iStock-977202998.eps.jpg

O sofrimento que afeta milhares de mulheres, quando chega aquela altura do mês, é real. Mas também é difícil de explicar a todos os que nunca o viveram. Sim, sobretudo os homens. Se já não consegue contar pelos dedos o número de vezes que tentou explicar ao seu companheiro, irmão, pai ou amigo aquilo que sente, então este artigo é para si (e para eles).

As dores menstruais, também conhecidas por dismenorreia, foram (finalmente) comparadas às dores de um ataque cardíaco. John Guillebaud, professor de saúde do sistema reprodutor na University College London, revela, em conversa com a Quartz, que várias pacientes suas fizeram esta comparação, mostrando de forma crua o quão debilitante pode ser este período do mês.

As boas notícias? Um novo estudo publicado na Current Biology, mostra que as mulheres esquecem a dor mais rápido que os homens. A análise incluiu 41 homens e 38 mulheres, entre as idades de 18 e 40 anos, que foram submetidos a baixos níveis de dor numa determinada sala, durante 20 minutos. Também foram incluídos ratos na experiência, que mostrou que, tanto os humanos, como os animais do sexo masculino, se mostravam mais nervosos ao ter de voltar àquela sala, lembrando o que lá viveram de forma mais realista, quando comparados com as mulheres e ratos do sexo feminino, que não ficavam tão afetadas ao regressar ao local.

Palavras-chave

Já nas bancas!

O que precisa de saber para viver melhor e mais tempo Compre já

Relacionados

Beleza e Saúde

Sete mitos sobre a menstruação... desmitificados

Temos todas as respostas.

Beleza e Saúde

Os melhores exercícios para cada fase da menstruação

Saiba como tirar partido das alterações que ocorrem no corpo durant...

Beleza e Saúde

Afinal, não é só TPM. A enxaqueca menstrual existe

As piores enxaquecas atingem mais as mulheres devido à variação hor...

Mais no portal

Já nas bancas!