Ashley Graham foi mãe pela primeira vez no passado dia 18 de janeiro, cerca de uma semana depois da data prevista para o parto. Entretanto, a modelo apresentou o filho recém-nascido aos fãs no seu podcast, “Pretty Big Deal”, ao lado do marido, o produtor Justin Erving.

Além de revelar o nome escolhido para o primogénito,  Isaac Menelik Giovanni Ervin, o casal entrou em detalhes sobre o momento em que o menino veio ao mundo. Graham partilhou que optou por um parto natural no seu apartamento em Brooklyn, Nova Iorque, porque queria ter mais controlo sobre a situação.

“Se eu tivesse dado luz num hospital, penso que a minha ansiedade iria disparar. Mas como estava aqui, com um ambiente a meia-luz, era um ambiente descontraído. Podia comer o que queria, ir para a cama ou estar na piscina.”

Tudo começou às cinco da manhã, quando a estrela sentiu as primeiras contrações. Determinada a seguir com o seu dia como já tinha planeado, só acordou o marido algumas horas depois para que ele terminasse os preparativos em casa para o grande momento.

Os dois foram tomar o pequeno-almoço fora, sendo que Ashley conseguiu desfrutar de algumas panquecas entre as contrações, antes de regressarem a casa para fazerem uma aula de ioga.

Quinze minutos depois de Graham e Erving terem começado a fazer exercício, as águas rebentaram. As parteiras e a doula, uma mulher que dá apoio e formação à gestante durante a gravidez, chegaram pouco depois para assistir a modelo, que esteve em trabalho de parto durante seis horas até, finalmente, dar à luz.

“Ver-te com lágrimas nos olhos e a dizer ‘Consigo ver a cabeça dele’ deu-me tanta força para simplesmente pô-lo cá fora, e estava mesmo a precisar disso,” disse Ashley ao marido. 

Graham não conseguiu esconder a emoção ao falar do momento em que conheceram o filho.

“Literalmente, um momento depois, sentámo-nos. Ele estava no meu peito, a olhar-te nos olhos… e eu disse-te ‘Agora somos uma família para sempre.'”

A estrela revelou que toda a experiência a deixou mais confiante do que nunca e espera não só celebrar, como também inspirar outras mulheres com a sua história.

“Agora que dei à luz e que o fiz de forma natural, sinto que não há nada que não consiga fazer,” afirmou. “Não há nada que possa surgir e que me faça pensar ‘É demasiado difícil. Não consigo lidar com isso’. Passei por um trabalho de parto natural de seis horas.”

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Lifestyle

Ainda não sabe o que oferecer ao seu amigo secreto? Confira estas 10 ideias

Que não ultrapassam os 15 euros.

Celebridades

Em texto emotivo, Meghan revela ter sofrido um aborto

A mulher de Harry estaria grávida do segundo filho.

Moda

Perdemos a cabeça com estes descontos da Mango

E selecionámos os nossos favoritos.

Beleza e Saúde

Aproveite a Black Friday para dar uma nova vida à sua pele

Mime-se com estas sugestões.

Comportamento

Está na hora de "Dizer Não"

Conheça a campanha que assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres.

Celebridades

Christina Perri perde a filha no terceiro trimestre da gravidez

Após anunciar que poderia ter de antecipar o parto.

Lifestyle

A astrologia parece ter uma explicação para os assassinos em série

E tem tudo a ver com um planeta.

Beleza e Saúde

Escócia torna-se o primeiro país do mundo a tornar produtos menstruais gratuitos

A medida foi aprovada sem votos contra ou abstenção.

Lifestyle

Nunca é tarde para organizar a vida financeira. Saiba por onde começar

Elas vão fazer toda a diferença! Conheça-as no novo episódio da rubrica Finanças de A a Z.

Lifestyle

Livro da semana: "A Odisseia de Baldassare" mostra como caminho pode ser mais importante que o destino

Um livro de Amin Maalouf, publicado pela Marcador.