As máscaras comunitárias fazem parte da ‘nova normalidade’. Nos últimos meses, tornaram-se imprescindíveis para entrarmos em espaços públicos, incluindo restaurantes, supermercados e alguns ambientes ao ar livre. 

Essa preocupação ainda não chegou ao interior dos nossos carros, mas no entanto, devemos ter atenção ao lugar onde escolhemos este equipamento de proteção pessoal.“Ponha-o no porta-luvas, no lugar do pendura e até mesmo na consola central ou no bolso”, diz Doug Shup, da Associação Automobilística Americana (AAA), à estação NBC 7 San Diego. “Em qualquer lugar, exceto no espelho retrovisor, onde pode bloquear a visibilidade”.

O especialista sublinha que este hábito, que está a tornar-se cada vez mais comum, pode representar um risco de segurança. “Se tiver uma dessas máscaras penduradas no espelho retrovisor, estará a bloquear a sua visão. Sabe-se lá o que pode passar-lhe ao lado”, acrescenta.

Apesar de não haver relatos de acidentes relacionados com esta prática, a AAA quer espalhar a mensagem para prevenir fatalidades: pendurar a máscara no espelho retrovisor cria um ângulo morto extra, bem como uma distração, especialmente se se tratar de um objeto de maiores dimensões. “Qualquer coisa que obstrua a visão para-brisas é perigosa”, afirma Shupe. “[Pode não ver] uma criança numa bicicleta, alguém a fazer uma caminhada ou outro veículo. É extremamente perigoso”.

Doug Shup aconselha os condutores a evitarem pendurar o que quer que seja no retrovisor, inclusive ambientadores. “Basta apenas um segundo para acontecer uma colisão e para lhe escapar algo”, alerta o especialista. “Essas máscaras estão a aumentar o perigo”.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal