polvo.JPG

Há gente que tem o seu quê de polvo. Estende os braços (curiosidade: as lulas é que têm tentáculos; polvos têm braços) a distâncias inimagináveis, é capaz de alcançar e enrolar coisas que ninguém imagina para o que lhe dá jeito  – ou para furar bolos – e tem o condão de largar tinta preta, que deixa o ambiente pesado num raio de quilómetros. Estes polvos de duas pernas carregam atrás de si uma nuvem negra e como não são felizes (não sei se os polvos verdadeiros são felizes, mas viver com medo  de acabar à lagareiro, num soberbo arroz ou em salada é para deixar qualquer um deprimido) inventam o que for preciso para deixar os outros no mesmo estado. Entre as pessoas polvo e os polvos a sério existem algumas diferenças:


– Polvos verdadeiros são caladinhos, ninguém os ouve…já as pessoas polvo falam muito, muito, muito. Para o que não devem: o mexerico, a provocação, a graxa, a calúnia, o insulto, ou mesmo para o que não lhes convém. Se for preciso usam um braço para agarrar um telemóvel, outro para mandar SMS num segundo aparelho, outro para abrir quantas janelas de chat haja com gente disponível para lhes ouvir as queixas e a peçonha, e mais um para abrir a janela e insultar quem passa na rua. Polvos têm oito braços, pessoas polvo têm oito bocas. Não sabem guardar um segredo, privacidade não lhes diz nada e até contra si próprias são traiçoeiras, porque muitas bocas a falar ao mesmo tempo…todos sabemos que dá asneira. E algumas pessoas polvo falam alto – um luxo a que os polvos não se podem dar, para não serem descobertos.
– Polvos verdadeiros só largam tinta em legítima defesa. Pessoas polvo conspurcam tudo porque sim, pelo mero prazer de contagiar quem está ou de sabotar a felicidade alheia.


Por fim, a semelhança:
– Polvos verdadeiros são moles, pessoas polvo também…deixam-se levar por tudo o que lhes digam (e que por sua vez, transportam para despejar noutra parte) desde que quem fala lhes dê atenção e aplauda. Essa é outra coisa que as pessoas polvo adoram: aplaudir quem lhes possa potencialmente interessar para “lhes dar o tentáculo” (nem que detestem o orador em causa) e ser aplaudidas, de preferência por outros polvos, que é para as palmas serem muitas. 
Felizmente eu, que até sou apreciadora deste molusco, tenho o bom senso de evitar as pessoas polvo. Contra estas, é uma pena que não se possa, sem mais aquelas, invocar Chtullu, o polvo-mor da mitologia de Lovecraft: tínhamos o caos e a destruição por uns dias, mas ao menos o mundo ficava limpo. Cthulhu R’lyeh! (Tentar não custa…)

Autoria: Imperatriz Sissi

CLIQUE PARA VISITAR O BLOGUE

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Quem trabalha na televisão?

Quem trabalha na televisão?

Ministro da Saúde garante que nenhuma maternidade vai ser fechada

Ministro da Saúde garante que nenhuma maternidade vai ser fechada

M.Ou.Co, no Porto: Um hotel embalado pela música

M.Ou.Co, no Porto: Um hotel embalado pela música

Uma vénia ao ovo

Uma vénia ao ovo

Arcaico: Estas conservas portuguesas são 100% artesanais

Arcaico: Estas conservas portuguesas são 100% artesanais

Cancro do ovário:

Cancro do ovário: "Eu aceitei muito bem, mas há quem sofra muito. Foram os meus filhos que me raparam o cabelo, com 10 e 15 anos"

CARAS Decoração de fevereiro: conforto é o novo luxo

CARAS Decoração de fevereiro: conforto é o novo luxo

Catarina Furtado despediu-se dos cabelos compridos

Catarina Furtado despediu-se dos cabelos compridos

Crianças esqueléticas, mulheres traumatizadas, homens desesperados como se estivessem a viver em campos de concentração nazis. O holocausto ianomâmi no Brasil

Crianças esqueléticas, mulheres traumatizadas, homens desesperados como se estivessem a viver em campos de concentração nazis. O holocausto ianomâmi no Brasil

IRA: Os métodos, as polémicas e as suspeitas dos defensores radicais dos animais

IRA: Os métodos, as polémicas e as suspeitas dos defensores radicais dos animais

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Georgina vai às compras

Georgina vai às compras

Homem do Leme: Anna

Homem do Leme: Anna

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Escritórios: Quando trabalhar em casa é um prazer

Escritórios: Quando trabalhar em casa é um prazer

Bacia do Barlavento algarvio continua com quantidade de água abaixo da média

Bacia do Barlavento algarvio continua com quantidade de água abaixo da média

SNS realizou em 2022 o maior número de sempre de cirurgias oncológicas

SNS realizou em 2022 o maior número de sempre de cirurgias oncológicas

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

Perímetro abdominal: Mario Kart de Super Nintendo World não é para todos

Perímetro abdominal: Mario Kart de Super Nintendo World não é para todos

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

A primeira foto de Carolina Carvalho após dar à luz

A primeira foto de Carolina Carvalho após dar à luz

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Moda: Esquiar com estilo

Moda: Esquiar com estilo

Paixão pela tauromaquia leva Victoria Federica de Marichalar a receber prémio:

Paixão pela tauromaquia leva Victoria Federica de Marichalar a receber prémio: "É uma bonita herança que recebi da minha família"

Mamma mia! 12 novos restaurantes italianos de Lisboa e Porto

Mamma mia! 12 novos restaurantes italianos de Lisboa e Porto

iServices lança campanha de reparações com o mote do dia de São Valentim

iServices lança campanha de reparações com o mote do dia de São Valentim

Mostramos tudo com estas 20 peças transparentes

Mostramos tudo com estas 20 peças transparentes

Cartazes de apelo ao voto

Cartazes de apelo ao voto

Portugal em EXAME: Venha discutir a economia, a 16 de Fevereiro

Portugal em EXAME: Venha discutir a economia, a 16 de Fevereiro

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

As imagens do lançamento do perfume de Pedro Teixeira,

As imagens do lançamento do perfume de Pedro Teixeira, "Arbitrage"

APA diz que empresa tem 6 meses para reformular projeto da mina de lítio em Montalegre

APA diz que empresa tem 6 meses para reformular projeto da mina de lítio em Montalegre

Tamara Falcó fala sobre os rumores de gravidez

Tamara Falcó fala sobre os rumores de gravidez

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

Em “Flor Sem Tempo”: Catarina e os irmãos choram a morte da mãe

Em “Flor Sem Tempo”: Catarina e os irmãos choram a morte da mãe

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

Cabaz de bens alimentares essenciais custa 30% do salário mínimo

Cabaz de bens alimentares essenciais custa 30% do salário mínimo

Sete ideias para fazer este fim de semana, em Lisboa

Sete ideias para fazer este fim de semana, em Lisboa