89685066.jpg

Hemera Technologies

Ora pensem: as maluquices gourmet inventadas pelos chefs superstar da televisão por acaso sabem melhor do que as iguarias da avó (que por sua vez agora está na moda tratar como gourmet)? E em termos de modas & elegâncias, quais são asgriffes mais estratosféricas? Chanel, Hermès, Balenciaga, Celine, Lancel, Lanvin, Dior, etc- tudo Casas de vetusta idade.

 Se falarmos de livros, de autores, don´t get me started – por alguma razão se diz que quem não leu os clássicos não pode alinhavar ideias com jeito.

 Mas o que se calhar nunca vos disse é que acho imensa graça àquela sensação de ver confirmada num livro uma ideia que sempre me deu que pensar: é o feeling "olhem, não sou só eu que penso assim" ou "ena, alguém que partilha os meus disparates".

 Uma pessoa cá de casa costuma dizer na brincadeira, quando vê uma criança desengraçada ou um adulto que não deve muito à beleza "coitadinho (a), não foi encomendado com amor" e eu, grande crente no poder da genética, atrevo-me a pensar: a beleza será 50% lotaria genética e outro tanto fruto da paixão dos progenitores?

Pois parece que um  livro recente sobre os  hábitos vitorianos na intimidade conta que no século XIX se acreditava exactamente nessa teoria.


Pode ser uma crença parva mas do que vi do resto do livro será a menos disparatada. Enquanto outras incluídas na obra foram entretanto contrariadas pela ciência esta será menos mensurável, mais sujeita a impressões pessoais ou românticas: resumindo, patetice ou não, eu acho que tem que se lhe diga.

Sempre senti que uma criança encomendada à cegonha de má vontade,por pais que não sentiam grande atracção um pelo outro só porque era suposto nascer ou caía mal não ter filhos, tem menos possibilidades de sair coisa boa. E se uma das partes tiver casado com uma pessoa desengraçada por interesse, mais probabilidades há de a pobre descendência não ser, assim, de capa de revista; o (a) pobre terá contra si a genética, o enfado, a má vontade, já para não falar que crescer num lar sem amor não deve contribuir muito para a auto estima.


 Será provavelmente criado (a) pelos cantos, entregue às amas ou colégios, sem que ninguém lhe puxe pelo amor próprio ou se empenhe muito em melhorar-lhe a apresentação.

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Relacionados

Moda

Crónica: Dos jeans rotos de Doña Letizia: ser moderno (a) é uma virtude?

Disse o escritor e teólogo  G.K. Chesterton "cada época foi salva por um punhado de homens que tiveram a coragem de não serem actuais". A que ponto é aconselhável ser-se a 100% um homem - neste caso, uma mulher - do seu tempo?

Comportamento

Crónica: A problemática do piropo

A questão dos piropos tem estado  on fire nos social media e revistas online (sobretudo americanas) e ainda não atinei com a fonte. Se calhar isso é secundário, porque o assunto vem à baila de tempos a tempos - mesmo por cá, no ano passado.

Lifestyle

Crónica: ''Nada é tão forte como a gentileza e nada é tão suave como a verdadeira força"

Uma das maiores tolices que se pode fazer é acreditar em bravatas - ou cair em bravatas. 

Lifestyle

Crónica: Nunca compreenderei as party girls

Uma conhecida minha, prestes a casar e ter filhos, confidenciou noutro dia sentir falta das emoções, da liberdade, de sair à noite, das alegres incertezas... em suma, dos tempos de liceu e faculdade. 

Moda

Crónica: Estilo infalivel para dias de preguiça (ou de pressa): Model off duty

As manequins, um pouco como as bailarinas, ganham a vida aperaltadas - saltos vertiginosos, muita maquilhagem, cabelos em constante e cansativa mudança, toilettes exigentes - por isso, nos seus momentos de lazer, optam geralmente por um estilo simples e muito chic, a que se junta a beleza do seu porte.É um visual espartano, que fascina os seguidores atentos da indústria de moda pela ausência de pretensão...e por ser fácil de usar, claro.

Beleza

Crónica: "Ele nunca me viu sem maquilhagem"...say what?

No outro dia fiquei surpreendida ao ler uma entrevista com a famosa maquilhadora Charlotte Tilbury, em que ela - com uma experiência de 20 anos ao lado dos maiores rostos da moda e senhora de uma pele impecável - confessa que dorme SEMPRE maquilhada. Considerando que é ruiva natural, deve ter uns genes à prova de bala para aguentar uma rotina tão nociva!

Mais no portal

Beleza

Meghan remove a maquilhagem com estas toalhitas acessíveis

E amigas do ambiente - muito ao estilo da duquesa de Sussex.

Moda

Este vestido Zara não deixa ninguém indiferente

E é da cor do momento!

Moda

7 combinações de cores a experimentar em 2022

Inspire-se nestes "looks" que encontrámos nas redes sociais

É só uma sugestão

Contra: refeições deliciosas num espaço icónico em Lisboa

Localizado nas Docas de Santo Amaro, na capital, garante momentos saborosos à beira-rio.

Saúde

Covid-19: Mesmo com teste negativo, evite sair de casa se tem este sintoma

Parece ser bastante comum na variante Ómicron.

Comportamento

A explicação simples para não sentimos atração por parentes próximos

Como, por exemplo, irmãos ou primos.

Saúde

10 segredos simples para emagrecer rápido

Adote estes hábitos que aceleram o processo sem prejudicar a saúde.

Moda

Esta peça básica é a "cola" de todos os visuais de inverno

Provavelmente já a tem no guarda-roupa.

Comportamento

4 dicas práticas para aumentar a autoestima

De acordo com uma escritora, consultora e especialista na interseção de felicidade e tecnologia.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

#VozActiva

Helena Isabel: "As pessoas podem ser bonitas de diferentes maneiras e em qualquer idade"

No #vozactiva deste mês, a protagonista de capa da nossa edição de fevereiro (nas bancas) fala da relação entre a beleza e a idade.

Comportamento

O tamanho não importa, mas há uma coisa que as mulheres valorizam bastante

De acordo com diferentes estudos sobre o assunto.