Desorganizadas.jpg

*artigo publicado originalmente em dezembro de 2014

Perdemos minutos dramáticos de manhã à procura das chaves do carro, dos óculos, da mala… Os outros olham para a nossa secretária com aquele ar de pânico de quem não sabe como alguém consegue achar ali alguma coisa. Esquecemos a consulta no dentista e os anos da tia. E os amigos e familiares até fazem piadas condescententes sobre esta nossa pequena… ‘deficiência’. Se estes cenários lhe são familiares, bem-vinda ao clube das desorganizadas crónicas. Se para algumas de nós há uma ordem no caos, para a maior parte, o tempo, vida pessoal e trabalho, ressentem-se.
Os gurus da empresa norte-americana Organize to Optimize apontam as características mais comuns das pessoas para quem
a organização é um (grande) desafio.
– Estão sempre a ter ideias: muitos desorganizados crónicos são pessoas extremamente criativas, com interesses muito variados e hábeis a pensar ‘fora da caixinha’. A mente está continuamente a ser inundada de ideias que depois não são concluídas, até porque já vêm outras a caminho. E por isso, esta tendência é muitas vezes fonte de sentimentos de culpa.
– Dificuldade em organizar o seu tempo: Falta de eficácia a fazer uma estimativa do tempo realmente necessário para concluir uma tarefa. Normalmente subestimam-no.
– Problemas em estabelecer prioridades: Se costuma ter a sensação de andar sempre a correr, numa tentativa desesperada de cumprir as 1500 tarefas agendadas para esse dia sem saber para onde se virar, bem-vinda ao clube. O problema está em gastar demasiada energia a tentar cumprir tudo ao mesmo tempo, com muita ansiedade, e não ter noção de que precisamos de pedir ajuda.
Distraem-se facilmente o u têm dificuldades de concentração: Das conversas dos colega de escritório aos emails sempre a chegar, do maravilhoso dia que faz lá fora à publicação hilariante que o seu amigo acabou de fazer no Facebook, quase tudo tem o poder de a fazer sair do foco, facilmente. Mas há quem tenha mesmo dificuldades de concentração diagnosticadas, como no caso da Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção. Este é também um dos principais sintomas de quem sofre de depressão.

7 Soluções rumo a uma vida mais organizada

Guarde o que desarrumou logo depois de usar. Nunca temos uma caneta à mão quando precisamos porque a deixamos onde calha. Pegamos nos óculos para ler uma sms e passados 10 minutos já não sabemos deles. Treinar a atenção é essencial, para prestar mais atenção aos gestos quase automáticos do dia a dia. É um treino mais difícil do que parece, o de destinar um lugar a tudo e desenvolver o automatismo de o repor no lugar certo, logo depois de usar. Até por causa da correria do quotidiano que só piora o nosso défice de atenção.
Junte os semelhantes. Ideia básica de organização e arrumação. Seja por funcionalidade, cor ou tamanho, arranje um sistema de armazenamento que faça sentido e seja intuitivo para si. Abasteça-se de caixas, cestos, pastas e organizadores para separar tudo.
Se entrar algo novo na sua casa ou no seu escritório, faça sair algo velho. E quando comprar qualquer coisa nova para a sua casa ou para si habitue-se a pensar onde vai guardá-la e se tem espaço para ela, sem ficar tudo atafulhado. Não traga mais coisas desnecessárias para casa, como publicidade indesejada.
Planeie a sua manhã antes de ir para a cama. Um dos hábitos a importar dos organizados crónicos: não perdem minutos críticos a entrar em pânico por não acharem nada do que procuram ou terem que fazer 30 coisas ao mesmo tempo antes de saírem de casa. O segredo é prepararem tudo de véspera – a roupa, a mala, o almoço dos miúdos.
Pare de procrastinar. O que fica para amanhã, mais facilmente pode ser esquecido. Até porque o nosso cérebro defende-se assim do que é desagradável ou difícil. Adiar decisões, tarefas ou conclusões de prazos deve-se, muitas vezes, a um desejo irrealista de perfeição. Estabeleça limites de tempo para as suas tarefas e decisões, por mais pequenas que pareçam e mesmo que não tenha sido o chefe a dá-los.
Agende a maior parte das suas tarefas para o início da semana. Para não ter a sensação de que chegou quinta ou sexta-feira e ainda lhe falta completar metade do que tinha para fazer essa semana. Da mesma forma, concentre a maioria das tarefas para a altura do dia em que tem mais energia – a manhã é sempre melhor, mas há quem sinta mais energia à tarde.
Arranje um organizador de mala. Se ainda não os conhece, eles podem salvar a sua manhã e possibilitar uma mudança de carteira rápida e certeira, sem deixar metade das coisas para trás. Ainda pode arrumar tudo em compartimentos, de modo a que seja bem mais fácil encontrar tudo lá dentro.

Assine a ACTIVA

Assine a ACTIVA e deixe-se inspirar com a oferta que preparámos a pensar em si. ASSINAR

Relacionados

Lifestyle

Uma vida cheia, sem filhos

Há muitas mulheres que, por várias razões, não puderam viver o sonho da maternidade. Mas e as que podem mas não querem? Fomos ouvi-las, gente feliz sem filhos... e sem lágrimas. 

Lifestyle

E se este Natal oferecesse um “Xi-Coração”?

“Era uma vez… um boneco chamado Xi-Coração – o XI - com um coração enorme e uns braços ainda maiores. Os seus braços nunca pararam de crescer porque o seu maior sonho é o de continuar a abraçar todas as crianças e dar-lhes muitos miminhos, especialmente aos meninos com cancro!”

Lifestyle

Estudo revela que igualdade entre homens e mulheres ainda é uma meta a atingir

Segundo o estudo “When Women Thrive, Business Thrive” realizado pela empresa de consultoria Mercer, as mulheres ainda não têm as mesmas oportunidades que os homens, relativamente à progressão a nível profissional, e representam apenas 41% da força de trabalho, em todo o mundo. 

Mais no portal

Beleza

Os motivos para o açúcar ser a kryptonite da pele

De acordo com um dermatologista.

Diz Quem Sabe

Como ter um Natal mais saudável (e ainda poupar algum dinheiro)

Beleza

Conheça o método de limpeza dupla da pele para remover impurezas e maquilhagem

Aqui, no que diz respeito a produtos de limpeza de pele, um é pouco, dois é bom e três é demais.

Saúde

Sente desejos por doces? Eis o que o seu corpo está a tentar dizer-lhe

Uma nutricionista explicam os vários motivos que levam o corpo a querer açúcar.

Comunidade Activa

Morreu Pedro Oliveira, um dos nossos

Ex-diretor da Exame Informática, era o atual diretor de parcerias e Novos Negócios e head of digital da Trust in News. Tinha 49 anos.

Moda

As novidades da Zara, Mango e H&M que aliam elegância e conforto

Não temos de sacrificar uma mais-valia pela outra.

Comportamento

"Ghosting": 5 motivos para alguém desaparecer de uma relação sem deixar rasto

O termo é usado para descrever um término repentino, sem explicações, e deriva da palavra "ghost", que significa fantasma em português.

Mulheres Inspiradoras

Optometrista Vera Carneiro é consultora do Programa da Visão da OMS

A portuguesa está a contribuir para a implementação das recentes recomendações e iniciativas da Organização Mundial de Saúde e Nações Unidas, relativas aos cuidados para a saúde da visão.

Moda

8 truques de moda que aprimoram o estilo pessoal

Ganhe confiança no seu estilo com estes conselhos de styling (e não só)

Saúde

Sabe quais as funções do estrogénio e da progesterona?

Entenda como estas hormonas a podem afetar.

Saúde

5 artigos de fitness que precisa de ter em casa - e que não ocupam espaço

Quer poupar no ginásio? Confira esta seleção.

Beleza

Será esta a solução para as borbulhas?

E pontos negros.