Não? Nós temos algumas sugestões.

Vivemos tempos de recolhimento e a nossa casa é o espaço onde agora nos encontramos a maior parte do tempo. A nossa casa, além de um refugiu, passou a ser o novo ambiente de trabalho, brincadeiras e descanso. Por esse motivo, existe a necessidade de fazer alguns ajustes para adaptar os espaços a diferentes tarefas como o teletrabalho, as aulas virtuais ou aulas de exercício físico.

A MELOM deixa algumas dicas sobre o que podemos mudar na nossa casa sem necessitarmos de recorrer a obras.

  • E que tal criar uma parede com molduras? A ideia é simples. Passa por recolher todas as molduras que temos em casa e criar uma frame wall numa parede vazia. Podemos pintar as molduras todas da mesma cor e criar contrastes com a cor existente na parede. Este espaço pode ser, inclusive, a nova zona de trabalho temporária.
  • Se o teletrabalho é uma realidade nesta fase, nada melhor que usar e abusar de uma boa iluminação na zona de trabalho. Devemos privilegiar locais da casa que receba muita luz solar direta para uma maior motivação e redução da respetiva conta de eletricidade.
  • Não sair de casa não é uma desculpa para se sentir mais deprimido por não sentir a presença da natureza. Uma solução para ajudar a gerir a vontade de sair à rua é criar um pequeno jardim dentro de casa. Aproveite um espaço da casa que não é utilizado para fazer um mini- jardim. Desde que o local seja iluminado podemos criar um jardim horizontal ou vertical colocando algumas plantas no corredor ou penduradas numa parede lisa. Caso tenha varanda, também a pode transformar numa esplanada. Coloque uma cadeira e um chapéu e aproveite o sol na varanda para beber um refresco. Não se esqueça que no período de pausas fazer exercício pode ser também uma solução bastante motivadora. Escolha uma divisão espaçosa e livre de obstáculos e faça o seu treino. Corpos são, mente sã.
  • Se tivermos crianças em casa o melhor é mante-las ocupadas. Podemos fazer um corredor de laser. Basta que se use papel crepe e fita adesiva própria para parede e se coloque esse mesmo papel crepe nas paredes de várias zonas da casa. O objetivo é entreter as crianças enquanto tentam passar o corredor de ´laser´sem desfazer os lasers animados.
  • Os baloiços podem ser transferidos até casa. Apenas com um lençol de mesa podemos criar uma brincadeira para entreter os mais novos. Dando um nó a um lençol comprido de uma ponta a outra do tampo da mesa é possível ter por debaixo da mesma uma cama de baloiço para ler, fazer a sesta ou brincar.

Palavras-chave

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Mais no portal

Beleza

Meghan remove a maquilhagem com estas toalhitas acessíveis

E amigas do ambiente - muito ao estilo da duquesa de Sussex.

Moda

Este vestido Zara não deixa ninguém indiferente

E é da cor do momento!

Moda

7 combinações de cores a experimentar em 2022

Inspire-se nestes "looks" que encontrámos nas redes sociais

É só uma sugestão

Contra: refeições deliciosas num espaço icónico em Lisboa

Localizado nas Docas de Santo Amaro, na capital, garante momentos saborosos à beira-rio.

Saúde

Covid-19: Mesmo com teste negativo, evite sair de casa se tem este sintoma

Parece ser bastante comum na variante Ómicron.

Comportamento

A explicação simples para não sentimos atração por parentes próximos

Como, por exemplo, irmãos ou primos.

Saúde

10 segredos simples para emagrecer rápido

Adote estes hábitos que aceleram o processo sem prejudicar a saúde.

Moda

Esta peça básica é a "cola" de todos os visuais de inverno

Provavelmente já a tem no guarda-roupa.

Comportamento

4 dicas práticas para aumentar a autoestima

De acordo com uma escritora, consultora e especialista na interseção de felicidade e tecnologia.

Comportamento

Diferenças comuns que podem colocar a sua relação em perigo

De acordo com uma psicóloga.

#VozActiva

Helena Isabel: "As pessoas podem ser bonitas de diferentes maneiras e em qualquer idade"

No #vozactiva deste mês, a protagonista de capa da nossa edição de fevereiro (nas bancas) fala da relação entre a beleza e a idade.

Comportamento

O tamanho não importa, mas há uma coisa que as mulheres valorizam bastante

De acordo com diferentes estudos sobre o assunto.