461917027.jpg

Getty Images/iStockphoto


Quer editar um livro? Lançar um álbum de música? Fazer um doutoramento noutro país? Comprar uma cadeira de rodas? Tem uma ideia para um pequeno negócio ou um site? Seja qual for o projeto que lhe alimenta os sonhos por estes dias, há uma forma de conseguir juntar o dinheiro de que precisa através de uma plataforma de colaboração coletiva, ou crowdfunding.

Esqueça os ditos pessimistas de que ninguém dá nada a ninguém. A realidade mostra que a generosidade continua em alta. Basta conseguir convencer o mundo de que a sua ideia merece apoio para angariar vários milhares de euros, de amigos e desconhecidos, em poucas semanas. Foi o que fizeram, por exemplo, as 35 ginastas do Lisboa Ginásio Clube, que precisavam de 2220 euros para comprar uma trave para praticarem; ou o autor de banda desenhada Filipe Melo, que, juntamente com dois amigos ilustradores, conseguiu 6645 euros para fazerem o terceiro volume da banda desenhada ‘As Fantásticas Aventuras de Dog Mendonça e Pizza Boy’.  

O conceito de crowdfunding já tem mais de 15 anos, mas chegou a Portugal há pouco mais de dois. Foi em 2011, graças a Pedro Domingos, Paulo Silva Pereira, Pedro Oliveira e Yoann Nesma, que durante um curso de MBA perceberam que partilhavam a mesma paixão pela ideia da colaboração coletiva. Criaram então a primeira plataforma de crowdfunding em Portugal, a PPL – Crowdfunding (ppl.com.pt), que em dois anos e meio já financiou 92 iniciativas e angariou mais de 263 mil euros no total. “O nosso objetivo é democratizar o apoio a projetos, porque acreditamos no empreendedorismo e na criatividade em Portugal, mas faltam incentivos, sobretudo para pequenos e médios projetos conseguirem ultrapassar as atuais barreiras rígidas ao financiamento e à iniciativa em geral”, lê-se no site.

O potencial do financiamento coletivo é tão grande que mesmo instituições de maior dimensão começam a recorrer a ele. Bandas independentes, como os Primitive Reason e Frankie Chavez, por exemplo, financiaram assim o lançamento de álbuns de música e, em setembro passado, o socialista António Costa tornou-se pioneiro ao recorrer ao crowdfunding para financiar um vídeo de apelo ao voto jovem no âmbito da sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. Foi a primeira campanha de cariz político em Portugal e na Europa a fazê-lo. O melhor é que qualquer um pode fazer o mesmo.

Como funciona
1- O primeiro passo é escrever um texto convincente, explicando o que pretende fazer e porque precisa de ajuda. Idealmente,  deve também fazer um vídeo. 
2- Tem de definir o montante mínimo de dinheiro a angariar e o prazo para o atingir. (30 ou 90 dias). Não convém pedir acima do que precisa, já que vigora um sistema de ‘tudo ou nada’: se não atingir o valor que definiu, não recebe nada. Também não convém pedir menos do que precisa para levar o projeto avante, já que a plataforma depois acompanha a realização do projeto e é suposto informar os apoiantes do andamento da iniciativa.
3- Deve criar recompensas para os apoiantes. Se quer editar um livro, fazer um agradecimento no livro a quem contribuir com €5 e oferecer um exemplar autografado a quem der €10. Se pediu dinheiro para fazer um curso de massagens, pode oferecer uma massagem…
4 – Divulgue a iniciativa. A plataforma promove os projetos no site e na página de Facebook mas a quanto mais pessoas divulgar mais hipóteses tem de ter sucesso, já que estatisticamente 80% dos apoios vêm da rede de conhecidos dos candidatos.
5 – Se conseguir angariar o dinheiro no prazo que definiu, recebe o montante e o site cobra 5%. Se não conseguir, não recebe nada, o dinheiro é devolvido a todos os que contribuíram e a empresa não cobra nada. 

O prazer de apoiar desconhecidos
O que leva um desconhecido a apoiar um projeto de alguém que não conhece? No caso de Paulo Santos, 35 anos, projetista, é a identificação com a ideia. “Descobri o crowdfunding em 2012, nunca pedi dinheiro para nada mas de vez enquanto apoio projetos que me interessam. O último foi a BD ‘The Pizza Boy & Dog Mendonça’, mas também já dei dinheiro no âmbito do Kiva para pequenos negócios de mulheres em países da Ásia.”
Ver o impacto real da nossa ajuda numa coisa concreta com que nos identificamos é outro incentivo referido por Pedro Domingos, criador da PPL Crowdfunding, assim como as recompensas que muitas vezes funcionam como compras antecipadas de um produto ou serviço. “Por exemplo, um dos candidatos, o Filipe Melo, conseguiu reunir 203 pessoas que efetuaram uma pré-compra do livro de Banda Desenhada que era o seu projeto. Ficaram todos a ganhar."

Relacionados

Lifestyle

Hollywood Confidencial: Tudo o que nunca quis saber sobre as estrelas

Romances não autorizados, festas estranhas, estrelas descontroladas? Em ‘Hollywood, Estórias de Glamour e Miséria no Império do Cinema’, Edgar Pêra conta alguns segredos do cinema.

Lifestyle

Há 85 bilionários tão ricos como metade da população do planeta

Um novo relatório da ONG Oxfam observa que a fortuna pessoal das 85 pessoas mais ricas do mundo corresponde às posses de 3 mil milhões daqueles que estão na base da pirâmide económica. Um novo olhar sobre as desigualdades sociais, cada vez mais acentuadas.

Lifestyle

Por amor: ele vestiu o tutu para fazer sorrir a mulher, doente de cancro

Assim que descobriu a doença de Linda, o fotógrafo Bob Carey iniciou um projecto que já tem um livro e até calendários.

Lifestyle

Salário das actrizes de Hollywood baixa a partir dos 34 anos

O preconceito da idade e género existe até na meca do cinema, conclui um estudo.

Mais no portal

Lifestyle

Livro da semana: "A Educação de Eleanor" faz sorrir ao mesmo tempo que emociona

Um livro de Gail Honeyman, publicado pela Porto Editora.

Celebridades

A internet não estava preparada para estas fotografias antigas de Kylie Jenner

A socialite celebrou o 23º aniversário, no passado dia 10 de agosto.

Beleza e Saúde

Covid-19: fumadores passivos correm maior risco de infeção?

Entenda a relação e perceba quais as melhores formas de se proteger.

Moda

Há novidades quentinhas a sair do forno da Parfois

Os novos acessórios e vestuário da marca portuguesa destacam-se pelos tons terra.

Comportamento

Diz quem sabe: não se esqueça de se amar primeiro

Uma lição de autoestima inspirada numa famosa série. “Porque Carry Bradshaw teria sido uma ótima Coach!”.

Celebridades

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger dão as boas-vindas ao primeiro filho

Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger celebraram o primeiro aniversário de casamento em junho e assinalam agora a chegada do primeiro filho.

Moda

Estes são os modelos de 'beachwear' a que estas famosas não resistem

A época balnear já está mais do que aberta e as redes sociais são a prova disso.

Moda

Coleção "eco friendly" de calçado com modelos a partir dos 12,99 euros

As propostas são da Seaside.

Moda

Estes são os ténis que vão dar um novo fôlego à sua corrida

O regresso de um clássico, em novas cores.

Celebridades

Simon Cowell no hospital após acidente de bicicleta

O jurado do 'America´s Got Talent' está no hospital.

Lifestyle

Unique Sushi Lab: onde comer é sempre uma (boa) surpresa

O restaurante que os amantes de sushi têm de conhecer e que ér capaz de converter mesmo os mais desconfiados em fãs da culinária japonesa. A culpa é do chef Johnny Keep.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel