A saúde do viajante na UE no contexto de pandemia COVID-19 é, mais que nunca, uma prioridade para todos, aos que viajam, aos que recebem os viajantes e aos residentes do país de origem quando o viajante regressa a casa. Ou seja, todos nós estamos envolvidos de forma global nesta protecção da nossa saúde.

Desde 1 de julho, os estados membros da UE começaram a levantar as restrições de viagem não-essenciais para a UE de residentes de países como a Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia, Uruguai, China (sujeito à confirmação de reciprocidade). (Os residentes de Andorra, Mónaco, São Marino e Vaticano/Santa Sé são considerados como residentes UE.)

Esta reabertura segura tem em vista que todos possam desfrutar das suas férias, rever a família e os amigos e viajar por qualquer motivo, mantendo a proteção da saúde pública como prioridade. Ou seja, este levantamento relativamente a circulação entre países não invalida qualquer proteção pessoal com o uso de máscara, distanciamento social e frequente lavagem/desinfeção das mãos.

O Re-open UE é um instrumento interativo fornece-lhe as informações necessárias para planear com toda a confiança as suas viagens e férias na Europa, sem descurar a sua saúde e segurança. Pode encontrar aqui.

Sobre o instrumento, mesmo sendo de uso intuitivo, é necessário escolher o país do qual se pretende recolher informação, o painel de informações para cada país tem indicações individualizadas, com links para os sites nacionais sobre a COVID e o número de telefone de apoio sobre o COVID, além de indicadores regionais dentro desse país.

No campo de viagens (que é representado por um automóvel) tem diversa informação sobre a circulação nesse país, se o país pode ser atravessado ou usado com escala, assim como indicações para cada meio de transporte, fornece informações sobre restrições a residentes fora do espaço europeu e sobre a quarentena e em que casos é necessário.

No campo de serviços (representado por uma loja) dispõe também de informação diversa sobre funcionamento de lojas, alojamentos, restaurantes, bares, praias, monumentos e serviços religiosos assim como informações de circuitos turísticos organizados a porta fechada.

Por último, tem um campo dedicado a saúde (representado por um emblema com uma cruz) que dispõe informação sobre regras de segurança a cumprir em cada país tendo em conta as decisões de cada governo e entidade de saúde responsável de cada país, além de dispor de informação quanto a protocolos de saúde e a tipologia de cobertura medica durante a estadia temporária. Dentro de cada sector, os ícones estão sinalizados com a opção de 3 cores: verde (tudo ok), amarelo (com restrições ajustadas que estão devida mencionadas em texto) e vermelho (restrição total).

As informações facultadas, são atualizadas com frequência (devido a isto, algumas traduções são automáticas e nem sempre corresponderam a uma linguagem mais correta de cada idioma), estão disponíveis em 24 línguas.

Enquanto cidadão da UE, se adoecer durante uma estadia temporária noutro país da UE, quer esteja de férias, em viagem de negócios ou a estudar no estrangeiro, tem direito a receber os cuidados médicos necessários nas mesmas condições que as pessoas cobertas pelo sistema de saúde desse país, a EU aconselha os seus residentes a circularem neste território devido a semelhança de cuidados, de prevenção e de promoção da saúde.

Sempre que viajar para o estrangeiro, leve consigo o cartão europeu de seguro de doença, que prova que está coberto pelo sistema de segurança social de um país da UE. É gratuito e fácil de obter. Sobre este assunto encontre informação aqui.

Se não tiver o cartão ou não puder utilizá-lo (por exemplo, se recorrer a um profissional do setor privado), não lhe podem recusar o tratamento, mas poderá ter de pagar os cuidados recebidos diretamente ao prestador e solicitar o reembolso das despesas quando regressar ao seu país.

De forma a ar indicações precisas aos viajantes portugueses para manterem e cuidarem da saúde do viajante na UE neste contexto de pandemia COVID-19, a DGS em articulação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros criaram uma linha de apoio +351 217 929 755 e email covid19@mne.pt para reforço da informação e assistência aos viajantes portugueses, principalmente para as situações de dificuldade de regresso ao território nacional ou necessidade de serviços consulares de locais, em países condicionados por medidas de restrição à circulação e atividade relacionadas com o COVID-19.

Os viajantes podem também acompanhar a informação sobre a pandemia a nível mundial (podem selecionar o país do qual pretendem informações, ate sobre as embaixadas e serviços consulares) recorrendo à área de conselhos aos viajantes. É aconselhável essa consulta durante a estadia, as alterações em relação a pandemia mudam todos os dias no mundo inteiro, assim como a abertura ou encerramento de fronteiras, realização de teste de rastreio a chegada e a obrigação ou não de quarentena.

Cada viajante deve registar-se na aplicação móvel gratuita Registo do Viajante (disponível para Android e IOS) ou no site, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência. Cumpra as indicações de cada país a chegada, como o preenchimento de cartões de Localização do Passageiro ou o controlo de temperatura à chegada.

Tendo em conta saúde do viajante na UE no contexto de pandemia COVID-19 no caso de, desenvolver sintomas como tosse e/ou febre, ter estado em contacto com caso de COVID positivo deverá procurar aconselhamento contacte a linha de SNS24 808 24 24 24.

Celine Machado

Enfermeira, Mestre em Saúde Torpical

Encontra-me em: Blogue: https://travellingnursecm.blogspot.com/?m=1 Facebook: https://m.facebook.com/saudeemviagem

Instagram: @saudeemviagem

Palavras-chave

Mais no portal

Moda

10 artigos da Zara que vão arrasar em qualquer destino de férias

Estes visuais prontos a usar prometem fazer furor nos seus dias de descanso.

Comportamento

Como lidar com a frustração sexual?

Existem várias causas para a insatisfação com a vida íntima, que pode afetar a qualidade de vida em geral.

Moda

Saiba como fazer uma mala de férias sem complicações

No episódio de hoje da rubrica Imagem de Sucesso, deixo algumas dicas para escolher os derradeiros essenciais de viagem.

Moda

Encontrámos as Havaianas perfeitas para dar brilho ao verão

Se é fã da famosa marca brasileira e gosta de dar um toque de brilho a tudo o que faz, vai delirar com esta novidade.

Lifestyle

6 dicas para viajar de carro tranquilamente com crianças

"Estou com fome! Quanto chegamos? Preciso de fazer xixi!" Viajar com crianças durante um longo período de tempo pode ser um verdadeiro pesadelo.

Beleza e Saúde

Afinal, o que é uma "depressão de baixo grau"?

Recentemente, Michelle Obama fez um desabafo sobre a sua saúde mental. Entenda o que se passa com a antiga Primeira-dama dos Estados Unidos.

Celebridades

Michelle Obama admite que sofre de uma "depressão de baixo grau"

A pandemia aliada a todo o clima de tensão que se vive nos Estados Unidos afetou a saúde mental da antiga Primeira-dama do país.

Celebridades

Daisy Coleman, de documentário da Netflix sobre abuso sexual, morre aos 23 anos

O caso da jovem, que se tornou uma defensora das vítimas de violação, é retratado numa série documental do serviço de streaming.

Lifestyle

Estes podem ser os motivos para continuarmos a ver filmes para adolescentes

Sim, tenho mais de 30 anos e por vezes vejo (e revejo) filmes com histórias para adolescentes. Mas sei que não sou a única!

Celebridades

O interior do frigorífico de Selena Gomez revela muito sobre a cantora

A estrela norte-americana mostrou o que armazena neste eletrodoméstico, bem como no congelador.

Beleza e Saúde

5 produtos de skincare que testei há um ano e agora fazem parte da minha rotina

O mais barato custa menos de 3 euros.

Moda

Criei 5 visuais diferentes com uma peça de roupa que todas temos no roupeiro

Por vezes - e falo por experiência própria -, só precisamos de um pouco de originalidade para não nos cansarmos daquilo que vestimos.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel