Cinco mulheres

Goodshoot

Portugal é um dos países com mais desigualdades sociais entre homens e mulheres, posicionando-se em 51º lugar entre 136 países, no ranking anual elaborado pelo Fórum Ecómico Mundial. É também o 11º país com piores resultados a este nível, dentro da União Europeia.

Desde 2006 que a posição portuguesa no ranking tem vindo a cair progressivamente – de um 33º lugar, em 2006, para 47º em 2012. Para além deste facto, os registos afirmam as desigualdades sociais, em termos gerais, têm vindo a aumentar também em Portugal. O relatório culpabiliza a descida de rendimentos salariais que se faz sentir em todo o país.

A nível mundial, a desigualdade entre os sexos tem vindo a ser mais notória, a nível económico e da participação das mulheres na vida política. A evolução tem sido lenta e estas diferenças entre géneros são, em grande parte, responsáveis pelo atraso da maioria dos países. A América Latina e as Caraíbas destacaram-se positivamente, pois a desigualdade desceu quase 70%.

Apesar de ter havido uma melhoria gera,l o documento salienta que “tanto nos países emergentes como nos desenvolvidos, há poucas mulheres a ocupar cargos de liderança económica, comparativamente com o número de mulheres no ensino superior e no mercado de trabalho em geral”

O caso português distingue-se numa Europa cada vez mais igualitária no que toca a diferenças entre homens e mulheres, sobretudo nos países do Norte e Ocidente.

“É imprescindível que os países comecem a desenvolver uma visão diferente do capital humano – inclusive na maneira como impulsionam as mulheres para os cargos de liderança. Esta revolução mental e prática não é uma meta para o futuro, é um imperativo para hoje”.

Palavras-chave

Relacionados

Lifestyle

Novas estratégias para conseguir emprego

É um desafio cada vez maior e com novas regras, para as quais é preciso estar preparada. Como aproveitar as novas tecnologias? Quais os erros a evitar? Um especialista em recursos humanos dá-lhe as coordenadas.

Beleza e Saúde

O tecido mamário envelhece mais depressa

Uma pesquisa recente descobriu um relógio biológico inserido no genoma humano, que revela o envelhecimento real de cada um de nós. Concluiu, também, que nem todas as partes do corpo envelhecem ao mesmo ritmo: os seios saudáveis, por exemplo, são cerca de dois ou três anos mais 'velhos' que outros tecidos humanos.

Mais no portal

Lifestyle

Livro da semana: "A Educação de Eleanor" faz sorrir ao mesmo tempo que emociona

Um livro de Gail Honeyman, publicado pela Porto Editora.

Celebridades

A internet não estava preparada para estas fotografias antigas de Kylie Jenner

A socialite celebrou o 23º aniversário, no passado dia 10 de agosto.

Beleza e Saúde

Covid-19: fumadores passivos correm maior risco de infeção?

Entenda a relação e perceba quais as melhores formas de se proteger.

Moda

Há novidades quentinhas a sair do forno da Parfois

Os novos acessórios e vestuário da marca portuguesa destacam-se pelos tons terra.

Comportamento

Diz quem sabe: não se esqueça de se amar primeiro

Uma lição de autoestima inspirada numa famosa série. “Porque Carry Bradshaw teria sido uma ótima Coach!”.

Celebridades

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger dão as boas-vindas ao primeiro filho

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger celebraram o primeiro aniversário de casamento em junho e assinalam agora a chegada do primeiro filho.

Moda

Estes são os modelos de 'beachwear' a que estas famosas não resistem

A época balnear já está mais do que aberta e as redes sociais são a prova disso.

Moda

Coleção "eco friendly" de calçado com modelos a partir dos 12,99 euros

As propostas são da Seaside.

Moda

Estes são os ténis que vão dar um novo fôlego à sua corrida

O regresso de um clássico, em novas cores.

Celebridades

Simon Cowell no hospital após acidente de bicicleta

O jurado do 'America´s Got Talent' está no hospital.

Lifestyle

Unique Sushi Lab: onde comer é sempre uma (boa) surpresa

O restaurante que os amantes de sushi têm de conhecer e que ér capaz de converter mesmo os mais desconfiados em fãs da culinária japonesa. A culpa é do chef Johnny Keep.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel