@80svintagepulps

Simultaneamente alerta e repto, o tema deste Dia Internacional da Mulher veicula uma oportuna dinâmica de exigência e esperança.

Se, numa primeira leitura, o que mais se destaca é o motivo principal da celebração do dia – a defesa dos direitos das mulheres –, a reflexão sobre o mesmo conduz-nos a um horizonte mais amplo: a viabilização de um futuro para as novas gerações.

A sustentabilidade só acontecerá mediante a ultrapassagem do antropocentrismo em que estamos mergulhados. Pelas características que lhe são inerentes, a Mulher está especialmente posicionada para esta transformação. O abandono desinteressado do que é autorreferencial não lhe é estranho, acontece iterativamente no seu quotidiano.

Dividindo o par, felizmente em muitas nações, as tarefas domésticas, não é desajustado dizer que a Mulher continua a desempenhar o papel de curadora da casa, vigilante do bem-estar de todos. Por extensão, o cuidado e a estima pela “Casa Comum” granjeiam o seu interesse e empenho, no desejo de um planeta habitável para todos os seres vivos.

Um novo estilo de vida não se impõe por decreto, não acontece espontaneamente, alicerça-se na mimetização de pequenos gestos e de sábias escolhas. A ação pedagógica da Mulher, enquanto cidadã, profissional, mãe e decisora, é fundamental para uma revolução cultural que nos coloque na senda do sustentável. Quando abandona a lógica do descartável (não só em relação aos objetos), quando opta por um consumo racional, quando ensina o respeito pelos espaços e bens comuns, quando contribui para a preservação do ambiente, está a ser protagonista dessa mudança.

Por outro lado, instalada entre nós uma atmosfera de perplexidade e desalento, urgem redutos de confiança e de tenacidade. Também neste plano, a Mulher demonstra capacidade de reposicionar valores, fundear a esperança e imprimir um novo rumo ao curso dos dias. Sabe o que são longas esperas, conhece bem a função de incentivar, corrigir com firmeza e afeto.

Se no perímetro estritamente familiar esta ação geralmente não encontra entrave, outro tanto não acontece, ainda, no âmbito profissional ou na esfera social e política, onde a Mulher é preterida para postos de decisão ou áreas de intervenção de grande impacto. Fica, assim, excluída a oportunidade de imprimir o seu cunho de eficiente atenção a todos, de pugnar pela reabilitação dos recursos e por uma cultura do belo. Não tem possibilidade de intervir nas decisões que, em detrimento dos lucros financeiros – de uma minoria -, libertem o planeta e seus habitantes de tudo o que o sufoca e suja.

Acresce também salientar que nas regiões especialmente carenciadas e atingidas pelas consequências das alterações climáticas são as mulheres as “mais vulneráveis a esses impactos e constituem a maioria dos pobres do mundo; são mais dependentes dos recursos naturais” (in https://www.onumulheres.org.br/).

Por isso, é preciso lembrar que permanece necessário ampliar e intensificar as iniciativas de sustentabilidade já implementadas por mulheres, como a que acontece no Malawi, com plantação de feijão tolerante à seca.

É urgente não ceder à preguiça da perpetuação de um status quo em que apenas o que é próprio interessa ou se fica pela descomprometida defesa (virtual) da Terra.

Na medida em que atuarmos e formarmos no sentido da responsabilização, no horizonte de um dia-a-dia mais simples e numa visão de interesse global, estaremos a garantir que não se torne impossível a sobrevivência planetária.

Dia Internacional da Mulher será então muito mais do que apenas uma data…

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Na ACTIVA apresentamos-lhe mulheres e ideias inspiradoras nas mais diversas áreas. Acompanhe-nos, deixe-se inspirar e leia já esta revista. ASSINE AQUI

Mais no portal

Mais Notícias

PRIMA ECO. Quatro mulheres empenhadas na causa sustentável

PRIMA ECO. Quatro mulheres empenhadas na causa sustentável

A PRIMA gosta das cores de verão da Parfois, dos sabores frescos da Brigadeirando e da nova coleção da Joana Mota Capitão

A PRIMA gosta das cores de verão da Parfois, dos sabores frescos da Brigadeirando e da nova coleção da Joana Mota Capitão

Jéssica Biscaia, a menina que morreu em Setúbal, foi acompanhada durante dois anos pelo Tribunal de Família e Menores

Jéssica Biscaia, a menina que morreu em Setúbal, foi acompanhada durante dois anos pelo Tribunal de Família e Menores

Dolores Aveiro termina férias em família com fotos especiais

Dolores Aveiro termina férias em família com fotos especiais

Helena Isabel mudou de visual:

Helena Isabel mudou de visual: "O resultado não poderia ter sido melhor!"

"Casados à Primeira Vista": Saiba quais casais decidiram dar uma chance ao amor

Dor de costas: Os tratamentos mais eficazes

Dor de costas: Os tratamentos mais eficazes

Como o turismo espacial pode

Como o turismo espacial pode "estragar" o que já se recuperou da camada de ozono

O que é um Plano de Parto e porque não é igual a um Plano de Voo

O que é um Plano de Parto e porque não é igual a um Plano de Voo

CARAS Decoração de junho: retiros naturais

CARAS Decoração de junho: retiros naturais

O vestido perfeito para a praia e para uma saída à noite

O vestido perfeito para a praia e para uma saída à noite

Teste em vídeo ao DS 9 E-Tense

Teste em vídeo ao DS 9 E-Tense

Sente-se mais excitada à noite? Pode haver um motivo

Sente-se mais excitada à noite? Pode haver um motivo

Oeiras EcoRally arranca sexta-feira com a participação da Exame Informática

Oeiras EcoRally arranca sexta-feira com a participação da Exame Informática

Tecnologia Renault para os carros do futuro

Tecnologia Renault para os carros do futuro

Dez vestidos em malha que vai querer comprar nos saldos

Dez vestidos em malha que vai querer comprar nos saldos

Tendência: este verão as saias querem-se mini

Tendência: este verão as saias querem-se mini

Casa Dentro: uma viagem pela Arquitetura de Interiores com Cristina Santos e Silva

Casa Dentro: uma viagem pela Arquitetura de Interiores com Cristina Santos e Silva

Inspirações para relaxar

Inspirações para relaxar

Por que razão algumas pessoas estão sempre inchadas?

Por que razão algumas pessoas estão sempre inchadas?

Espreitar o futuro

Espreitar o futuro

Em

Em "Quero É Viver", Irene apanha Olga e Santiago na cama

“A inovação pode ser o motor da recuperação pós-pandemia”, defende António Campinos, Presidente do Instituto Europeu de Patentes

“A inovação pode ser o motor da recuperação pós-pandemia”, defende António Campinos, Presidente do Instituto Europeu de Patentes

Teste em vídeo ao DS 9 E-Tense

Teste em vídeo ao DS 9 E-Tense

Como os visuais de Jill Biden e Letizia passaram mensagens

Como os visuais de Jill Biden e Letizia passaram mensagens

Apple deverá anunciar mais de dez produtos novos ainda em 2022

Apple deverá anunciar mais de dez produtos novos ainda em 2022

Letizia recupera vestido de couro para presidir a entrega de prémios de sustentabilidade

Letizia recupera vestido de couro para presidir a entrega de prémios de sustentabilidade

Francisco e Sofia Garcia apresentam o filho mais novo às filhas

Francisco e Sofia Garcia apresentam o filho mais novo às filhas

Biólogo brasileiro avisa que oceano

Biólogo brasileiro avisa que oceano "está doente" porque "sociedade está doente"

Seca em Portugal não é conjuntural, mas estrutural

Seca em Portugal não é conjuntural, mas estrutural

JL 1348

JL 1348

Glamour no Baile da Flor

Glamour no Baile da Flor

Daniel Blaufuks na série PH

Daniel Blaufuks na série PH