activa

Perfil

Estilo de Vida

Basta mudar estes 4 hábitos para ajudar muito na preservação dos mares

Não vai acreditar em como é fácil fazer a diferença!

Activa.pt

Há quem diga que pequenos gestos podem salvar o planeta. Mas a diferença só se nota quando, para além de falar, passamos a fazer. Foi com este objetivo que a fundação La Mer Blue Heart promoveu uma limpeza na praia do Guincho, em Cascais. Organizado por Débora Montenegro, manequim e cara da marca em Portugal, a manhã na praia mostrou que basta mudar alguns hábitos simples no dia-a-dia para ajudar a proteger os mares.

Para Débora esta é mais uma das ações que fazem parte da sua rotina. “Já não como carne há um tempo, deixei de usar o plástico, palhinhas muito menos”, conta a manequim, que se diz bastante preocupada com o futuro do planeta.

A iniciativa foi uma parceria com o Movimento Claro. A organização não governamental surgiu há um ano e foi criada por “três amigas que praticam o surf e estavam fartas de encontrar palhinhas e beatas na areia da praia”. As palavras são de Carolina Gonçalves, uma das representantes do movimento que participou da limpeza na praia do Guincho. “Limpezas não resolvem um problema. Basicamente, é o contato direto que as pessoas têm com o lixo, que é a única maneira de perceber o que que efetivamente acaba na praia”, explica Carolina.

O areal da praia do Guincho visto do alto é uma paisagem digna de um postal. A areia branca e fina contrasta com os vários tons do azul do mar. Mas é preciso chegar muito perto para perceber que a praia não está assim tão limpa. No meio da areia encontram-se microplásticos que se partem e se soltam de peças maiores. O perigo é real. Os pedaços tão pequenos, menores que 5 milímetros, acabam sendo ingeridos por peixes, e entram automaticamente na nossa cadeia alimentar. Por isso a importância de mudar hábitos para evitar que estes microplásticos cheguem à areia da praia.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!