A Escócia está a dar passos largos o sentido de se tornar a primeira nação a garantir o acesso gratuito a produtos de higiene feminina.

Na passada terça-feira, dia 25 de fevereiro, o parlamento escocês aprovou um projeto de lei para disponibilizar tampões, pensos higiénicos e outros produtos sem custos. O plano foi aprovado na primeira etapa com 112 votos a favor, nenhum contra e um voto de abstenção.

“Muitas vezes, as meninas e mulheres são deixadas para trás no processo político,” disse Monica Lennon, a deputada responsável pelo projeto, citada pelo site da CNN. “Esta é uma oportunidade de colocá-las em primeiro lugar e e de fazer algo que é verdadeiramente inovador na igualdade de género.”

Nas suas declarações, Lennon não esqueceu a comunidade LGBTQ+, nomeadamente os transexuais e pessoas não-binárias, tendo acrescentado que o projeto de lei foi concebido para incluir todos aqueles que têm a menstruação.

Agora, o projeto de lei vai passar para a segunda etapa, na qual os membros do parlamento escocês podem propor emendas antes do parecer final na terceira e última etapa.

Este projeto de lei visa combater o estigma em torno da menstruação e o impacto que o ciclo tem na educação. “A menstruação é normal,” disse Lennon. “O acesso universal gratuito a tampões, pensos higiénicos e opções reutilizáveis também devia ser normal.”

De acordo com um inquérito de 2017, levado a cabo pela Plan International UK, uma em cada 10 raparigas britânicas já enfrentou dificuldades económicas para comprar produtos de higiene feminina. A investigação também concluiu que quase metade das participantes com idades entre os 14 e os 21 anos tem vergonha de ter o período, sendo que muitas delas já faltaram à escola por esta razão.

“Por algum motivo, os produtos para a menstruação são vistos por alguns como um luxo; um luxo pelo qual as mulheres devem pagar,” afirmou Alison Johnstone, um membro do parlamento, durante o debate. “Por que motivo estamos em 2020 e o papel higiénico é visto como uma necessidade mas os produtos menstruais não?”

A Escócia tem sido um país pioneiro no que diz respeito a disponibilizar este tipo de produtos de forma gratuita a várias faixas etárias. Em 2017, o país lançou um projeto-piloto que distribuía gratuitamente produtos de higiene íntima feminina às mulheres e adolescentes com dificuldades económicas. No ano seguinte, tornou-se uma das primeiras nações do mundo a fornecer produtos de higiene grátis em escolas, faculdades e universidades. 

Relacionados

Mais no portal

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: os alimentos e o Feng Shui

Entenda esta relação, que pode ajudar-nos a entender quais os tipos de alimentos que devemos privilegiar.

Moda

Este truque de styling é uma arma secreta para parecer mais alta

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, partilho um segredo simples que alonga as pernas de uma forma natural.

Lifestyle

ACTIVA de outubro: olhar para dentro

Já nas bancas.

Beleza e Saúde

7 sinais que podem indicar que já esteve infetado com covid-19

Sabe identificar os avisos que o seu organismo lhe dá?

Lifestyle

Experimentei um pequeno-almoço com menos de 200 calorias

Três ingredientes fazem desta uma receita saborosa e muito fácil de preparar (até no microondas).

Celebridades

Será que já nasceu a bebé de Gigi Hadid?

Eis os motivos que têm feito os fãs acreditar que sim.

Celebridades

Júlia Palha mostra como o soutien certo pode elevar a autoestima

A embaixadora da Intimissimi revela como escolhe soutiens, qual a sua peça preferida e como usar uma lingerie para deixar um visual sensual e divertido

Moda

10 malas à prova de chuva

Quando a meteorologia é incerta, há que fazer escolhas seguras.

Celebridades

Michelle Obama lembra quando o irmão foi acusado de roubar a própria bicicleta

O incidente ocorreu com dois agentes da polícia de Chicago.

Celebridades

A surpreendente origem do nome "Beyoncé"

A mãe da artista revelou um facto inesperado acerca da filha.

Celebridades

Cardi B e Offset vão divorciar-se

Foi a artista quem avançou com os documentos.

Beleza e Saúde

As três grandes tendências de cabelos para as estações mais frias

A Schwarzkopf Professional lança uma nova coleção para reiventar os seus fios.