activa

Perfil

Estilo de Vida

Restaurante da semana: Pão à mesa? Com certeza

Para descobrir no Príncipe Real.

Sofia Martinho

Mario Cerdeira

Mal nos sentamos, na parede em frente à nossa mesa, chama-nos o olhar uma frase atribuída a Fernanda Pessoa: “O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.”

Parece apropriada para este bistrô em Lisboa que aposta na sofisticação dos sabores, numa cozinha liderada pelo jovem (e talentoso) chef José Lopes que, caso fosse preciso chamar os pergaminhos para justificar estar à frente de um cozinha, conta o currículo com seis anos a trabalhar com Joachim Koerper, no Eleven, como chef residente. Aqui, neste espaço urbano e casual, em que as madeiras dão a cor e tecem um ambiente que convida à conversa, a cozinha é sua e não se inibiu de dar largas à imaginação, promovendo experiências gastronómicas em que a 'intensidade' (como diz a frase) é dona e senhora.

O menu convida a ser partilhado e divide-se em 'peticos' e pratos principais. Entre os primeiros, é muita a possibilidade de escolha, desde a tábua de queijos, aos Gnoccis de beterraba ou o caril vegetariano, para quem dispensa a carne ou o peixe, ao delicioso Carapau e Citrinos (carapau curado e braseado, citrino da época, puré de cenoura e dashi de carapau) ou ao Camarão com migas (Migas de camarão, salado de funcho e molho bisque) que também surge na versão Feijoada (puré de feijoada, folha de arroz crocante e esferas de farinheira), passando pela Bochecha de porco, raviolis de camarão e couve-flor.

Nos pratos (que também pode dividir), a aposta é nos sabores clássicos 'apimentados' pela inspiração do chef. Destaque para o Bacalhau e Cozido à Portuguesa ( «bacalhau em sous vide, esmagado de batata e couve lombarda com o cozido) ou o Arroz de Pato Pão *a Mesa (arroz cremoso, magret ao ponto, telha de parmesão e demi-glace de pato) ou o Jarret de Vitela (jarret de vitela 36 horas, puré de batata fumado e cogumelos salteados).

Para terminar, nas sobremesas encontra a tradicional Torta de Laranja do Algarve e Maracujá, servida com crumble de amêndoa e gelado de maracujá, a "Tarte” de Fruta da época e gengibre, numa “desconstrução” da tarte merengada com fruta selecionada diariamente e gelado de maracujá, o Pudim de Abade de Priscos e citrinos e a mousse de chocolate com "cheirinho".

Bem, deixámos o pão para o fim, mas não foi por acaso. Trata-se de pão de fermentação natural e é servido no couvert com manteiga caseira e infusão de azeite. E acredite: vai lá ficar pela mesa para ir 'petiscando' durante toda a refeição.

Para reservas: https://paoamesa.com/

Morada: R. Dom Pedro V 44, 1250-094 Lisboa