa depois dos turistas

Namorada de longa data de Tom Mann morre na manhã do casamento

Namorada de longa data de Tom Mann morre na manhã do casamento

Os Cadernos da Minha Vida: mergulhar no processo criativo de Joana Vasconcelos

Os Cadernos da Minha Vida: mergulhar no processo criativo de Joana Vasconcelos

A incrível inteligência dos porcos

A incrível inteligência dos porcos

PRIMA ECO. Quatro mulheres empenhadas na causa sustentável

PRIMA ECO. Quatro mulheres empenhadas na causa sustentável

Motos elétricas Silence chegam (oficialmente) a Portugal

Motos elétricas Silence chegam (oficialmente) a Portugal

O vídeo de Carolina Carvalho a dançar nos bastidores minutos antes de entrar no palco com David Carreira

O vídeo de Carolina Carvalho a dançar nos bastidores minutos antes de entrar no palco com David Carreira

Máxima da Holanda deslumbra em vestido que estreou há 13 anos e joias do século XIX

Máxima da Holanda deslumbra em vestido que estreou há 13 anos e joias do século XIX

As figuras da PRIMA 16

As figuras da PRIMA 16

Quem resiste a estes saldos da Natura?

Quem resiste a estes saldos da Natura?

H.amo: uma nova forma de decoração da sua mesa inspirada nos padrões portugueses

H.amo: uma nova forma de decoração da sua mesa inspirada nos padrões portugueses

Na primeira pessoa:

Na primeira pessoa: "Não deixei de ser padre só porque me apaixonei"

Como Ventura “privatizou” o chega

Como Ventura “privatizou” o chega

Georgina Rodríguez revela novas fotos das férias com Cristiano Ronaldo e os filhos

Georgina Rodríguez revela novas fotos das férias com Cristiano Ronaldo e os filhos

Sara Matos encanta em visual cor-de-rosa total

Sara Matos encanta em visual cor-de-rosa total

Rainha Isabel II tem novo visual

Rainha Isabel II tem novo visual