@phylicianbenn

A dermatite atópica (DA) é a doença inflamatória crónica mais comum da infância, muito pruriginosa e que se caracteriza por fases de agravamento e de remissão. Uma denominação que provém do facto de algumas das doenças associadas serem do foro atópico como, por exemplo, a asma e a rinite, mas a sua abrangência é muito mais vasta.

A pele encontra-se permanentemente seca, a descamar e, durante as crises, devido à inflamação, fica vermelha. Às vezes, surgem pequenas bolhas que emitem um líquido. A localização desta inflamação varia com a idade, mas nos casos mais graves pode envolver quase toda a superfície da pele. Como a comichão é intensa, confunde-se com alergias da pele, mas, na verdade, não é uma alergia, embora possa ser um fator de risco para a alergia de contacto. No fundo, a comichão é uma espécie de dor, uma vez que os nervos que conduzem esta sensação são os mesmos que transmitem a sensação da dor.

Estima-se que a DA poderá prevalecer, respetivamente, em até 25% das crianças e 8% dos adultos, tendo-se observado um aumento do número de casos nos últimos anos, incluindo no idoso e, sobretudo, nos países mais desenvolvidos. Só na Europa, cerca de 3 milhões de pessoas sofrem desta doença.

A fisiopatologia da DA é complexa, resultando da interação de fatores genéticos (genoma), ambientais (exosoma), alterações da barreira cutânea e dos microrganismos que colonizam a pele (microbioma cutâneo) e da desregulação imunológica. Nos últimos anos, têm-se observado importantes avanços na sua compreensão, nomeadamente nos fatores subjacentes à debilidade da barreira cutânea, que torna a pele mais seca e vulnerável a várias agressões e no importante capítulo da desregulação imunológica.

Esta última, resulta de alterações a vários níveis, podendo existir até diferenças nas várias populações humanas, mas há uma que se destaca em todas as situações: a denominada resposta Th2. A ativação deste braço do nosso sistema imunológico resulta da participação de vários fatores, em que avulta o papel do eixo IL-4/13. Para além de induzir a inflamação, ativa recetores que existem nos nervos que conduzem a sensação da comichão, contribuindo assim para o terrível ciclo inflamação-comichão.

É certo que a maioria dos casos de DA são considerados ligeiros a moderados, mas há um grupo significativo de doentes, estimado em 10-15%, que sofre de formas moderadas a graves. Para além de crises mais frequentes e extensas, podendo envolver quase toda a pele, estas formas de DA distinguem-se das ligeiras pela presença de inflamação sistémica. Isto é,  não se limita apenas às áreas de pele afetadas, podendo ser demonstrada no próprio sangue.

É possível que esta inflamação sistémica contribua para as doenças associadas não atópicas, tais como as neuropsiquiátricas e, de forma mais controversa, as cardiovasculares. De facto, as alterações neuropsiquiátricas contribuem muito para a deterioração da qualidade de vida dos doentes. A ansiedade, depressão e risco de suicídio são mais frequentes nos doentes com DA. O impacto na imagem e autoestima é altamente estigmatizante, podendo levar ao isolamento social, à discriminação e a um maior risco de vitimização por bullying.

As importantes perturbações do sono têm impacto deletério na vida diária dos doentes e os seus cuidadores. Outras doenças associadas que podem ser graves são as infeções da pele, em parte resultantes da debilidade da barreira e das alterações do microbioma da pele; as doenças oculares, como a blefaroconjuntivite; e as alergias de contacto (“verdadeira” alergia da pele), que podem interferir com a vida profissional do doente, sobretudo quando envolvem as mãos.

Mercê, em grande medida, dos avanços na compreensão patofisiológica da DA, têm surgido novas classes de medicamentos que enriqueceram o armamentário já existente e há outros em desenvolvimento e estudo. Como a DA moderada a grave manifesta importante inflamação sistémica, o seu controlo para ser eficaz requer, precisamente, tratamento sistémico, isto é, com medicamentos administrados por via oral ou por injeções.

Até recentemente dispúnhamos dos denominados imunossupressores convencionais, os quais colocam alguns problemas de segurança a longo prazo, para além de muitos deles não disporem de licenciamento para uso em idade pediátrica. Mais recentemente, temos ao nosso dispor medicamentos que são mais específicos no seu mecanismo de ação, atuando, nomeadamente, no bloqueio do eixo IL4/13, tendo-se revelado eficazes e seguros, incluindo em crianças, nas quais, atualmente, só um deles se encontra licenciado nesta faixa etária.

Outros medicamentos de uso sistémico atuam na denominada via JAK-STAT, combatendo a inflamação, mas atualmente só estão licenciados no adulto. Estas diferentes classes de medicamentos têm um perfil de segurança e de monitorização analítica diferentes, pelo que a sua escolha é sempre individualizada e conforme as caraterísticas do doente e da doença. O tratamento sistémico não dispensa os cuidados gerais e o tratamento tópico, na pele, dos doentes com formas moderadas a graves de DA e, em alguns casos, há, até, reforço ou sinergismo do efeito terapêutico.

Por se tratar de uma doença crónica, com forte impacto na qualidade de vida dos doentes e dos seus cuidadores, como já referido, os doentes, à semelhança de outras doenças crónicas da pele, como a psoríase, têm procurado associar-se no sentido de, nomeadamente, sensibilizarem a população geral sobre as questões pertinentes, relativas ao sofrimento do doente com DA. Assim, com o apoio da ADERMAP, no âmbito do Dia Mundial da Dermatite Atópica, 14 de setembro, é lançada uma campanha de sensibilização que se denomina “Dá Garra à Tua Vida”. Que sejam bem-sucedidos nesse desiderato, a bem de todos os doentes, em particular os mais graves.

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Temperaturas acima dos 30 graus, poeiras e aumento do perigo de incêndio nos próximos dias

Temperaturas acima dos 30 graus, poeiras e aumento do perigo de incêndio nos próximos dias

Investigadora Luísa Magalhães ganha prémio da FLAD para estudar parasitas em ecossistemas marinhos

Investigadora Luísa Magalhães ganha prémio da FLAD para estudar parasitas em ecossistemas marinhos

Inteligência Artificial vs Direitos e Liberdades

Inteligência Artificial vs Direitos e Liberdades

Imobiliário: Preços de Lisboa ultrapassam os de Madrid, Barcelona e Milão

Imobiliário: Preços de Lisboa ultrapassam os de Madrid, Barcelona e Milão

A ousada coleção primavera-verão 2023 da Balmain apresentada na Semana da Moda de Paris

A ousada coleção primavera-verão 2023 da Balmain apresentada na Semana da Moda de Paris

João Mota: O temor do ator na hora do regresso

João Mota: O temor do ator na hora do regresso

Citroën apresenta Oli, um conceito automóvel “radical, responsável e otimista”

Citroën apresenta Oli, um conceito automóvel “radical, responsável e otimista”

“Cindy Sherman: Metamorfoses”, em Serralves: Uma encenação em 100 imagens e uma obra inédita

“Cindy Sherman: Metamorfoses”, em Serralves: Uma encenação em 100 imagens e uma obra inédita

Alojamento Local na Baixa lisboeta com diárias acima dos 300 euros

Alojamento Local na Baixa lisboeta com diárias acima dos 300 euros

"No Ocidente, creio que está a acontecer uma coisa muito grave, trocámos a razão pelos sentimentos. Agora 'sentimos': as focas, as baleias, os golfinhos, os touros, os sem-abrigo..."

Filipa Areosa exibe barriguinha em 'look' pérola

Filipa Areosa exibe barriguinha em 'look' pérola

Incompatibilidades de ministros devem cessar logo que há perceção

Incompatibilidades de ministros devem cessar logo que há perceção

As escolhas de moda que marcam a XXVI Gala dos Globos de Ouro

As escolhas de moda que marcam a XXVI Gala dos Globos de Ouro

Marcelo pede verdade sobre efeitos da guerra e que se equacione medidas excecionais

Marcelo pede verdade sobre efeitos da guerra e que se equacione medidas excecionais

Princesa Charlene do Mónaco assiste ao desfile da Akris na Semana da Moda em Paris

Princesa Charlene do Mónaco assiste ao desfile da Akris na Semana da Moda em Paris

Cinco coisas a não perder no 6º aniversário do MAAT - tudo grátis

Cinco coisas a não perder no 6º aniversário do MAAT - tudo grátis

Marina Mota sai da TVI e é a nova estrela da SIC

Marina Mota sai da TVI e é a nova estrela da SIC

A VISÃO Se7e desta semana – edição 1544

A VISÃO Se7e desta semana – edição 1544

Fato de Carolina Deslandes na Gala dos Globos de Ouro 'esconde' nomes especiais

Fato de Carolina Deslandes na Gala dos Globos de Ouro 'esconde' nomes especiais

Kim Kardashian paga 1,26 milhões de dólares por ter promovido, de forma ilegal, criptomoeda

Kim Kardashian paga 1,26 milhões de dólares por ter promovido, de forma ilegal, criptomoeda

Livros: as sugestões de outubro da VISÃO Júnior

Livros: as sugestões de outubro da VISÃO Júnior

Meta lança ferramentas com Inteligência Artificial que facilitam alternar entre chips Nvidia e AMD

Meta lança ferramentas com Inteligência Artificial que facilitam alternar entre chips Nvidia e AMD

A PRIMA gosta dos pratos da Casa Davolta, dos novos modelos Hunter e do regresso do Chefs on Fire

A PRIMA gosta dos pratos da Casa Davolta, dos novos modelos Hunter e do regresso do Chefs on Fire

Ministro do Ambiente diz que é preciso aproveitar mais águas residuais

Ministro do Ambiente diz que é preciso aproveitar mais águas residuais

Quem foi Alfred Nobel?

Quem foi Alfred Nobel?

Grohe abriu primeiro showroom em Portugal

Grohe abriu primeiro showroom em Portugal

TVI chama Cristina Ferreira para derrotar a SIC em dia de aniversário

TVI chama Cristina Ferreira para derrotar a SIC em dia de aniversário

Que sondagens venceu Bolsonaro?

Que sondagens venceu Bolsonaro?

Reis Carlos III e Camilla posam ao lado dos príncipes de Gales em fotografia oficial com detalhe invulgar

Reis Carlos III e Camilla posam ao lado dos príncipes de Gales em fotografia oficial com detalhe invulgar

Viver numa economia (de) seca na capa da EXAME de outubro

Viver numa economia (de) seca na capa da EXAME de outubro

O Senhor Gonçalo M. Tavares

O Senhor Gonçalo M. Tavares

Transforma-te num morcego assustador

Transforma-te num morcego assustador

As figuras da PRIMA 17

As figuras da PRIMA 17

Do planeta imaginário para a terra real

Do planeta imaginário para a terra real

Polestar 2 em teste:

Polestar 2 em teste: "OK Google, o que achas deste carro?"

Dez sugestões de sutiãs em renda

Dez sugestões de sutiãs em renda

ESG Talks: Debater finanças sustentáveis e ecofundos a 12 de Outubro

ESG Talks: Debater finanças sustentáveis e ecofundos a 12 de Outubro

Segurança rodoviária: carro autónomo vs supercondutor virtual

Segurança rodoviária: carro autónomo vs supercondutor virtual

Festival Books & Movies homenageia Gonçalo M. Tavares em Alcobaça

Festival Books & Movies homenageia Gonçalo M. Tavares em Alcobaça

Casa Dentro: Não perca, dia 6 de outubro, a conversa com Vítor Sobral

Casa Dentro: Não perca, dia 6 de outubro, a conversa com Vítor Sobral

Homeing está de volta com as tendências em design de interiores

Homeing está de volta com as tendências em design de interiores

Artes e Ofícios: esta semana todos os caminhos vão dar a Oeiras

Artes e Ofícios: esta semana todos os caminhos vão dar a Oeiras