A fanfarronice, o puxar de galões, esbracejar, debater, justificar-se, barafustar, cair no insulto, fazer ameaças, pôr-se nos bicos dos pés… nada disso é,grande parte das vezes, mais que perda de tempo e demonstração de fraqueza ou desespero. Quem tem muito poder, não ameaça; cala-se bem caladinho e age na hora certa, ou é magnânimo que chegue para deitar o assunto ao desprezo.
 
Quem é muito seguro de si mesmo, não faz barulho; age tranquilamente porque está tão certo da sua razão, da sua supremacia, que não se dá ao trabalho de fazer trovejar se não pretende enviar chuva.
 
Bem se diz de certas pessoas "trovejou, trovejou, e não caiu uma gota de água!" . Só os fracos fazem muita bulha, vão queixar-se a toda a gente do agravo que lhes foi feito, procurar ombros, fazer queixinhas, perder a face, dar azo a falatórios e fazem-no tanto  que às vezes já nem são levados a sério. Não é por acaso que nos momentos de crise, se recomenda a certas personalidades não fazer declarações à imprensa. Factos, força e poder falam por si mesmos.
 
Quem se sente com razão, não refila nem desce a discussões: se for necessário dá a outra face, sorri de leve e deixa as acções com quem as pratica. A verdadeira força é serena, não precisa de provar nada a ninguém.
 
Quando um homem forte segura uma criança ou um gatinho pequeno com gentileza está a mostrar mais força e mais auto domínio do que quando levanta pesos, porque força, mais que tê-la, é saber usá-la. Força é ter argumentos para deitar alguém por terra e abster-se disso, porque o adversário não vale a bala. Força é voltar as costas ao touro que já se dominou sem dar o golpe de misericórdia. Força é ter o poder de se vingar e prescindir disso- não ceder ao prazer mesquinho do bate boca, do insulto, do esclarecimento, do "quem tem razão sou eu!", da competição vã.
 
Força, força mesmo, é ser imperturbável, ter uma grande capacidade de vista grossa e ouvidos moucos, nervos de aço: não se descabelar por nada nem se impressionar com coisíssima nenhuma, e saber rir de si e dos outros quando é preciso. O resto não é força; é nervos.
 

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Relacionados

Moda

Crónica: Dos jeans rotos de Doña Letizia: ser moderno (a) é uma virtude?

Disse o escritor e teólogo  G.K. Chesterton "cada época foi salva por um punhado de homens que tiveram a coragem de não serem actuais". A que ponto é aconselhável ser-se a 100% um homem - neste caso, uma mulher - do seu tempo?

Moda

Crónica: Estilo infalivel para dias de preguiça (ou de pressa): Model off duty

As manequins, um pouco como as bailarinas, ganham a vida aperaltadas - saltos vertiginosos, muita maquilhagem, cabelos em constante e cansativa mudança, toilettes exigentes - por isso, nos seus momentos de lazer, optam geralmente por um estilo simples e muito chic, a que se junta a beleza do seu porte.É um visual espartano, que fascina os seguidores atentos da indústria de moda pela ausência de pretensão...e por ser fácil de usar, claro.

Moda

Crónica: Momento "nem eu entendo as mulheres" do dia... É que há algumas que nunca estão satisfeitas

Ouvindo muitas mães queixarem-se de que só há roupa interior sem graça no mercado para quem acabou de ter filhos, a lindíssima e sempre impecável Dita Von Teese, a mulher que mais perceberá de lingerie à face do planeta (se considerarmos o conhecimento de causa) desenhou uma colecção-cápsula de roupa interior para mamãs. 

Beleza

Crónica: "Ele nunca me viu sem maquilhagem"...say what?

No outro dia fiquei surpreendida ao ler uma entrevista com a famosa maquilhadora Charlotte Tilbury, em que ela - com uma experiência de 20 anos ao lado dos maiores rostos da moda e senhora de uma pele impecável - confessa que dorme SEMPRE maquilhada. Considerando que é ruiva natural, deve ter uns genes à prova de bala para aguentar uma rotina tão nociva!

Comportamento

Crónica: A problemática do piropo

A questão dos piropos tem estado  on fire nos social media e revistas online (sobretudo americanas) e ainda não atinei com a fonte. Se calhar isso é secundário, porque o assunto vem à baila de tempos a tempos - mesmo por cá, no ano passado.

Lifestyle

Crónica: As aparências contam, sim senhor

Podem enganar, mas contam. Disse Oscar Wilde e muito bem "só pessoas muito superficiais não julgam pelas aparências". 

Moda

Crónica – Dica de estilo inestimável: jovem, ma non troppo

"Cair na patranha 'não deixe que a idade a impeça de usar o que bem lhe apetece' é crer numa mentira piedosa que não favorece a beleza *nem a decência* de ninguém. Não se trata de "matronizar" o visual, mas de lhe fazer o devido upgrade e evitar o ridículo, que nunca é atraente."

Mais no portal

Beleza

Meghan remove a maquilhagem com estas toalhitas acessíveis

E amigas do ambiente - muito ao estilo da duquesa de Sussex.

Moda

Este vestido Zara não deixa ninguém indiferente

E é da cor do momento!

Moda

7 combinações de cores a experimentar em 2022

Inspire-se nestes "looks" que encontrámos nas redes sociais

É só uma sugestão

Contra: refeições deliciosas num espaço icónico em Lisboa

Localizado nas Docas de Santo Amaro, na capital, garante momentos saborosos à beira-rio.

Saúde

Covid-19: Mesmo com teste negativo, evite sair de casa se tem este sintoma

Parece ser bastante comum na variante Ómicron.

Comportamento

A explicação simples para não sentimos atração por parentes próximos

Como, por exemplo, irmãos ou primos.

Saúde

10 segredos simples para emagrecer rápido

Adote estes hábitos que aceleram o processo sem prejudicar a saúde.

Moda

Esta peça básica é a "cola" de todos os visuais de inverno

Provavelmente já a tem no guarda-roupa.

Comportamento

4 dicas práticas para aumentar a autoestima

De acordo com uma escritora, consultora e especialista na interseção de felicidade e tecnologia.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

#VozActiva

Helena Isabel: "As pessoas podem ser bonitas de diferentes maneiras e em qualquer idade"

No #vozactiva deste mês, a protagonista de capa da nossa edição de fevereiro (nas bancas) fala da relação entre a beleza e a idade.

Comportamento

O tamanho não importa, mas há uma coisa que as mulheres valorizam bastante

De acordo com diferentes estudos sobre o assunto.