Métodos de poupança para tempo de crise

Embora a conjuntura económica não facilite a poupança, para precaver imprevistos é essencial ter uma ‘bolsa de ar’ à qual recorrer. Falámos com Pedro Queiroga Carrilho, fundador e diretor da Kash, Finanças Pessoais, e autor de vários livros, entre os quais; ‘Descubra o Milionário que Há em Si’, que nos diz algumas regras de ouro para fazer crescer o seu dinheiro.

Controle as entradas e saídas de dinheiro

Numa primeira fase, saiba quanto gasta por mês em cada despesa (alimentação, transportes…). Faça uma lista de despesas por categorias e vá registando cada pagamento, para depois saber o montante a destinar a cada categoria. "Pode assinalar os gastos num bloco ou guardar todos os recibos e no final da semana (ou mês) some tudo", aconselha Carrilho.

Reorganize orçamentos

"No momento em que recebe o salário, é imprescindível saber quanto dinheiro irá disponibilizar para cada uma das despesas." Planeie quanto precisa para o mês e faça o mesmo tipo de orçamento anual. "Deve saber quanto precisa para as despesas anuais, contando com férias, seguros ou outro projeto a concretizar."

Pague-se a si primeiro

O objetivo é poupar logo no início do mês. "Ao tirar parte do ordenado para um ‘cesto de poupança’, estará a ‘pagar a si primeiro’. "Imagina-se sem trabalhar durante três meses e a conseguir garantir as habituais despesas?", questiona o especialista. "Isto só se consegue poupando. O mínimo recomendado é 10% do ordenado, porém, os mais bem-sucedidos financeiramente poupam 20%. Valor que se for multiplicado (num investimento, por ex.) permitirá uma ‘bolsa de ar’ para alimentar os seus sonhos."

Destine o dinheiro a ativos que lhe interessem

Depois de poupar, aloque o dinheiro num mecanismo de poupança. Pedro lança uma provocação: "Desafio a leitora a poupar mais. Não consegue? Então, só tem uma alternativa: ganhar mais. Seja empreendedora, diversifique rendimentos e produza riqueza. Pense em formas de ganhar mais, por meio de rendimentos ativos (trabalho dependente, onde executa mais para ganhar mais) ou rendimentos residuais (trabalha durante um período, mas esse rendimento multiplica-se. Ex: negócio de marketing em rede)."

Alinhe o dinheiro com os seus objetivos

"Faça uma lista com os seus sonhos para saber quanto capital precisa para os concretizar." É essencial para canalizar o dinheiro para aquilo que gosta.

Procure a independência financeira

Existem casais para quem o casamento é a partilha de tudo (rendimentos/ /despesas). Mas "uma boa prática é cada um ter o seu dinheiro e depois criarem uma conta para as despesas do casal. Se existirem discrepâncias salariais entre os dois, o ideal será contribuírem na proporção em que ganham", diz o especialista.

Palavras-chave

Relacionados

Lifestyle

Casa: comprar ou arrendar?

Um especialista da Deco descodifica-nos o mercado imobiliário, fala das vantagens de cada opção e o que ter em conta antes de se decidir.

Lifestyle

IRS: toda a verdade

Em ano de crise, como receber mais e pagar menos? é o que toda a gente quer saber.

Lifestyle

Truques para economizar no dia-a-dia

Pensar bem antes de comprar e controlar os seus cartões de crédito, são algumas das ferramentas ao seu dispor para que as suas finanças não descarrilem...

Lifestyle

Faça contas à vida e SAIBA COMO POUPAR

Chegar ao fim do mês sem gastar o orçamento doméstico até ao último cêntimo é mais simples do que pode parecer à primeira vista. Basta apenas manter debaixo de olho algumas despesas e eliminar os gastos supérfluos que até nem lhe dão assim tanto gozo.

Lifestyle

Dicas muito úteis para conseguir que o seu dinheiro 'estique'

É em tempos de crise que surgem as grandes soluções. Siga as nossas ideias para cortar nas suas principais despesas, dos gastos energéticos às compras, e viver melhor com menos

Lifestyle

Poupe na gasolina a ateste a sua carteira

Andar mais quilómetros de automóvel e gastar menos dinheiro… é o desejo de qualquer condutora. Saiba como poupar combustível seguindo algumas regras básicas.

Lifestyle

A cada país sua gorjeta

Sabia que deixar gratificação num restaurante em Budapeste é sinal de má educação? Em férias, acabe com as suas dúvidas sobre se deve (ou não) deixar gorjeta e quanto é aceitável.

Mais no portal

Diz Quem Sabe

Resiliência: a habilidade que nos permite resistir e reconstruir-nos

Um artigo de opinião assinado pela coach Lúcia Palma sobre a importância da resiliência e como construí-la.

Celebridades

Shia LaBeouf proibiu FKA Twigs de manter contacto visual com outros homens

A cantora relatou alguns momentos "desesperantes" da relação.

#VozActiva

Joana Seixas: "Tenho a certeza de que vou acabar a viver no campo"

Joana Seixas, a protagonista da ACTIVA de fevereiro, abre o coração sobre a relação que tem com a natureza no #VozActiva deste mês.

Celebridades

As histórias de oito celebridades que já foram sem-abrigo

Antes de terem a sua primeira grande oportunidade, estes famosos chegaram a não ter onde viver.

Saúde

Os cuidados a ter com os animais de estimação durante a pandemia

Estas medidas assegurem a saúde e o bem-estar de toda a família neste período de confinamento.

Beleza

Cabelos encaracolados: esta escova está a tornar-se viral

Veja por si mesma.

Comportamento

5 brinquedos sexuais para aproveitar este São Valentim sem limites

Para casais, solteiros, ou simplesmente para deixar um amigo feliz.

Moda

Katie Holmes, Gigi Hadid e Alexa Chung adoram estes sapatos

Estas são apenas algumas das celebridades que estão rendidas a este modelo prático e confortável.

Moda

A tendência denim que vamos ver por todo o lado

Seja para uma sessão de fotografias em casa ou para ir trabalhar, se for o caso, atente nesta nova moda.

Saúde

Afinal, o sushi é ou não saudável?

O enigma resolvido, segundo alguns especialistas.

Comportamento

Afinal o que é uma vida sexual normal?

Especialistas analisaram o assunto e apresentam conclusões.

Diz Quem Sabe

Dicas úteis para um confinamento mais tranquilo com crianças em casa

Aqui ficam algumas sugestões da Dra. Carla Chambel, especialista em imunoalergologia, para tornar este tempo conturbado mais fácil para todos.