iStock-912338074.jpg

andresr

As mulheres tendem a queixar-se de que as temperaturas estão demasiado baixas no escritório – e não é só por uma questão de conforto.

De acordo com um novo estudo, publicado na revista científica PLOS One, afinal, a sua produtividade pode melhorar com um pequeno ajuste no termóstato.

Os autores levaram a cabo uma experiência de laboratório em Berlim, Alemanha, que pôs à prova a reflexão matemática, verbal e cognitiva de 543 estudantes numa variedade de temperaturas, entre os 16 e os 33 graus Celsius. Os resultados? As mulheres tiveram melhores resultados em tarefas cognitivas quando estavam em ambientes mais quentes, enquanto os homens se saíram melhor em ambientes mais frios.

“No geral, os nossos resultados sugerem que o género é um fator importante não apenas na determinação do impacto da temperatura no conforto, mas também na produtividade e no desempenho cognitivo,” dizem os investigadores Agne Kajackaite e Tom Chang.

O estudo também revelou que as mulheres obtiveram melhores resultados nas outras tarefas à medida que a temperatura aumentava, o oposto do resultado masculino.

“Descobrimos que, para tarefas matemáticas e verbais, consistentes com suas preferências subjetivas de temperatura, as mulheres apresentam um melhor desempenho em temperaturas altas do que em baixas temperaturas. Ou seja, as mulheres tentam resolver e resolvem mais problemas matemáticos e verbais,” lê-se nos resultados da pesquisa.

Kajackaite sublinha ainda que a temperatura pode afetar não apenas o conforto, mas também o desempenho diário das pessoas: “se você se sentir mais confortável no escritório com cinco sweaters, ou sem elas, isso também pode afetar o seu desempenho. Portanto, deve levar isto a sério.”

Mais no portal

Moda

Parfois: 10 malas a menos de 20 euros

Confira algumas das melhores opções para combinar com os seus visuais.

Celebridades

Emily Ratajkowski acusa fotógrafo de a assediar quando tinha 20 anos

Desde que a modelo revelou a história ao mundo, uma outra celebridade diz ter vivido um episódio semelhante com a mesma pessoa.

Lifestyle

Clube do Livro Finanças de A a Z: "A Poupança no Feminino"

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z estreio um espaço mensal onde vou deixar algumas sugestões de livros úteis para a educação financeira de miúdos e graúdos.

Woman washing her hair in shower
Beleza e Saúde

4 motivos pelos quais não devemos lavar o rosto no duche

Dermatologista explica o porquê e ainda deixa algumas dicas.

Lifestyle

Livro da semana: "A Quinta" inspira-se nos sacrifícios que mulheres fazem pelos que mais amam

Um livro de Joanne Ramos, publicado pelas Edições Saída de Emergência.

Beleza e Saúde

Pasta de dentes nas borbulhas: sim ou não?

Será este um mito ou haverá algum fundamento?

Celebridades

Kelly Clarkson diz que o divórcio a apanhou de surpresa

A artista foi casada com Brandon Blackstock durante sete anos.

LONDON, UNITED KINGDOM - NOVEMBER 09: (EMBARGOED FOR PUBLICATION IN UK NEWSPAPERS UNTIL 48 HOURS AFTER CREATE DATE AND TIME) Prince Andrew, Duke of York attends the opening the Francis Crick Institute by Queen Elizabeth II on November 9, 2016 in London, England. The Francis Crick Institute will be a world leading centre of biomedical research. (Photo by Max Mumby/Indigo/Getty Images)
Celebridades

Príncipe André é "viciado em sexo", alega livro

A obra contém testemunhos de várias mulheres que afirmam ter mantido relações com o membro da realeza britânica, através do contacto de Jeffrey Epstein.

Moda

Tezenis lança coleção cápsula inspirada em famosa série da Netflix

Várias peças com um toque de 'nuestros hermanos'.

Moda

Nova marca de moda sustentável chega ao Porto

A aposta é na seda e no tingimento natural.

Inspirações

Alba Batista e a beleza interior: "reflete-se no olhar"

A atriz é a estrela da produção de capa da ACTIVA de setembro.

Beleza e Saúde

Nutrição: 5 mitos que podem estar a arruinar a sua saúde

Saiba como adotar uma dieta mais "descomplicada".