Chega aos cinemas esta quinta-feira, dia 5, a nova aposta da Disney em parceria com a Pixar. “Bora Lá” inspira-se nos grandes contos épicos e nas histórias de elfos, fadas, trolls e outros seres fantásticos. Contudo, remete esses elementos para uma realidade mais próxima da nossa. A magia foi ultrapassada pela tecnologia, quase como numa chamada de atenção ao nosso esquecimento das tradições e da sabedoria popular.

Ian é o grande protagonista desta aventura. Um jovem estudante muito reservado que se encontra no seio de uma família muito peculiar. O irmão mais velho é considerado excêntrico por ser defensor de crenças muito próprias. A mãe é o pilar desta estrutura, que agarra tudo com alegria e reencontrou o amor ao lado de um polícia que não tem a total aprovação dos filhos. O pai é sempre visto com saudade, tendo em conta que morreu pouco antes de Ian nascer.

A esperança de ter uma oportunidade de finalmente conhecer o pai graças à magia faz Ian iniciar uma demanda que o coloca à prova. Ao longo desta aventura, vemos a personagem a conhecer melhor os seus pontos fortes, ao mesmo tempo que se confronta com fragilidades que queria evitar. Mas o mais agradável é mesmo o desenvolvimento da relação entre o protagonista e o irmão mais velho.

É que mais do que uma aventura divertida para toda a família, “Bora Lá” é um filme sobre a importância da família. Mesmo quando todos os elementos parecem tão diferentes. O amor fraternal é o grande tema desta película, que nos inspira a sermos melhores por quem amamos, de forma a que estes também possam evoluir positivamente.

Uma película que arranca gargalhadas ao mesmo tempo que nos faz sair da sala de cinema com vontade de abraçar os que mais amamos. 

Sinopse:
Quando os dois irmãos elfos adolescentes, Ian e Barley Lightfoot (vozes de Tom Holland e Chris Pratt na versão original) têm a oportunidade inesperada de passarem mais um dia com o seu falecido pai, embarcam numa extraordinária demanda, a bordo de Guinevere, a histórica carrinha de Barley. Como em qualquer boa missão, esta aventura estará repleta de magia, mapas enigmáticos, obstáculos impossíveis e descobertas inimagináveis. Mas, quando Laurel (voz de Julia Louis-Dreyfus na versão original), a mãe destemida dos dois rapazes se apercebe que os seus filhos estão desaparecidos, junta-se a uma ex-guerreira que é um misto de leão, morcego e escorpião, conhecida como A Manticora (voz de Octavia Spencer na versão original), e parte para os encontrar. Feitiços à parte, este dia único e mágico pode significar mais do que alguma vez sonharam. 

Palavras-chave

Mais no portal

Comportamento

4 formas de salvar o planeta entre quatro paredes

A sustentabilidade chegou ao sexo.

Moda

Parfois: 5 colares perfeitos para o verão

Cor não lhes falta!

Comportamento

Os 10 países mais ecológicos do mundo ficam na Europa - mas Portugal não é um deles

Veja em que posição estamos e o que podemos aprender com as nações que dão o exemplo.

Moda

Conheça cinco marcas de moda que estão a mobilizar-se pelo planeta

O resultado são estas coleções, que aliam estilo a consciência ambiental.

Beleza

As novidades de beleza para um estilo de vida mais sustentável e consciente

Para celebrar o Dia da Terra, assinalado anualmente a 22 de abril.

Lifestyle

O segredo de Vanessa Martins para poupar até 5 litros de água por dia em casa

Um pequeno gesto com grandes repercussões.

Mulheres Inspiradoras

Quatro ambientalistas portuguesas que tem mesmo de conhecer

Aqui ficam alguns exemplos de mulheres que renovam diariamente o compromisso de conservação e preservação ambiental.

Saúde

Grávida? Entenda a importância da gestão da ansiedade e do exercício físico

Uma fase de várias mudanças que exige um grande sentido de adaptação.

Moda

Roupa interior e de banho criada a pensar em mulheres que passaram por uma mastectomia

A Mango estreia-se neste tipo de underwear e swimwear específicos, sendo que todos as lucros da venda desta coleção serão doados à associação teta & teta.

#VozActiva

Madalena Brandão: "Ser mãe é uma aprendizagem constante"

No #VozActiva deste mês, a nossa protagonista de capa fala sobre a jornada que é a maternidade. Uma conversa a não perder!

Nas Bancas

A sua Activa ao alcance de um click

Abril águas mil e aquela preguiça de correr debaixo de chuva até ao quiosque para comprar a Activa mais recente? Não stresse. Basta assinar a ACTIVA digital e tem acesso a tudo, sem se molhar.