Oprah Winfrey com o companheiro, Stedman Graham, em 1998

A relação de Oprah Winfrey com Stedman Graham já dura há mais de 30 anos e, apesar de a sua família incluir três cães adoráveis, o casal escolheu não ter filhos. “Escolheu” é a palavra-chave, porque a apresentadora diz que a decisão é fruto de muita reflexão.

Quando o casal anunciou o seu noivado em 1992 – o casamento nunca chegou a acontecer, também por opção -, Winfrey considerou a maternidade. “A determinada altura, em Chicago, comprei mais um apartamento, porque pensei ‘Bom, se nos casarmos, vou precisar de espaço para crianças'”, contou à revista “People” em outubro de 2019.

Embora esse pensamento nunca se tenha concretizado, a estrela viu “a profundidade da responsabilidade e do sacrifício que é realmente necessária para ser mãe” durante os seus 25 anos como anfitriã do “The Oprah Winfrey Show”.

“Apercebi-me: ‘Uau, estou a falar com muitas pessoas perturbadas, e elas são perturbadas porque tiveram mães e pais que não tinham consciência de quão sério esse trabalho é'”, explicou. “Eu não tinha a capacidade de compartimentalizar da mesma forma que vejo outras mulheres a fazerem-no. É por isso que, ao longo dos anos, sempre tive a maior consideração pelas mulheres que escolheram ficar em casa com os filhos. Ninguém lhes dá o crédito que elas merecem”.

Infância roubada

Oprah ultrapassou várias adversidades, que começaram logo na infância. Quando tinha nove anos, foi violada por um primo e passou por esse trauma novamente, às mãos de outros dois membros da família. Aos 13 anos, após vários anos de abusos sexuais, decidiu fugir de casa e aos 14 descobriu que estava grávida.

“A cada mês que passava, eu estava a ficar maior e percebi que algo estava a acontecer-me”, contou ao Now to Love. “Perguntei a algumas colegas. Literalmente, tive de procurar ‘quanto tempo dura a gravidez?’ Ok, nove meses, e depois acho que tenho de cometer suicídio'”, recordou sobre a gestação que tentou esconder, porque sentia “dor e vergonha”.

A então adolescente entrou em trabalho de parto e teve um menino prematuro, que morreu pouco tempo depois. “Na altura, não me ocorreu dar-lhe um nome”, explicou à plataforma. Passados muitos anos, decidiu batizar o filho. “Escolhi Canaan porque significa ‘nova terra, nova vida'”, partilhou com o público durante uma digressão na Austrália em 2015.

Apesar do à-vontade com que fala deste capítulo triste, tecnicamente, Winfrey foi coagida a falar publicamente sobre ele. Isto porque a sua meia-irmã vendeu a história ao “National Enquire” em 1990 por 17 mil dólares.

“Mama O”

Já na vida adulta, Winfrey acabou por experienciar a maternidade… mas de outra forma. Os vários anos no papel de mentora das alunas de uma escola que fundou no continente africano têm sido tão grafiticantes que, segundo a própria, “aquelas meninas preenchem o lado maternal que, talvez, viesse a ter”.

“Acredito que parte do motivo pelo qual não tenho arrependimentos é porque pude sentir-me realizada da forma que foi melhor para mim: a Oprah Winfrey Leadership Academy for Girls, na África do Sul”.

Foi numa viagem àquele país em 2000, mais especificamente durante uma conversa com Nelson Mandela, que surgiu a inspiração para este sonho. A instituição de ensino abriu portas sete anos depois, com o objetivo de proporcionar o acesso à educação de alto nível a meninas marginalizadas, apesar das suas circunstâncias.  O colégio interno (exclusivo para discentes do sexo feminino) é frequentado por centenas de alunas, do 8º ao 12º ano.

“A minha esperança é que eu possa dar-lhes uma oportunidade de verem o seu melhor refletido através de uma mente aberta, de um coração aberto, para o que for possível”, disse a empresária à publicação “Variety” em 2017.

Sabe-se que Winfrey é muito mais do que uma fundadora e mentora. As estudantes chamam-lhe “Mama O” (“Mamã O, em tradução livre) e faz questão de continuar a acompanhar os seus respetivos percursos depois de deixarem a academia.

Um exemplo recente disso aconteceu em 2019, após o noivado de uma ex-aluna. De acordo com o “Daily Mail”, a apresentadora levou três das “suas meninas” até Beverly Hills para um dia de compras numa loja de luxo, tendo oferecido um vestido avaliado em 10 mil dólares à noiva. 

“Conheço estas miúdas desde que tinham 12 e 13 anos, e frequentavam a minha escola. Licenciaram-se. Fizeram pós-graduações. Agora, o nosso primeiro casamento. Estamos à procura do vestido perfeito”, diz a legenda de uma publicação sobre esse dia. 

Uma vida preenchida

Aos 66 anos, Oprah Winfrey não é casada, não tem filhos e, acima de tudo, não tem arrependimentos. A estrela transformou uma infância dura, marcada pela pobreza extrema e por abusos sexuais, num império multimilionário e dedicou parte da sua vida a proporcionar oportunidades a outras meninas que, tal como ela, têm potencial para mudar o mundo, independentemente das origens humildes.

“Tenho 172 meninas, e 20 estão na universidade nos Estados Unidos e usam a minha casa como a sua morada base. É mais gratificante do que alguma vez poderia ter imaginado. Eu estava a fazê-lo para ajudá-las, mas trouxe uma luz inexplicável à minha vida, “disse ao “Good Housekeeping UK” em 2017. “O amor não conhece barreiras. Não importa se uma criança veio do nosso ventre ou se a encontrámos aos 2, 10 ou 20 anos. Se o amor for real, o carinho for puro e vier de um lugar bom, funciona”.

Palavras-chave

Relacionados

Vídeos

O próximo voo de Isabel Silva: "Sempre tive uma veia de empreendedora"

A apresentadora acaba de lançar um projeto editorial e fala-nos sobre o facto de estar a sentir-se cada vez mais confortável no papel de empresária.

Vídeos

Como Kady encontrou a sua voz e passou a usá-la para empoderar outras mulheres

"FLAN" é o nome do novo single da artista. Um tema afrosoul que vive das misturas de ritmos africanos com influência do Soul e R&B norte-americanos.

Inspirações

Nyakim Gatwech: A modelo sul-sudanesa que entrou no Guinness por ter a pele mais escura do mundo

Nyakim Gatwech fez daquilo que os outros viam como uma desvantagem o seu cartão de visita.

Mais no portal

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: os alimentos e o Feng Shui

Entenda esta relação, que pode ajudar-nos a entender quais os tipos de alimentos que devemos privilegiar.

Moda

Este truque de styling é uma arma secreta para parecer mais alta

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, partilho um segredo simples que alonga as pernas de uma forma natural.

Lifestyle

ACTIVA de outubro: olhar para dentro

Já nas bancas.

Beleza e Saúde

7 sinais que podem indicar que já esteve infetado com covid-19

Sabe identificar os avisos que o seu organismo lhe dá?

Lifestyle

Experimentei um pequeno-almoço com menos de 200 calorias

Três ingredientes fazem desta uma receita saborosa e muito fácil de preparar (até no microondas).

Celebridades

Será que já nasceu a bebé de Gigi Hadid?

Eis os motivos que têm feito os fãs acreditar que sim.

Celebridades

Júlia Palha mostra como o soutien certo pode elevar a autoestima

A embaixadora da Intimissimi revela como escolhe soutiens, qual a sua peça preferida e como usar uma lingerie para deixar um visual sensual e divertido

Moda

10 malas à prova de chuva

Quando a meteorologia é incerta, há que fazer escolhas seguras.

Celebridades

Michelle Obama lembra quando o irmão foi acusado de roubar a própria bicicleta

O incidente ocorreu com dois agentes da polícia de Chicago.

Celebridades

A surpreendente origem do nome "Beyoncé"

A mãe da artista revelou um facto inesperado acerca da filha.

Celebridades

Cardi B e Offset vão divorciar-se

Foi a artista quem avançou com os documentos.

Beleza e Saúde

As três grandes tendências de cabelos para as estações mais frias

A Schwarzkopf Professional lança uma nova coleção para reiventar os seus fios.