Captura de ecrã 2019-07-11, às 10.50.50.jpg

D.R.

Existem dois tipos de pessoas no mundo: aquelas que desenrolam o papel higiénico por cima e aquelas que o desenrolam por baixo.

É um assunto ‘sensível’ em alguns lares, mas agora há uma resposta definitiva para o antigo debate. Ela remonta a 1981 e chega-nos sob a forma a patente original detida por Seth Wheeler, que inventou o papel higiénico com perfurações como uma forma de evitar desperdícios.

“Desde o advento dos rolos de papel (…) foram patenteados muitos dispositivos projetados para evitar o desperdício, mas todos os esforços nesse sentido foram separados dos rolos em si – ou seja, estão na construção de suportes providos de meios para evitar o desenrolar livre, fazendo com que as folhas se separem individualmente nos seus pontos de conexão,” escreveu Wheeler na patente. “O meu rolo melhorado pode ser usado nos suportes mais simples.”

Na altura, os picotados eram a grande novidade. Contudo, mais de um século depois, o público só retém isto: o desenho submetido por Wheeler com a patente mostra claramente como o produto deve ser pendurado.

550b2381eab8ea9559f13a78-1920-2820.jpg

A patente original submetida em 1981

Google Patent Database

De acordo com um estudo da Universidade do Colorado, esta é também a opção mais higiénica. Os investigadores identificaram 19 estirpes de bactérias presentes em casas de banho, sendo que um dos grupos mais populares é E.coli.

É mais provável que uma pessoa tenha essa e outras bactérias relacionadas nos dedos no momento em que usa o papel higiénico. Quando este é desenrolado por baixo, torna-se mais difícil identificar a ponta livre e separá-lo sem contaminar o resto do rolo. No entanto, se ficar disposto de forma a que o papel seja desenrolado por cima, só se toca na parte que irá parar ao autoclismo.

20_100-days_toilet-paper_dribbble.gif

D.R.

Passando a algo menos científico, de acordo com a especialista em relacionamentos Gilda Carle, a preferência de disposição diz muito sobre personalidades.

Em 2016, Carle conduziu um inquérito feito a mais de dois mil homens e mulheres intitulado The Toilet Paper Personality Test, que perguntava aos participantes se se consideravam “dominantes” ou “submissos” e como gostam de pendurar o papel higiénico. Todos os que alegavam ser dominantes preferiam desenrolá-lo por cima, enquanto os submissos escolheram a segunda opção.

Gilda avisa que ter duas personalidades dominantes no mesmo lar pode levar a conflitos, enquanto dois submissos “nunca levam nada para a frente”. A maneira mais simples de evitar potenciais problemas? A profissional sugere algo muito pouco romântico: falar sobre o assunto logo no primeiro encontro.

Já nas bancas!

Assine a ACTIVA e receba dois coffrets da Rituals Assine já

Relacionados

Os pelos púbicos estão em foco neste novo anúncio de giletes

É bem capaz de ser a primeira vez que tal acontece de forma tão nat...

Eis as melhores formas de lidar com a "depressão" de domingo

Fenómeno vivido por cerca de 81% das pessoas, de acordo com um rece...

Chegou o sonho de qualquer adepta de festivais de verão (e não só): o urinol feminino

Uma novidade bastante prática!

Mais no portal

Pantone: revelada a cor do ano para 2020

E é surpreendente!

Realizador indiano sugere que a "violação sem violência" devia ser legalizada

E que as mulheres deviam andar com preservativos para "cooperar" co...

Leonardo DiCaprio bebeu até de madrugada na companhia desta inesperada celebridade

Na sua mesa, estavam várias caras bem conhecidas.

Equivalenza estreia-se no mundo da maquilhagem

A marca apresenta uma edição limitada de maquilhagem, com muito bri...

Cate Blanchett escolhe visual acessível para passear em Londres

Queremos tanto recriar este "look".

Kylie Rae Harris conduzia embriagada e a alta velocidade antes do acidente fatal

A artista country provocou ainda a morte de uma jovem de 16 anos.

Conheça os vídeos de música mais populares no YouTube em 2019

A nível mundial.

Combine 'looks' com a sua filha com estas novidades irresistíveis

Leia Sfez e a filha India mostram como se faz.

A hilariante reação de um estafeta quando viu que a dona da casa lhe tinha deixado 'snacks' à porta

A ideia era agradecer àqueles profissionais pelo serviço que fazem,...

Estes jeans de cintura (muito) alta prometem um efeito adelgaçante

O que poderíamos pedir mais?

Fãs de "Star Wars", esta coleção cápsula é para vocês

Com o próximo filme da saga prestes a estrear, a Pull&Bear apre...

Projeto "Faz-te Homem" junta figuras públicas em Lisboa

António Sala, João Baião, João Didelet, António Machado, Edson Atha...

ASSINE 1 ANO (12 edições) POR 30€ E RECEBA 30€ EM OFERTAS

Assine Já!