Abriram cabeleireiros, cafés, restaurantes, todavia nada permanece o mesmo. Dizer que o mundo mudou tornou-se um lugar comum, mas é de facto a única forma de falar de uma sociedade que, de um dia para a outra, acordou diferente e onde se impõem novas práticas de sociabilidade e comportamento.

Em junho e julho começaram a abrir também os hotéis, que tiveram de se readaptar à “nova” realidade causada pela pandemia do Covid-19. Resta a questão: como transformar lugares associados por natureza ao lazer e ao relaxamento em sítios em que as regras do distanciamento social são cumpridas, bem como todo um conjunto exigente de práticas de higiene, quer por parte dos funcionários, como dois hóspedes.

Fomos até ao M’ar de Ar  Muralhas, em Évora, reconhecido com o selo Clean&Safe para entender como foi montar toda uma estrutura para receber os hóspedes com segurança, conservando as comodidades de um hotel de quatro estrelas.

“Este selo certifica que o hotel cumpre todos os requisitos de segurança, do check in ao check out”, explica-nos Luís Marcão, Diretor-Geral dos hotéis M’AR De AR.

Antes de mais, a segurança começa na entrada, onde se encontra um tapete para desinfetar e outro para secar os pés, procedimento realizado também caso a entrada seja feita diretamente pela garagem. O desinfetante está colocado junto à receção, onde nos aguarda um funcionário que, sabemos, tem um sorriso simpático por debaixo da máscara que lhe cobre o rosto, só que desta vez não o podemos ver. Serve-se da voz e dos olhos para nos fazer sentir bem-vindos e o check in decorre como se a divisória de acrílico entre nós e ele não existisse – mas está lá.

A máscara é obrigatória em todas as áreas comuns internas do hotel, exceção feita quando estivermos sentados à mesa . Os dispensadores de desinfetante estão espalhados por todos os espaços de circulação e entrada das áreas de restauração, como nos explica o diretor do hotel. Já os quartos foram despojados das tradicionais brochuras em papel, como o diretório do hotel, e ficam de quarentena durante 48 horas, depois da saída dos hóspedes.

 

Na piscina, as espreguiçadeiras são desinfetadas duas vezes por dia e estão dispostas em grupos afastados, o que é facilitado pela dimensão ampla dos jardins relvados do hotel onde, ao fundo.

No caso do serviço de refeições, as mudanças foram algumas como nos explica Luís Marcão: “Em todas as refeições oferecem-se toalhitas desinfetantes aos hóspedes, para que se sintam à vontade para desinfetar o que quiserem. Mas todos os cuidados são cumpridos. Por exemplo, em vez de usarmos detergentes usamos também desinfetante para não correr riscos, o que é um reforço do que era feito anteriormente. Toda a loiça suja que entra é lavada e desinfetado e depois armazenada para não ser tocado antes de ir diretamente para a mesa do cliente, sem haver qualquer assim qualquer outro passo que possa implicar contaminação”, explica, justificando a opção por não recorrer a descartáveis.

Mas como resolver o problema do buffet? Apesar de, nos casos em que a lotação do hotel está elevada, os hóspedes serem convidados a tomarem o restaurante no quarto, estando isentos de taxa de serviço, já se sabe que o pequeno-almoço é um must have de qualquer hotel. Por isso, a direção decidiu manter o buffet, mas implementando um circuito, com baias, em que, de cada vez que se entra – e podemos entrar as vezes que quisermos – temos de proceder à desinfeção das mãos e usar a respetiva máscara. “Se a pessoa for 10 vezes ao buffet, desinfeta 10 vezes as mãos. Conseguimos ter mais segurança e garantir que cem por cento das pessoas têm as mãos desinfetadas. O feedback tem sido muito positivo por parte dos clientes”, explica-nos o diretor desta unidade.

Para já, a opção é não exceder a ocupação de 50%, apesar da lei o permitir: “Queremos que as pessoas tenham uma estadia confortável.  Isto porque o mercado nacional é um mercado que usa o hotel. Para nós, representa uma enorme mudança, porque por regra os nossos clientes eram 80% estrangeiros.”

Neste momento, o hotel está a trabalhar com cerca de 70% da equipa, depois de terem estado em lay off até dia 1 de junho. “A nossa experiência desde a reabertura é muito positiva. A procura é essencialmente ao fim de semana. Há uma procura pelo Alentejo, que tem uma densidade populacional baixa e poucos números de casos de Covid-19. Nos feriados, tivemos 50% do hotel ocupado e tivemos o feedback de que as pessoas gostaram da experiência, enquanto afinámos os procedimentos. Estamos todos a aprender. Os funcionários medem a temperatura à entrada e à saída, usam máscaras e desinfetam as mãos, mantém a etiqueta respiratória e os hóspedes têm um comportamento muito correto.” 

Mas uma coisa é certa: primeiro, a segurança, depois o conforto. Ou seja, tudo aquilo que se procura nesta “nova” normalidade.

Palavras-chave

Mais no portal

Lifestyle

FISHFISH SUSHI: o melhor do Japão à mesa, com vista para o mar

Ainda não comeu o melhor sushi da cidade até conhecer este novo "hotspot" na Baía dos Golfinhos.

Moda

Sienna Miller rendida a calças de verão da Mango

Leves e fluidas, estas calças são um must-have na estação quente.

Lifestyle

Confirma-se: É possível passar férias em família com segurança e sem medo

Numa altura em que só pensamos em ir para fora cá dentro, decidi fazer uma escapadinha e rumar até Sagres.

Comportamento

5 hábitos que transformam sonhos em objetivos

Neste artigo da rubrica Sucesso Pessoal e Profissional, partilho algumas táticas para passar do sonho à ação, convertendo-o em objetivo.

Beleza e Saúde

#ActivaEmCasa. O treino da semana do CrossFit Cais

Mais uma segunda-feira, mais um circuito de exercícios preparado pela personal trainer Susana Carromeu.

Beleza e Saúde

O guia para encontrar o batom nude perfeito!

Na rubrica Beauty Spot desta semana, deixo alguns conselhos para que procurar este produto não seja uma grande dor de cabeça.

Beleza e Saúde

Qual a quantidade adequada de fruta para quem quer emagrecer?

Confira a explicação de uma nutricionista.

Beleza e Saúde

Especialistas revelam os 3 hábitos essenciais para fortalecer o sistema imunitário

E ainda partilham alguns truques que usam para os seguir e evitar ficar doentes.

Comportamento

13 tipos de orgasmos que as mulheres podem ter

Em honra do Dia Nacional do Orgasmo, que se assinala a 31 de julho, exploramos este aspeto tão importante da sexualidade feminina.

Moda

5 truques de styling para disfarçar a zona da barriga

No episódio de hoje da rubrica Imagem de Sucesso, deixo algumas dicas para que se sinta confiante com qualquer visual.

Beleza e Saúde

La Mer Blue Heart. Pelos oceanos, com amor

No evento de apresentação de mais uma edição limitada Blue Heart Crème de la Mer, a marca reforçou o compromisso de proteger os mares.

Inspirações

Conheça Becki, a blogger que mostrou que o tamanho das calças vale zero

A mulher comprou três pares de jeans de marcas diferentes e ficou em choque quando se apercebeu que o tamanho 40 da Zara é mais pequeno que um 36 da ASOS.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel